sexta-feira, 24 de julho de 2009

15 anos


MARIANNE CARVALHO FERREIRA ( está em Porto Seguro)

NASCEU 25 DE JULHO 1994 em Cuiabá

mãe Rosane Maria C.Ferreira

pai - José Apª Ferreira


15 anos

(Vinicius de Moraes)


Celebra a alegria de fazer anos de esperança.

Conta teus anos não pelo tempo,

mas pelo espaço que fazes em teu coração.

Não pela amargura de uma dor,

mas pela ressurreição que ela traz.

Não pelo número de troféus de tuas conquistas,

mas pelo gosto de aventura de tuas buscas.

Não pelas vezes que chegaste,

mas pelas vezes que tiveste coragem de partir.

Não pelos frutos que colheste,

mas pelo terreno que preparaste e as sementes que lançaste.

Não pela quantidade dos que te amam,

mas pela medida de teu coração capaz de amar a todos.



Não pelas desilusões que tiveste,

mas pela esperança que infundiste.

Não pelos 15 anos que fazes,

mas por aquilo que fazes em teus anos.

Não pelas vezes que celebraste aniversário,

mas pelas vezes que teu aniversário

se tornou uma celebração de vida.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

COPA DO PANTANAL

Já que a Copa vem para Cuiabá, vamos ter que aprender essa língua estranha para poder orientar os "gringos" que por aqui se aventurarem depois de conhecer o verdadeiro Pantanal em Mato Grosso.

Inglês/ Português/ Cuiabanês
- What ? - O que ? - Agora que qué esse ?
- Why ? - Por quê ? - Agora quáaaaandoooo
- Come here - Vem aqui - Nhá cá- Come here now
- Vem aqui agora - Nhá cá méeeerda
- Mother - Mamãe - Máááámáe
- Oh my God - Oh meu Deus - Tchá pordeus
- Children - Crianças - Xás crénxa
- Our lady - Ave Maria - Fiiiiiiiga – vooooote
- Brother - Irmão - Xománo
- Gossip - Fofoqueiro - Futchiquero
- Very Good - Muito bom - Tá te doce
- Slipper - Chinelo - Bambolê
- He’s drunk - Ele está bêbado - Xománo ta te no cesso
- What’s the name of their parents ? - Qual o nome dos seus pais? - Fio de quem que é ?
- I’ll give you a punch - Vou te dar um soco - Vô prega mão na xá cára
- Son of bitch - (fdp ) - Ah, xá máe Vale a pena rssssssssssssssssssssssss abraços

VISITAS

No dia 21 de Julho, estivemos visitando as escolas do Novo Diamantino eu Professor Odemar Mendes de Souza - Sec. Geral do SINTEP, acompanhando as Assessoras das Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Diamantino. As professoras Rosane Maria - Assessora Pedagógica, e Professora Zita Regis - Assessora Administrativa.
Isso foi um acordo feito na últim,a reunião com o SINTEP, a secretaria Municipal de Educação Professroa Eunides convidou o SINDICATO para visitar in loco e conhecer a realizades das escoals de diamantino.
visitamos até o momento as seguintes escolas:
a- EMEI "Criança Feliz"
b- EMEI "Tia Alair"
c- Escola Municipal "João Batista de Almeida"
Em breve publicaremos relatórios de todas, escola por escola..

quarta-feira, 22 de julho de 2009

7a PARADA DA DIVERSIDADE SEXUAL DE MATO GROSSO - 25 DE JULHO 2009


Concentração : PRAÇA IPIRANGA – a partir das 14HS

Julho é o Mês do Orgulho LGBT de Mato Grosso onde acontece para toda a população a 7à Parada da Diversidade Sexual de Mato Grosso no dia 25 – e pela primeira vez no sábado, já que tradicionalmente a Parada sempre foi na sexta. A explicação para isso é que a Comissão Organizadora avalia que a Parada já ganhou força suficiente para ser realizada no sábado a tarde, que possibilita a participação de inúmeros gays e heteros que estão de folga do trabalho. Outra parcela a ser beneficiada é a comunidade gay de diversas cidades de Mato Grosso que terão mais chances de saírem de suas cidades sem ter que faltar trabalho e garantir o brilho e a alegria nas ruas por onde o movimento passar. O tema ainda bate sobre a questão da HOMOFOBIA e é “Somos todos iguais – Pela Igualdade dos Direitos!”, o Mês do Orgulho trará para a discussão as dezenas de direitos constitucionais que são negados à população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – como a união civil, a adoção, o usufruto, a dependência e a herança – além de uma campanha pela aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 122/06, que entrará em votação no Senado até o início do próximo semestre. Se aprovado e, posteriormente, sancionado pela Presidência da República, qualquer ato discriminatório de origem homofóbica será passível de condenação penal em todo o território nacional. Esta conquista certamente iniciará o processo de viabilização da cidadania plena a todos(as) LGBT brasileiros(as). A Comissão organizadora da 7à Parada da Diversidade Sexual de Mato Grosso ( ONG LIBLES – Liberdade Lésbica e a parceria da ZUMZUM BAR DISCO –) convida toda a sociedade para participar dessa grande manifestação e ocupar as ruas da cidade de Cuiabá para, novamente, realizarmos a Parada do Orgulho LGBT; estando cientes de que todos somos agentes transformadores e responsáveis por um país mais justo, inclusivo e igualitário. Confira as atividades oficiais já confirmadas e prestigie os eventos:
Tribuna Livre sobre o Movimento LGBT de Mato Grosso 14 de julho, às 9h Câmara Municipal de Cuiabá

Coletiva de Imprensa Lançamento da 7a Parada da Diversidade Sexual de Mato Grosso 16 de julho, às 14h Zumzum Bar Disco (Rua Presidente Castelo Branco, 291 – Quilombo – 3623.6020)
Seminário “Construindo Políticas para LGBT” 23 de julho
Secretaria Municipal de Cultura
Das 13hs DAS 13:00 CREDENCIAMENTO E ENCERRAMENTO AS 19:hs (encerramento com coffee break)

Mostra de Cinema LGBT
24 de Julho
Cine Teatro de Cuiabá
Avenida Getulio Vargas – 19hs – entrada franca (CONVITE GRATUITO NA BILHETERIA DO CINE TEATRO)

Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade (Instituído pela LIBLES)
24 de julho, às 20h
Cine Teatro de Cuiabá
Avenida Getulio Vargas – 19hs – entrada franca LOGO APÓS A AMOSTRA DE FILMES LGBT
Feira Da Diversidade Das 8:00 as 12:00hs
7ª Parada da Diversidade Sexual de Cuiabá
25 de julho, a partir das 14h Concentração Feira Da Diversidade Das 8:00 as 12:00hs NA PRAÇA IPIRANGA COM OS ORGÃOS APOIADORES E OUTROS
Credenciamento Imprensa

Dias 23 e 24 Julho das 14hs as 17hs
NA Zumzum Bar Disco
Informações LIBLES (Presidente Eva - 8423.3547) ou Rosana 9258.0619 OU 99465229 Zumzum (Menotti Griggi 92350909 - 9977929
ATENÇÃO AS CREDENCIAS DO TRIO SOMENTE PARA OS MEMBROS DA COMISSÃO E CONVIDADOS! DÚVIDAS FALAR COM EVA E ROSANA , OBRIGADO!
Selzy Quinta www.territoriomt.com www.selzy.com

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Governo do Estado vai construir mais 165 casas em Diamantino


Carlos Martins

Assessoria/Sinfra-MT



Dentro de aproximadamente seis meses, 165 famílias de Diamantino (208 km ao Médio Norte de Cuiabá) serão contempladas com suas casas próprias
Assessoria/Sinfra-MT


Secretário de Infraestrutura Vilceu Marcheti (D) e Fernando Magalhães Freire (Texas Construções) assinam contrato para a construção de 165 casas em Diamantino.As 165 moradias serão construídas pelo governo do Estado dentro do Programa Habitacional Meu Lar. O contrato foi assinado na tarde desta quinta-feira (16.07), em Cuiabá, no gabinete do secretário de Infraestrutura, Vilceu Marcheti.
O investimento é de R$ 3,234 milhões provenientes do programa FNHIS (Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social) do governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal, com contrapartida de R$ 353 mil do Governo do Estado.
Até agora no município de Diamantino (que conta com cerca de 20 mil habitantes) já foram entregues 125 residências. As últimas 55 casas foram construídas no ano passado no Residencial Antônio Bonfilho Cocco I. Agora serão mais 165 casas, que farão parte do Residencial Antônio Bonfilho Cocco II, perfazendo um total de 290 casas para o município.
“O início de construção será imediato. Embora o prazo seja de 420 dias, acredito que em 180 dias as casas estarão prontas”, informou Fernando Magalhães Freire, representante da empresa construtora, a Texas Construções e Serviços Ltda, que assinou o contrato juntamente com o secretário Vilceu Marcheti.
As casas terão 32 metros quadrados de área construída (com sala, cozinha, banheiro e dois quartos) e o residencial contará com toda a infraestrutura, com rede de abastecimento de água e rede elétrica. As casas, construídas em loteamento doado pela prefeitura, são destinadas gratuitamente a famílias de baixa renda, selecionadas pela prefeitura em conjunto com entidades locais.
“A construção destas casas contou com o apoio do ex-prefeito Chiquinho [Francisco Ferreira Mendes Júnior], que lutou muito para que a população de baixa renda fosse beneficiada com mais estas moradias”, disse o secretário Vilceu Marcheti. Ele lembrou, ainda, que desde que o programa Meu Lar foi implantado em 2003 pelo Governo Blairo Maggi, nenhum dos 141 municípios do Estado recebeu até agora menos do que 50 casas. Até agora, das 52.580 casas contratadas, 40 mil já foram entregues.

UFMT divulga edital do processo seletivo 2009/2 da Universidade Aberta do Brasil


A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) publicou hoje (17), no Diário Oficial da União (DOU), o edital para o processo seletivo para segundo semestre de 2009 para os cursos no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB), modalidade de Educação a Distância (EaD)


Da Assessoria


São oferecidas 950 vagas assim distribuídas: 150 vagas para curso de Pedagogia (polos de Lucas do Rio Verde, Pedra Preta e Sorriso); 200 vagas para curso de Ciências Naturais (polo Alto Araguaia, Diamantino, Guarantã do Norte, Nova Xavantina e Pedra Preta); e 600 vagas para curso de Administração (polos de Cuiabá, Barra do Bugres, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Nova Xavantina, São Félix do Araguaia, Sorriso e Pedra Preta). As inscrições serão feitas somente via internet (www.ufmt.br/vestibular) no período das 8 horas do dia 27 de julho às 23h59 do dia dois de agosto de 2009. As provas serão realizadas no dia 30 de agosto nos municípios-polos, das 8h às 12 horas (horário de Mato Grosso). A Universidade Aberta do Brasil –Educação a Distância – adota a modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, envolvendo estudantes e professores no desenvolvimento de atividades educativas em lugares ou tempos diversos. Os cursos oferecidos pelo programa UAB possuem foco na formação de professores e administração pública. Os cursos têm como objetivo atender professores da rede pública de ensino básico, melhorando suas qualificações e, por consequência, a qualidade do ensino nas regiões atendidas por pólos UAB. Os cursos ofertados são de graduação (bacharelado e licenciatura), seqüencial e pós-graduações lato sensu. A UAB possui como ponto de apoio presencial aos alunos os polos localizados em municípios estratégicos. Por isso os projetos pedagógicos são definidos com foco na educação a distância utilizando o apoio de novas tecnologias. Em Mato Grosso, a UAB/UFMT está presente em mais de 24 municípios-polos: Alto Araguaia, Barra do Bugres, Barra do Garças, Chapada dos Guimarães, Colíder, Cuiabá, Diamantino, Guarantã do Norte, Jauru, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Matupá/Terra Nova, Nova Xavantina, Pedra Preta, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Ribeirão Cascalheiras, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop e Sorriso. Até final de 2009 a UAB/UFMT estará atendendo mais 4 mil alunos com os cursos de Bacharelado em Administração, Licenciatura em Pedagogia com Ênfase na Educação Infantil, Licenciatura em Ciências Naturais, Especialização em Direito Ambiental, Especialização em Informática na Educação, Aperfeiçoamento em Educação Ambiental, Aperfeiçoamento nas Relações Étnico-Raciais.


www.parrecisonline.com.br

sábado, 18 de julho de 2009

NOVAS COORDENADORAS DAS EMEIS

Assumiram na terça dia 15 as novas coordenadoras das EMEI.

a- Coordenadora da EMEI "Vovó Celina " - Bairro Buruti - Profª Laudelina Dias
b- Coordenadora da EMEI "Dona Nhanhá" - Centro - Profª Marcia
c- Coordenadora da EMEI "Carinha de Anjo" - São Benedito Profª Rosangela Conci

A EMEI "Crianaça Feliz", continbua a Rosimeiri Capeleto que foi eleita, e a EMEI "Tia Alair", continua a profª Wania Augusto

terça-feira, 14 de julho de 2009

SECRETARIA PEDE MAIS 15 DIAS AO SINTEP

Em reunião com a Comissão de Negociação do SINTEP, a Secretaria Municipal de Diamantino professora Eunides Teixeira, pediu mais 15 dias a Comissão., para poder apresentar uma propósta salarial aos profissionais da educação.
A professora Nide disse: "ira fazer varias contenções de gastos, para ver se com essas contençoes consegue dar a equiparação salarial;
A professora disse que encontrou a secretaria da seguinte forma:
  • folha de pagamento que era R$ 264 mil, encontrou mais ou menos R$ 450 mil ( um acréscimo de quse 200 mil reais).
  • salas de aulas funcionando com 12 alunos.
  • Pessoas sem habilitação (bacharelados) recebendo da folha da educação como professores etc.
  • 7 computadores ocos
  • 100 mil reais gastos com peças de onibus

O sintep, foi convidado a acompanhar a secretaria nas suas visitas in loco de escola a escola. So depois desse balanço que a secretaria vai se pronunciar sobre a equiparação salarial.

O sindicato lembrou a secretaria que os 2/3 dos piso terão que serem concedidos até dezembro de 2009.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

SECRETARIA EUNIDES RECEBE A COMISSÃO NESTA TERÇA.


A secreatria Municipal de Educação e Cultura, professora Eunides receberá a Comissão de Negociação do SINTEP na manhã desta terça-feira, dia 14/07/09, ás 17:30 h, no CEFAPRO. O assunto em pauta é a equiparação salarial, e aprovação da NOVA LOPEB, pois a eequiparação salarial já tem exatos quase 6 meses de negociações.
Um fato novo, que aconteceu é que alguns integrantes da comissão, os professores: Edith, Odemar, Donata, Rosane, foram convidados para desenvolver seus trabalhos na Secreatria de Educação e Cultura e continuam na comissão de negociação.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

REUNIÃO DA COMISSÃO

A Comissão de Negociação se reuniu na noite de ontem dia 08/07, nas dependecias do CEFAPRO, para reiniciar as negociações.
Foi marcada uma reunião com a Professora Eunides Teixiera no dia 14/07/09, ás 8:00 na SMEC.
Um fato que preocupou a comissão é o recesso dos vereadores, para votarem a aprovação da equiparação salarial e da NOVA LOPEB.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

domingo, 5 de julho de 2009

DICIONÁRIO CUIABANÊS

O aspecto mais marcante da cuiabania é sem dúvida o cuiabanês, nosso quase dialeto. Demás de bom na verdade é o som, mas vamos nos contentar aqui em reproduzir algumas expressões, pinçadas do Dicionário Cuiabanês, de William Gomes.


Abana mão - Ato de saudar , cumprimentar. Ex: “Político em época de eleição abana mão toda hora.”
Ah! Um - Expressão que indica indignação, concordância ou não. É aplicada dependendo da situação, a entonação da voz muda. Ex: “Ah! Um. Pára cô isso.”
Aguacero – Bastante água, poças de água. Ex: “Não deu prá ir lá, tava o maior aguacero na estrada.”
Apanhô prá bestera – Apanhou muito. Ex: “Ela apanhô prá bestera do marido.”
Arroz-de-festa - Denominação de quem não perde nenhuma festa . Está sempre em festa. Ex: “Arroz de festa é quem não sai da festa.”
Atarracado(a) – Abraçado, juntos. Ex: “Os dois tão atarracado ali no escuro.”
Até na orêia – Repleto, cheio, demais. Ex: “Zé Bico comeu tanto peixe, que tá até na orêia.”
Bejô, bejô, quem não bejô, não beja mais – Acabou, terminou. Ex: “Acabou o baile, bejô, bejô, quem não bejô, não beja mais.”
Berrano – Gritando. Ex: “Tomô um murro e saiu berrano.”
Bocó de fivela – Pessoa boba, burra, ignorante. Ex: “Por mais que ocê explica, ela não entende, é uma bocó de fivela.”
Bom demás – Muito bom. Ex: “Lá tá bom demás.”
Bonito prô cê – Expressão que indica quando a atitude tomada, não foi boa. Ex: “Chegô em casa bêbado, bonito prô cê.”
Catcho – Namoro, paquera, amante. Ex: “Aquele cara tá de catcho cô Maria.”
Canháem – Latido de cachorro. Expressão usada para discordar. “Você namora Maria Taquara? Canháem.”
Caínha - Quem não dá nada prá ninguém. Sempre nega. Ex: Deixa de ser caínha, dá um pedaço de paõ.”
Catchorro – Expressão de espanto de negação. Ele ficô atrás docê. Catchorro!Aqui não, sou muito home.”
Cêpo – Bom, ótimo. Ex: “O atlético Mato-Grossense era um cêpo de time.”
Coloiado(a) – Junto, próximo em grupo. Ex: “Saldanha Derzi tá coloiado cô Garcia Neto.”
Cordero(a) – Denominação de quem gosta de dar corda nas pessoas. Ex: “Não vai no papo dele, ele é cordero.”
Coxá – Relação sexual. Ex: “Os dois foram coxá.”
Constipação – Gripe. Ex: “Dona Mica pegô constipação.”
Chá por Deus - Expressão de espanto, admiração, dúvida. Ex: Chá por Deus, esse caminhão, não sobe a serra de São Vicente.”
Chuça e Rebuça – Baile. Ex: “Na guarita vai tê hoje uma chuça e rebuça.”
De jápa – Grátis, o que vem a mais. Ex: Quando se compra uma dúzia de bananas, e recebe treze unidades. “Esse adicional é a jápa.”
Demás – Expressão usada para discordar. Ex: “Cuidado. O guarda vai dá nocê.Vai, demás.” Digoreste – Ótimo, bom, exímio. Ex: “O guri é digoreste pá pega manga.”
Ê ah! - Indagação. Ex: “Ele vem mesmo aqui? Ê ah!”
Espia lá – Olha lá, veja. Ex: “Espia lá capim já vem.”
Espinhela caída – Dor, problema na coluna vertebral .Ex: “Foi benzê da espinhela caída.” Futxicaiada – Muito fuxico. Excesso Excesso de mixirico. Ex: “O ambiente ali não tá bom, é só futxicaiada.”
Festá – Festar, participar de festa. Ex: “Tchô Nego da Cruz foi festá.”
Foló – Folgado, largo. Ex: “Maciel usa calça foló.”
Garrô – Pegou, começou, realizou. Ex: “Ele garrô cedo no trabaio.”
Grocotchó – Pessoa mole, doente, desanimado. Ex: “Tchico tá grocotchó.”
Jacá – Cesto de palha ou taquara para guardar peixe na beira do rio e manter vivo. Ex: “Era só pegá o peixe, colocava no jacá, depois tinha sempre fresco.”
Jururú – Triste, quieto. Ex: Padre Luiz Ghisoni tá jururú na porta da igreja de Várzea Grande.” Leva-e-tráz - fofoqueiro. Ex: “Kitú é um grande leva-e-tráz.”
Levo os córno – complicou tudo. Ex: “Agora sim, levo os córno, o dinheiro acabou.”
Lonjura – Longe, muito distante. Ex: “Nessa lonjura não dá pá ir a pé.”
Malemá – Mais ou menos. Ex: “E aí cumpadre como vai?Vou aqui malemá.”
Mujica - Prato da região, feito de peixe, liso, muqueca. Ex: “Peixada, sem mujica de pintado, não tem graça.”
Mea orêa – Minha orelha. Expressão usada para indicar quem está sem lado, sem falar o nome da pessoa. Ex: “Mea orêa aqui, tá pá morre de fome.”
Micaje – Ato de fazer imitação de alguém, fazer caretas. Ex: “Ela faz micaje de todo mundo que passa por aqui.”
Moage - Frescura. Ex: “Você não quer ir com a gente? Larga de moage!”
Na xinxa – Levar uma ação com seriedade. Ex: “Professora leva a turma na txintxa.”
Não tá nem aí pá paçoca – Não liga para nada. Não quer saber das conseqüências. Ex: Tchá Bina, não tá nem aí pá paçoca.”
Nariz furado – Veio na vontade, veio na certeza. Ex: “Chegou de nariz furado, certo que iria ganhar na conversa.”
Negatófi – Não, nunca. Ex: “Negatófi, hoje não tem televisão.”
O quá – Duvidar, não acreditar. “Ele vem aqui? O quá!”
Oreia – Pessoa burra. Ex: “Não adianta explicar, ela é oreia.”
Pá terra - cair. Ex: “Ele vinha correndo, e pá terra!”
Prá besteira – Bastante, muito, em excesso. Ex: “No saladero tem pacú prá besteira.”
Pranchei de banda – Sai, escapei, tô fora. Ex: “Pranchei de banda, não vou na rua da Lama no Porto.”
Podre de chique – Bonito, elegante, bem vestido. Ex: “Jejé tá podre de chique.”
Pongó – Bobo, tolo, idiota. Ex: “Gente Pongó não serve.”
Por essa luz que me lomea – Pra dizer que está falando sério, que não está mentindo. Ex: “Por essa luz que me lomea, eu vi uma assombração no Terceiro de Dentro.”
Quinco – Denominação carinhosa de Joaquim. Ex: “Quinco Lobo era vereador em Cuiabá.” Que, que esse? – O que é isso. Ex: “Que, que esse? Como você apareceu aqui?”
Quá! – Expressão de espanto, indignação. Ex: “Quá! Pode esquecer ele não volta mais.”
Quebra-torto – Comer no desjejum comida reforçada como carne com arroz farofa, etc... Ex: “No sítio de manhã, sem quebra-torto é impossível.”
Quarta-feira – Pessoa boba, idiota. Ex: “O rapaz é quarta-feira.”
Rapelô – Levou tudo, ganhou tudo. Ex: “O cara rapelô o dinheiro que ele tinha.”
Rufa – Bater. Ex: “Se aparecer aqui , o povo rufa ele.”
Refestelá – Sorrir, rir. Ex: “Nico Padero é bom prá refestelá.”
Ribuça – Cobrir o corpo com lençol ou cobertor. “Tá esfriando, rebuça menino.”
Rino na chá cara – Rindo na presença de alguém. Ex: “Ocê fala, ele fica rino na chá do cara.” Sartei de banda – Tô fora, não concordo, não quero mais. Ex: “Não tô namorando, sartei de banda.”
Sucedeu – Aconteceu. Ex: “Quando sucedeu isso?”
Sujo que tá – Imagem ruim, conceito ruim. Ex: “Ele sujo que tá, não pode participar da diretoria.”
Tá de tchico – Está menstruada. Ex: “Hoje ela não pode tá de tchico.”
Tá té no chifre – Embriagado, bêbado. Ex: “Farpelo tá no Quindú, tá té no chifre.”
Tchá mãe – Expressão características para xingar alguém . Ex: “Tchá mãe, rapaz, vá tomá na tampa.”
Toma, corno(a) – Expressão usada quando alguma coisa não acontece de forma correta. Ex: “Toma, corno . Marimbondo pegô na cara dele.”
Verdolengo(a) – Fruta que está quase madura. Ex: “Ela só come goiaba verdolenga.”
Verte água – Urinar. “Vidona foi verte água.”
Vai tomá na peidera – Vai se lascar. Ex: Se qué sabe duma? Vai tomá na peidera.”
Vôte! – Deus me livre. Expressão de medo e espanto. Ex: “Vôte! Sai daqui capeta, aplica pra tudo.”
Xispada – Mandar embora, não deixar alguém num certo local. Ex: “ Não ficou ninguém, deram uma xispada na turma.”
Xô Mano - cumprimento a um amigo, pessoa. Ex:“E aí, xô mano! Tudo jóia?”

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Domingo Esportivo em Diamantino


O Departamento Municipal de Esportes convida toda a população a prestigiar os eventos esportivos que irão acontecer dia 05 de julho.
Wendell Oliveira
Da Redação
A 4ª Etapa Circuito Diamantinense de Corrida de Rua se realizará na Praça do Bairro São Benedito, com inicio ás 16h é o seguinte trajeto:



No mesmo dia com inicio as 14h acontecerá a final da 8ª Copa Inter Bairros de Futebol, no Campo de terra do Bairro São Benedito.14h, Bom Jesus X União Caeté16h, Juventude X Jardim AlvoradaA premiação está prevista para as 17h30.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

POSSE


Tomou posse ontem a NOVA DIRETORIA DO SINTEP SUB SEDE DE DIAMANTINO, a posse foi realizado no CEFAPRO, ás 19 horas, onde compareceram os Profissionais da Educação. A chapa empossada foi a chapa vencedora RenovAÇÃO, liderada pela professora Luiza Duarte, que comandará o SINDICATO pelos próximos três anos. Quem coordenou toda a posse foi a competente Profª Jucineide Martins, auxliadas pelas professoras Maria Auxiliadora e Elza Costa Monteiro.