segunda-feira, 31 de agosto de 2009

EQUIPARAÇÃO SALARIAL É APROVADA PELA CÂMARA







Enfim APROVADA!!!!!!!! Depois de mais de 7 meses de MUITA LUTA, a Equiparação Salarial dos Profissionais da Educação foi aprovada na noite de ontem pela CÂMARA MUNICIPAL DE DIAMANTINO.
A Câmara foi tomada por Profissionais da Educação, que foram de roupas PRETAS, em protesto, ao não cumprimento do acordo feito com o Prefeito Juviano Lincoln, onde o mesmo garantiu que iria realizar o pagamento nesta terça ou quarta-feira, com aumento.....Coisa que não aconte4ceu pois o pagamento foi feito na sexta.

COMISSÃO SE REUNE COM SECRETARIO DE EDUCAÇÃO E COM SEC. DE ADMINISTRAÇÃO




A Comissão de negociação se reuniu com o professor Nilvo Pedro, secretario de educação, e foi ao gabinete reunir com o prefeito, para cobrar uma explicação do não cumprimento do acordo, feito na terça-feira passada onde o prefeito nos disse que pagaria o mês de agosto com a equiparação, para o surpresa de todos os pagemnto saiu na sexta-feira. como não tinha sido aprovada pela câmara....O SINTEP, foi buscar explicações do prefeito e do secretario de eucação. E exigiu um documento onde o prefeito se comprometia a fazer uma folha complementar e pagasse a diferença. O secretario enviou o documento ao sindicato, se comprometendo a pagar a diferença até o dia 10 de setembro.

COLETANEA DE NOTÍCIAS

Cuiabá, 31 de Agosto de 2009.

Diário de Cuiabá
Sintep quer piso salarial de R$ 1.132 ainda para setembro
31/08/2009 09:12
Da Reportagem

O diretor regional da Leste I do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Omar Cirino, realizou, neste fim de semana e a semana que vem, visita a oitos municípios.
Foram realizadas reuniões nas subsedes de Araguainha, Ponte Branca, Torixoreo, Araguaiana, General Carneiro, São Joaquim, Santo Antônio do Leste e Ribeirãozinho.
Em pauta, a regularização da diretoria de algumas subsedes; a implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) nas redes municipais; dentre outros.
O diretor explica que, em algumas localidades, será realizado o primeiro contato sobre o PCCS. “Em São Joaquim falaremos sobre o assunto pela primeira vez”, exemplificou.
Também na pauta de discussões, a mobilização para a marcha que ocorre no dia 16 de setembro, em Cuiabá.
“Iremos repassar os pontos principais da luta do Sintep/MT para este ano, como a implementação do piso de R$ 1.132; aplicação de 60% dos recursos vinculados à educação destinados a salários; hora-atividade, inclusive para os interinos; e plano de carreira que inclua todos os profissionais da escola”, enumerou.

O Documento
Presidente do Sintep/MT visita município de Brasnorte
Cuiabá / Várzea Grande, 31/08/2009 - 10:15.
Da Assessoria

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Gilmar Soares Ferreira, visita, hoje (31), a subsede da entidade no município de Brasnorte (580 km de Cuiabá). O encontro é parte de uma série de visitas aos municípios da região de Juína (737 km de Cuiabá)O diretor do Pólo Sindical Noroeste Vale do Juruena, Ailton Oliveira de Amorim, acompanhará o presidente.
Na pauta das reuniões, estão a organização dos trabalhadores para a marcha que ocorre no próximo dia 16, em Cuiabá; a luta pela implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) nas redes municipais; a profissionalização dos funcionários; aplicação do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN); dentre outros.
De acordo com Gilmar Soares, além de fortalecer a luta dos trabalhadores, a visita tem o objetivo de verificar os problemas enfrentados em cada região. “É de fundamental importância que todos estejam mobilizados, pois só assim se garantem as conquistas”, frisou.
As visitas aos municípios serão encerradas no próximo final de semana, com a realização do Programa de Formação Sindical, em Juína.

Diretor do Sintep discute mobilização em visitas ao interior do Estado
Cuiabá / Várzea Grande, 28/08/2009 - 15:48.
Da Assessoria

O diretor regional da Leste I do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Omar Cirino, realiza, durante este fim de semana e a semana que vem, visita a oitos municípios. Serão realizadas reuniões nas subsedes de Araguainha, Ponte Branca, Torixoreo, Araguaiana, General Carneiro, São Joaquim, Santo Antônio do Leste e Ribeirãozinho.
Em pauta, a regularização da diretoria de algumas subsedes; a implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) nas redes municipais; dentre outros. O diretor explica que, em algumas localidades, será realizado o primeiro contato sobre o PCCS. “Em São Joaquim falaremos sobre o assunto pela primeira vez”, exemplificou.
Também na pauta de discussões, a mobilização para a marcha que ocorre no dia 16 de setembro, em Cuiabá. “Iremos repassar os pontos principais da luta do Sintep/MT para este ano, como a implementação do piso de R$ 1.132; aplicação de 60% dos recursos vinculados à educação destinados a salários; hora-atividade, inclusive para os interinos; e plano de carreira que inclua todos os profissionais da escola”, enumerou.

Sindicato lança campanha de combate ao trabalho escravo em MT
Cuiabá / Várzea Grande, 28/08/2009 - 15:43.
Da Assessoria

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait) lança sua Campanha Institucional 2009 de Combate ao Trabalho Escravo, no Estado de Mato Grosso, com o tema “Quem procura trabalho não pode encontrar escravidão”. O lançamento será na segunda-feira, 31 de agosto, às 19 horas, durante a Conferência: Da Escravidão à Cidadania Plena, promovida pela Associação Mato-grossense dos Auditores Fiscais do Trabalho (Amafit), no auditório do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso (CRC/MT), no Centro Político Administrativo (CPA).
O objetivo é chamar a atenção da sociedade para o combate ao trabalho escravo e divulgar a atuação dos Auditores Fiscais do Trabalho na luta contra este tipo de crime. Em 15 anos, o Grupo Móvel de Fiscalização do Trabalho, coordenado pelos Auditores Fiscais do Trabalho (AFTs) já resgatou mais de 40 mil trabalhadores em situação de escravidão, e Mato Grosso está entre os estados que mais utilizam mão-de-obra escrava, ocupando o 4º lugar no ranking nacional.
A campanha do Sinait tem formato itinerante, com exposição fotográfica, cartaz, folder, vídeo, spot para rádio e comercial de TV, e já foi lançada em nível nacional no dia 1º de maio. Nos estados, o lançamento já ocorreu no Ceará, em Pernambuco, Goiás e na Paraíba.
Conferência - A Amafit conta com as parcerias do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/MT), Ministério Público do Trabalho (MPT) e 23ª Procuradoria Geral da República, na realização da Conferência: Da Escravidão à Cidadania.
Mais informações sobre a Campanha de Combate ao Trabalho Escravo do Sinait e as ações da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, na prevenção e combate a este tipo de crime, com o Superintendente Regional, Waldiney Arruda, pelos telefones: (65) 9968 1367 e (65) 3616 4802

Lei que cria Biblioteca Cidadã é sancionada
Cuiabá / Várzea Grande, 31/08/2009 - 08:28.
Da Assessoria

O projeto de lei que prevê a criação da Biblioteca Cidadã foi aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo Governo do Estado. Pela lei, de autoria do deputado Guilherme Maluf (PSDB), as bibliotecas deverão funcionar nos espaços físicos das escolas estaduais, secretarias de Cultura nos municípios e centros comunitários.
A norma orienta também que as bibliotecas tenham, preferencialmente, entrada própria, com porta de acesso na área externa dos prédios, respeitando as condições de segurança dos alunos e o patrimônio estadual. “O objetivo é promover a conscientização e a valorização de todas as manifestações relacionadas aos valores universais da cultura”, destaca o parlamentar.
As bibliotecas estaduais deverão possuir acervo próprio para atender a comunidade do entorno e os cidadãos interessados. Seu regimento interno vai regular a entrada e saída de livros emprestados para estudos e a doação de exemplares que possam ser entregues pela comunidade estudantil.
Guilherme Maluf ressalta que a lei prevê adaptações de outras bibliotecas estaduais já existentes no cumprimento da nova legislação que, segundo ele, é um avanço para o setor do ensino público. “Infelizmente, não há no Estado um sistema integrado de desenvolvimento ao acesso à cultura capaz de gerar e estimular hábitos de leitura”, finaliza.

24 Horas News
Diretores do Sintep/MT participam de reunião do Conselho do Fundeb
28/08/2009 - 10h01
Redação 24 Horas News

O presidente, a secretária geral e o secretário de Redes Municipais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Gilmar Soares Ferreira, Vânia Miranda e Alex Ferreira da Cruz, respectivamente, participaram da reunião do Conselho Estadual de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em Mato Grosso.
O encontro ocorreu ontem (26), no auditório da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc/MT). Os conselheiros discutiram a finalização da apresentação do censo escolar; e a não aplicação, pelo governo do Estado, dos 25% da receita na Educação.
De acordo com a secretária geral, também foi questionado o acordo referente à compra de mil veículos para transporte escolar. “Queremos saber o funcionamento do contrato, de onde vem o recurso utilizado e como serão distribuídos esses ônibus”, explicou Vânia Miranda.
A solicitação será encaminhada à Seduc, juntamente com o questionamento sobre a não aplicação dos 25% da receita estadual na Educação. “Já foi comprovado que essa verba não é aplicada como deveria. Queremos, agora, que o Estado se justifique e nos dê uma explicação sobre o assunto”, complementou.

Olhar Direto
Olimpíada Inclusiva reúne alunos especiais em VG
31/08/2009 - 06:37
Da Assessoria Secom VG

A Secretaria de Educação e Cultura de Várzea Grande (Smec/VG) realiza, no período de hoje ( 31) a 04 de setembro, a V Olimpíada Inclusiva do município. Criado para promover a inclusão social de crianças e jovens com algum tipo de deficiência por meio do esporte, o evento deve reunir mais de 1.500 estudantes. A abertura oficial ocorre, às 7h30, no Sesi Clube Cristo Rei.
Segundo a comissão organizadora dos jogos inclusivos, é esperada a participação de todas as 75 unidades municipais de ensino e das seguintes instituições da Grande Cuiabá: Centro de Habilitação Profissional “Célia Duque” (CHP), Luz do Saber, Sociedade Pestalozzi, Apae, Instituto dos Cegos (Icemat), Centro Especializado de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo (Ceaada), Centro Pedagógico de Ensino Especial (Cenper), Associação Síndrome de Down, E.E. Pedro Gardés, E.E. Licínio Monteiro, E.E. “Prof.ª Hilda Caetano”, E.E. Pedrosa de Moraes, E.E. Salin Nadaf, E.E. Manoel Correa de Almeida e Livre Aprender.
As atividades esportivas serão disputadas nas dependências do Sesi Clube e do Centro Universitário Univag sempre pela manhã. Os alunos-atletas poderão competir nas modalidades de atletismo (salto em distância, arremesso de pelota e corrida), jogos de mesa (dama, dominó, xadrez, jogo da moeda e tênis de mesa), natação, futebol de salão e voleibol. Os vencedores serão premiados no dia 04 de setembro, durante o encerramento da olimpíada, no Centro Eqüestre de Várzea Grande.
Os jogos inclusivos são uma realização da Prefeitura Municipal de Várzea Grande com o patrocínio do Sesi Clube Cristo Rei e Centro Universitário Univag. Apoiam a ação a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, Nova Aliança Distribuidora de Tintas, deputado estadual Percival Muniz, Atacadão da Construção e Farmácia Mirabel.

Projeto de lei obriga escolas brasileiras a ter só merenda "saudável"
30/08/2009 - 22:03
Folha Online

Coxinhas, balas e refrigerantes podem ficar no passado do lanche nas escolas. Um projeto de lei que tramita na Câmara quer obrigar instituições públicas e privadas de ensino infantil e fundamental (até 14 anos) a só vender e oferecer aos alunos "alimentos saudáveis".
O texto não define o que seria proibido e remete a uma regulamentação posterior. Para o Conselho Federal de Nutricionistas, alimentos com muito sal, gordura ou açúcar e, principalmente, industrializados deveriam ser vetados.
Vai nessa linha um projeto de lei de Minas, que deve ser sancionado pelo governador Aécio Neves (PSDB) nesta semana. A proposta também proíbe alimentos com altos teores de calorias e poucos nutrientes.
Essas medidas se justificam, dizem os autores das propostas, pelo alto índice de obesidade infantil e do surgimento de doenças crônicas. "Pelo menos durante o tempo em que estão na escola, nossas crianças e jovens devem estar livres da pressão e tentação de consumo de produtos inadequados ao seu desenvolvimento saudável", afirma o autor, deputado Lobbe Neto (PSDB-SP).
Para José Augusto Lourenço, presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares, o consumo de produtos saudáveis deve ser incentivado, mas não imposto. "No shopping é liberado. Se é proibido, é proibido em todo o lugar. E acho um absurdo uma lei determinar como alguém vai se alimentar."
O Ministério da Saúde afirma que é favorável ao mérito do projeto, que vai na linha de uma portaria de 2006 -ela orienta as escolas a promoverem hábitos alimentares saudáveis. Para tanto, é necessário aumentar a oferta e o consumo de frutas, legumes, verduras e cereais integrais e reduzir de alimentos preparados com elevadas quantidades de açúcar, sal e gordura, diz Ana Beatriz Vasconcellos, do ministério.

Agência Senado
Senadores querem dedicação exclusiva para professor da educação básica
28/08/2009 - 14h09

Depois de aprovar a lei que institui o piso salarial nacional para o magistério (Lei 11.739/08), o Senado quer agora ampliar os mecanismos de valorização do professor da educação básica. O propósito é a criação de incentivos para professores que se dediquem exclusivamente ao ensino. Esse é o objetivo, por exemplo, de projeto (PLS 4/08) que garante salários equivalentes a pelo menos 70% da remuneração de docentes das universidades federais para professores da educação básica com dedicação exclusiva e com a mesma qualificação.
Em termos práticos, um professor da educação básica (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio) com doutorado, por exemplo, ganharia no mínimo R$ 4.550, já que um colega em uma universidade federal recebe R$ 6.500 assim que ingressa na carreira como doutor.
Aprovado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), a proposta poderia já estar na Câmara, mas um recurso à decisão da comissão - com base na resistência do governo ao projeto dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), Marisa Serrano (PSDB-MS) e Augusto Botelho (PT-RR) - remeteu ao Plenário a decisão final sobre o assunto.
O relator, senador Gerson Camata (PMDB-ES), considera injusto que a remuneração na educação básica seja um fator de desmotivação dos professores.
- O magistério brasileiro apresenta graves distorções salariais, uma vez que as remunerações são maiores na educação superior, que atrai os melhores quadros, até pelo conforto no trato com um público adulto e maduro. O sistema atual, perverso por natureza, reserva à educação básica os profissionais menos qualificados - reclama Camata.
Restrições
O Ministério da Educação, no entanto, por meio da coordenadora-geral de Formação de Professores da Secretaria de Educação Básica, Helena Costa Lopes de Freitas, comunicou que não considera a proposta viável, por não ter como financiá-la. Segundo ela, o governo tem dificuldades até mesmo para pagar o piso nacional para os professores da educação básica, que foi questionado na Justiça.
Na opinião de Cristovam Buarque, porém, o financiamento é uma questão de definição das prioridades nacionais. Para ele, primeiro deve-se discutir o mérito da proposta para, então, buscar os recursos para implementá-la.
Em outra proposta, já aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e que está na pauta de votação da CE, Cristovam também prevê o incentivo à dedicação exclusiva como forma de tornar os salários mais atrativos. O projeto (PLS 320/08) cria o abrangente Programa Federal de Educação Integral de Qualidade para Todos, para escolas estaduais e municipais, com uma Carreira Nacional do Magistério da Educação de Base. Esta teria como base o Plano de Carreira de Magistério do Ensino Básico do Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro, que é federal e hoje paga os melhores salários entre as escolas públicas.
Mesmo favorável ao projeto, a relatora na CCJ, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), apresentou emenda para tornar o projeto autorizativo, já que a iniciativa da proposta deveria ser do Executivo.
Valorização do professor é condição para qualidade
Relatório de ciclo de debates realizado pela CE e apresentado pelo senador Cristovam Buarque à Presidência do Senado em fevereiro de 2007 aponta que os esforços para melhorar o ensino no Brasil têm que passar pela valorização do professor, ou seja, pela melhoria da remuneração desse profissional.
De acordo com o documento, os 2 milhões de professores da educação de base estão desmotivados "pela má remuneração, pela degradação do espaço de trabalho, pela falta de equipamentos e pelo resultado insatisfatório do seu esforço".
A impossibilidade de atrair profissionais bem qualificados e a falta de motivação dos que estão nas escolas impedem, então, a melhoria dos padrões educacionais como um todo.
- O Brasil só será um país educado quando, ao nascer uma criança, seus pais desejem que ela tenha a profissão de professor da educação básica. Hoje, o magistério chega a ser visto como atividade secundária. A definição de um padrão mínimo para salário e formação do professor é um passo fundamental. A revolução educacional só ocorrerá se o magistério atrair os quadros mais brilhantes - propõe Cristovam.
Para isso, o relatório defende que sejam definidos padrões nacionais de salário, formação e dedicação do professor, nos moldes do que ocorre com as empresas estatais, com concurso público nacional. A medida combateria a grande diversidade de salários, pagos pelos diferentes gestores educacionais, nos estados e municípios.
- O caminho é a definição de padrões nacionais para todas as 164 mil escolas públicas, independentemente da cidade onde estejam. Hoje, o resultado dessa diversidade é que a criança brasileira tem seu futuro condenado, em função da cidade onde tiver nascido ou viva - afirma o senador.
(A íntegra da reportagem estará disponível na edição semanal do Jornal do Senado a partir das 21h, no endereço www.senado.gov.br/jornal).
João Carlos Teixeira/ Jornal do Senado

Encontro Estadual de Trabalhadores e Trabalhadoras Com Deficiência

Cuiabá MT, 31 de agosto de 2009.


AS SUBSEDES E DIREÇÃO SINTEP/MT

Assunto: Encontro Estadual de Trabalhadores e Trabalhadoras Com Deficiência

A CUT nacional, através da Secretaria Nacional de Políticas Sociais e do Coletivo Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência, convocam as CUTs estaduais a realizarem Encontros Estaduais para tratar do tema "Trabalhadores e Trabalhadoras Com Deficiência"

Atendendo a essa convocatória a CUT/MT realizará no dia 11 de Setembro às 13h30min no Auditório do SINTEP/MT , o Encontro Estadual de Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência.

Esse Encontro Estadual contará com o texto base do Coletivo Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência que será objeto de debates e emendas.

Os/as interessados/as em participar deverão informar ao Sintep/MT através do e-mail sintep@terra.com.br ou fax 65.3317.4327 até o dia 09/09/09.

Atenciosamente



Vania Maria Rodrigues
Sec. Geral do SINTEP

CONVOCAÇÃO DE EMERGÊNCIA


domingo, 30 de agosto de 2009

SEGUNDA-FEIRA TEM APROVAÇÃO DA EQUIPARAÇÃO SALARIAL


Segunda -feira tem a votação da Equiparação Salarial (isso se algo não acontecer).

REFLEXÃO

'' Outro dia, folheando a revista VEJA num consultorio , lí uma reportagem bastante interessante que mostrava com estatística, que as crianças de origem asiáticas que viviam no Brasil, apresentavam um desempenho escolar superios aos do estado brasileiros. O texto explicava que nas classes onde elas são maioria, o silencio e a turma são uma constante . Ouve-se claramente a voz da prof. explicando. Dizia tmbm que essas crianças dedicam 9 hrs diárias ao estudo( 4 na escola e 5 em casa ) enquanto as nossas , 4 ( as da escola) . Quando chegam em casa elas pegam seu cadernos, livros e estudam. Fazem os deveres de casa enquanto os brasileirinhos em sua maioria vagueiam pelas ruas empinando pipas e jogando bola. Com isso, os asiáticos no nosso país estão conseguindo os melhores postos de trabalho ( que são jsutamente aqueles que exigem maior qualificação e preparo ) em empresas com ótima remuneração, assistencia medico hospitalar e condições de ascensão profissional. Tudo isso me fez lembrar uma menina brasileira que veio do Japão visitar os parentes que ficarm aqui. A tia dela, era coordenadora na escola onde licionávamos. Certo dia, estávamos em nossa sala, tentando dar aula e explicar a matéria para os alunos que, como sempre, só consversavam e brincavam de costas para o losa.... Enquanto isso, a tia, vagava com a garota pelos corredores procurando uma classe mis calma onde o sobrinha pudesse dicar resolvendo as questões que a tia preaparou para verificar o paroveitamento e a adaptação da menina na escola japonesa. Mas a menina ficou aterrorizadacom a gritaria dos nossos alunos e preferiu resolver a avaliação na biblioteca alegando que não conseguiria conscentrar-se com a bagunça. Perguntamos então , o que acontecia na escola dela com os alunos que só queriam brincar, não estudava e não respeitava o prf. em sala.
ELA DISSE QUE ELES ERAM PUNIDOS
Perguntamos então , qual era a tal '' punição '' . SABE O QUE ELA RESPONDE ????????
Que não sabia pq na classe dela NUNCA havia visto um aluno consversar durante explicação do prf. ou desrespeitar o mesmo. ...''
Perceberam a diferença ???? Nossas escolas são superlotadas. Para esse auditório o prof. tem que ensinar, ( mat, port, hist, geo, ciencias) + cidadania+valores+ed. sexual+higiene+saude+ética+pluralidade cultural. Deverá tambem funcionar como psicólogo, assitente social, orientador educacional e pedagógico, desempenhando tambme todos os devers familiares que a sociedade resolve transferir para a escola. Nossos alunos dizem que as aulas são chatase alegam que nao gostam de ler , que ler não é divertido, que empinar pipa e jogar bola é melhor. E todos logo gritam em coro: ______ É culpa dos professores, que não dão aula divetida etarente para as crianças. CERTOS políticos surgem em cena alegando que o aluno que temos é assim meso e que os profs. precisam aprender a ensinar....Rotulam o magistério oficial como professores nota ZERO . O que eles querem esconder´, é que temos na sala de aula( filhos de eleitores) que recebem livro didatico, cadernos, lápis e borracha MAs '' ESQUECEM '' em casa para ficarem brincando durante a aula. ....Para agradar os pais eleitores, encaminham os profs. para cursos de ''capacitação '' alegando que eles não tem preparo necessario para ensinar, que segundo eles os cursos tem o poder de transformar prof. '' despreparados '' em profs. criativos, prontos para dar aulas atraentes, envolventes, divertidas e estimulantes.É claro que esse discurso de responsabilizar o prf. e varrer a sujeira para debaixo do tapete não vai levar a esducação a lugar nenhum.; MAS serve perfeitamente para justificar junto a opinião pública o baixo salário pago aos profs de educação . Imagine que vc está doente, vai ao médico e ele prescreve determinado remédio . Vc não toma o medicamento, não faz a sua parte e culpa o medico por não melhorar. Assim acontece nas escolas públicas, o prof. ensina , os alunos não prestão atenção , não estudam, não fazem os deveres de casa, como nossos amiguinhos asiáticos. Daí , então vem o governo e culpa o prof. pelo mau desempenho dos ''estudantes''.Ninguem quer sugerir aos politícos a receitinha das crianças asiáticas:
Fazer a lição de casa,
Estudar,
Empenhar-se,
Dedicar-se
Enfim , faça a sua parte! A verdade é que o educador deixou de ser modelo para os jovens: ganhamos mal e somos alvos constante da crítica social. Hj modelo para os jovens são os milhionários, jogadores de futebol etc....Vamos combinar , não dá para falar em qualidade de educação enquanto o profissional da educação for sistematicamente desvalorizado, tratado pelos políticos como um inimigo público.Nessas condições, que aluno vai querer ouvir o que uma pessoa assim tem a dizer ???????
Texto enviado pela Professora EDILAINE NORBERTO

sábado, 29 de agosto de 2009

A MATÉRIA DE CARTA CAPITAL NA ÍNTEGRA


A odisseia de Capistrano


28/08/2009 14:44:54



Em 3 de outubro de 2008, o notário Erival Capistrano cometeu o imperdoável pecado de afrontar o mais poderoso clã político de Diamantino, Mato Grosso. Eleito prefeito pelo PDT, Capistrano venceu nas urnas, por apenas 418 votos, Juviano Lincoln, do PR, candidato da família do ministro Gilmar Mendes, presidente do STF. Desde então, manter-se à frente da prefeitura tem sido uma odisseia. Empossado em 1º de janeiro de 2009, ele já foi afastado duas vezes, em um espaço de sete meses, por conta de decisões do Poder Judiciário estadual. Em 31 de março, dois meses depois de empossado, Erival Capistrano teve o mandato cassado pelo juiz Luiz Fernando Kirche, da 7ª Vara Eleitoral de Mato Grosso. O juiz, então recém-transferido para Diamantino, acatou a representação da coligação de Lincoln que acusou o prefeito de aceitar uma doação de campanha de 20 mil reais feita a partir de um recibo com assinatura, supostamente falsificada, do agricultor Arduíno dos Santos. Em novembro de 2008, Santos depôs no Ministério Público e confirmou a doação. Dois meses depois, decidiu mudar o depoimento e negou ter dado o dinheiro para a campanha do PDT. Em 23 de junho, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso acatou, por sete votos a zero, um recurso impetrado pelo PDT e Capistrano foi reempossado na prefeitura. Em 18 de agosto, no entanto, o presidente do TRE, desembargador Evandro Stábile, por meio de uma medida cautelar, suspendeu os efeitos da decisão e o reconduziu a Lincoln. O detalhe curioso é que Stábile foi um dos sete juízes a votar a favor da recondução de Capistrano, menos de dois meses antes de mudar de posição. A nova saída de Capistrano tem provocado diversas manifestações populares em Diamantino, mas a volta dele à prefeitura vai depender da análise do caso pelo TSE. Até 2008, o município havia sido governado por Chico Mendes (PR), irmão caçula de Gilmar Mendes, alvo de dezenas de denúncias de superfaturamento e desvio de verbas da prefeitura – mesmo assim, jamais incomodado pela Justiça local.

REVISTA CARTA CAPITAL


A revista Carta Capital faz materia sobre as alternâncias de poder de DIAMANTINO
fonte: www.rdnews.com.br

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

NOTA DO SINTEP/MT SOBRE O IMPOSTO SINDICAL

PREVISÃO LEGAL:

A cobrança do Imposto Sindical prevista na Constituição Federal de 1988 deriva do recolhimento anual no valor de um dia de trabalho, por todos aqueles que participem de uma determinada categoria econômica ou profissional, ou de uma profissão liberal, independentemente de serem ou não associados a um sindicato.

A POSIÇÃO DA CUT E DO SINTEP/MT

A CUT (Central Única dos Trabalhadores) e seus sindicatos filiados a exemplo do Sintep/MT vem, ao longo dos anos, buscando o fim da cobrança deste imposto, uma vez que o mesmo favorece a existência de “sindicatos de gavetas” que não fazem a luta sindical e sobrevivem apenas dos recursos do referido Imposto.

SITUAÇÃO ATUAL

Mas em 2008, uma Instrução Normativa do Ministério do Trabalho determinou o desconto compulsório para todos os servidores públicos. De acordo com o disposto na Instrução Normativa/MTE n.º 01/2008, os órgãos da administração pública federal, estadual e municipal, direta e indireta, independentemente do regime jurídico a que pertençam, deverão recolher a contribuição sindical prevista no artigo 578, da CLT, de todos os servidores e empregados públicos. Deverá ser descontada a importância correspondente à remuneração ou subsídio de um dia de trabalho.
Por vários anos, temos impedido o desconto compulsório do referido imposto, que deveria acontecer no mês de março. Em 2009, mais uma vez, o Sintep/MT acordou com a SEDUC para não efetuar o referido desconto dos trabalhadores da rede estadual de educação.

O QUE PROVOCOU O DESCONTO EM 2009

No entanto, diversos recursos judiciais, oriundo da CSPB – Confederação dos Servidores Públicos do Brasil tem obrigado as esferas públicas a efetuar o desconto do Imposto Sindical, como já havia ocorrido em 2005 em MT. Naquele ano, todo o recurso descontado foi para a CSPB que não integra a estrutura sindical da qual o Sintep/MT é filiado, ou seja, a CUT e a CNTE.
Assim, a partir da decisão governamental, através da SAD, em realizar o desconto, e na iminência desse recurso (o relativo aos trabalhadores em educação) ir para outras entidades que não organizam e não defendem os trabalhadores em educação, o Sintep/MT tem buscado garantir que ao menos, o recurso seja repassado ao Sintep/MT para que o mesmo reverta em benefícios para a categoria.

A POSIÇÃO DA CATEGORIA ANTE A IMINÊNCIA DO DESCONTO

O Conselho de Representantes, de 15 e 16 de agosto de 2009, aprovou a aplicação dos recursos oriundos do Imposto Sindical e que são devidos ao Sintep/MT na Construção de um Centro de Formação no terreno do Sintep/MT, situado no Centro Político Administrativo em Cuiabá, de forma a garantir melhores acomodações aos nossos filiados.
Informamos também, que em caso dos municípios que ocorreu o referido desconto referente aos trabalhadores da educação, o mesmo deverá ser repassado ao Sintep/MT.

PARA QUEM PERGUNTAR:
PERCENTUAIS DE REPASSE (DISTRIBUIÇÃO) DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL:

SINDICATO DA CATEGORIA: 60%
FEDERAÇÃO A QUE PERTENCE O SINDICATO: 15%
CONFEDERAÇÃO A QUE O SINDICATO ESTÁ FILIADA: 5%
MINISTÉRIO DO TRABALHO: 20% (Vai o FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador)

terça-feira, 25 de agosto de 2009

PREFEITO LINCOLN ENVIA A PROPOSTA ESCRITA AO SINTEP

O prefeito JUVIANO LINCOLN enviou a proposta aos profissionais da educação. O problema da proposta que não cita o dia que a sessão extraordinária vai acontecer. Por que já ficamos sabendo que na quinta e sexta-feira os vereadores estarão em cuiabá participando de um curso. Estamos checando essa notícia....


PREFEITO ENVIA PROPOSTA A CÂMARA


Agora a pouco as 15:33 o prefeito nos comunicou via telefone que já enviou a proposta a CAMARA MUNICIPAL DE DIAMANTINO, até o momento não sabemos se a sessão extraordinária será realizada amanha dia 26/08/09;

Estamos aguardando a resposta, o mesmo ficou de enviar a carta compromisso, até as 17 horas do dia de hoje, estamos no agurado.
Contudo tranquilizamos todos os profissionais da educação de uma possível assembléia geral amanha dia 26/08/09, se cas as reivindicações não forem aprovados.
Companheiros a LUTA CONTINUA, CONTINUEMOS EM ESTADO DE GREVE.......

COMISSÃO ENTREGA DOCUMENTOS AO SECRETARIO DE EDUCAÇÃO E AO PREFEITO JUVIANO LINCOLN







A comissão do SINTEP(Sindicato dos Trabalahdores do Ensino) Subsede de Diamantino, reuniu-se nas dependências da Secretaria Muncipal de Educação e Cultura para fazer um documento onde lista as prioridades da categoria e pede que a alteração da LEI 04/02, o artigo 48 seja aprovada em caráter de urgência uregentíssima.



Foi entregue ao documento ao secretário municipal de educação e cultura Prof. Nilvo Pedro Lanza. após a comissão se dirigiu ao Gabinete do prefeito e entregou o mesmo documento ao prefeito Juviano Lincoln, que recebeu a comissão e disse que iria enviar ainda hoje o documento a Câmara Municipal de Diamantino, pedindo para amanha uma sessão extraordinária.



Contudo o SINTEP, pediu ao prefeito um DOCUMENTO, onde o mesmo se compromete com ações que beneficiem a categoria. O prefeito disse que irá fazer o documento e será entregue as 15 horas do dia de hoje. O prefeito disse que se não for aprovado amanhã será aprovado na segunda, e pagará os funcionários na terça, ou quarta-feira mas com a a equiparação salarial.



Estamos aguradando e sabemos que nas escolas, todos estão revoltados com a situação, pedimos aos companheiros mais um tempinho.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

CÂMARA NÃO APROVA PROJETO, E DEIXA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO REVOLTADOS



A Câmara Municipal de Diamantino, não aprovou o projeto de LEI, da equiparação salarial da Rede Muncipal de Ensino, deixando os profissionais da educação furiosos.

Com a equiparação salarial o professor de 20 hs receberá R$ 715,00 e o de 40 hs receberá R$ 1.344,00. Qual foi o erro detectado na tabelafoi colocado que o professor de 40hs receberia o dobro do de 20 R$ 1.430,00.assim a tabela será corrigida e encaminhada novamente.

foi marcada uma reunião amanha dia 25/08/2009, com a comissão para tentar concertar a tabela e depois fazer uma outra reunião com o prefeito JUVIANO LINCOLN, para o mesmo enviar a câmara e convocar uma reunião de extraordinária, para a aprovação ainda para esta folha do mês de agosto (conforme acordo firmado).


Caso as negociações não avancem já será marcada uma assembléia amanhã dia 25/08/2009, com indicativo de GREVE GERAL.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

PREFEITO CONVERSA COM A SECRETARIA EUNIDES E SUA EQUIPE


Após a invasão da SMEC pela Professora Thereze Silva, Sandra Sansel e Dulcilene Barros, a ex-secretaria Eunides ligou ao professor NILVO PEDRO LANZA, novo secretario de Educação que disse que não sabia de nada, do que estava acontecendo.
Como a IX FEIRA DO CONHECIMENTO, já tinha data marcada a equipe da secretaria Eunides, continuou a sua organização,na abertura da Feira, não compareceram nem o prefeito JUVIANO LINCOLN, nem o secretário de educação NILVO.
Diante desse desrespeito a equipe decidiu chamar o prefeito Lincoln e o secretario Nilvo para repassar as chaves da secretaria, e repassar o que estava já acertado para o acontecimento da feira.
O prefeito pediu desculpas e perdão aos professores, pela atitude da sua irmã Thereze, e disse em alto e bom tom que ela não faria parte da equipe do professor Nilvo na secretaria de educação e que a mesma só estava trazendo problemas a ele.
Após isso toda a equipe se dirigiu ao Salão Paroquial, onde foram chamados todos os diretores, coordenadores e professores e comunicado que a partir daquele momento uma nova equipe estaria assumindo a coordenadção do evento, pois houve um desrespeito com a educação de Diamantino.

Os diretores ficaram revoltados e orientaram a equipe a denunciar no MINISTÉRIO PÚBLICO e fazer um BOLETIM DE OCORRÊNCIA, na Delegacia.
Após isso a equipe se dirigiu a Delegacia de Policia e registrou um Boletim de Ocorrência.

Elas terão que se explicar com a justiça, na segunda-feira tem o ministério público.

A irmã do Prefeito interino invadiu a Secretaria de Educação

Hoje dia 21, a Secretaria de Educação que ainda se encontrava sob o comando de Eunides Teixeira (Secretária de Educação) foi invadida pela irmã do prefeito interino, que agrediu verbalmente a Secretária (veja video)



Wendell Oliveira
Da Redação
O prefeito interino Juviano Lincoln que assumiu o executivo municipal na tarde de ontem dia 20 de agosto prometendo em discurso não tolerar retaliações e perseguições, teve seu discurso quebrado logo no dia seguinte a sua pose, quando também afirmou que seu novo staff será anunciado na segunda feira e não comunicando a nenhum Secretário a exoneração.
A Secretária de Educação Eunides Teixeira não recebeu nenhuma comunicação oficial ou extra-oficial de afastamento do cargo e continuou seu trabalho a frente da Secretaria realizando a Feira do Conhecimento, quando foi comunicada de que um grupo de pessoas liderado pela irmã do prefeito havia invadido as dependências da Secretaria e estava realizando uma verdadeira algazarra. A Secretária em exercício Eunides Teixeira foi pedir explicações e foi agredida verbalmente pela irmã do interino.
Eunides falou sobre o acantecido e muito chateada chamou o provável Secretário de Educação Pedro Nilvo Lanza, ele ressaltou que ainda não foi comunicado de nada e que só a administração poderia explicar esse ato. É vergonhoso para o município de Diamantino a falta de respeito por parte de servidores que se encontram afastados de suas obrigações inclusive recebendo pelo INSS, alegando estar doente e no dia seguinte a tomada do poder enfurecidamente desacata uma profissional que na obrigação de seu serviço e desrespeitada e insultada.
Esse não foi um caso isolado, a servidora que cumpria suspensão Michele Carrasco foi a Secretaria de Saúde e retirou o quadro do Prefeito Erival Capistrano jogando o quadro no chão e pisoteando, a mesma esteve no PSF do Bom Jesus e ao que parece em todos os PSFs fazendo a mesma coisa.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

COLETÂNEA DE NOTÍCIAS

Presidente do Sintep/MT ministra palestra em Primavera do Leste
18/08/2009
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Pْblico de Mato Grosso (Sintep/MT), Gilmar Soares Ferreira, ministrarل palestra sobre Gestمo Democrلtica, amanhم (19), em Primavera do Leste, a 239 Km de Cuiabل. O sindicalista falarل sobre o tema aos alunos do Curso de Formaçمo de Funcionلrios (Profuncionلrios).
De acordo com o palestrante, é preciso trabalhar nesta perspectiva. “A gestمo democrلtica pressupُe o envolvimento de todos os segmentos, professores, alunos, gestores e pais nas atividades escolares”, explicou. Ele ressaltou também a importância do papel da comunidade escolar. “Ela deve contemplar os anseios da populaçمo por meio de sua participaçمo”, acrescentou.
Para Gilmar Soares, gestمo democrلtica nas escolas representa menos violência, inserçمo da famيlia e mais respeito ao ser humano.
Fonte: Pau e Prosa Comunicaçمo

Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar discute resoluçمo do FNDE
18/08/2009
Em reuniمo realizada na ْltima quinta-feira (13), o Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar (CEAE) discutiu a divulgaçمo da resoluçمo n° 38, de 16 de julho deste ano do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educaçمo (FNDE). O documento dispُe sobre o atendimento da alimentaçمo escolar aos alunos da educaçمo bلsica no Programa Nacional de Alimentaçمo Escolar (PNAE).
De acordo com a representante do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Pْblico de Mato Grosso (Sintep/MT) no CEAE, Vânia Miranda, os conselheiros foram orientados sobre o papel que devem desempenhar. “ة nosso dever fazer com que o programa funcione no Estado. Os recursos chegam à Secretaria de Educaçمo, mas somos nَs quem aprovamos as contas”, explicou.
A Resoluçمo regulamenta leis referentes ao PNAE e orienta as escolas sobre como adquirir os alimentos destinados à merenda. “Sمo esclarecidos desde o funcionamento dos pregُes até como comprar alimentos diretamente de agricultores familiares”, afirmou.
O documento pode ser acessado no site www.fnde.gov.br, no menu “Alimentaçمo Escolar”, em “Legislaçمo”.
Fonte: Pau e Prosa Comunicaçمo

24 Horas News
Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar discute resoluçمo do FNDE
18/08/2009 - 14h15
Redaçمo 24 Horas News
Em reuniمo realizada na ْltima quinta-feira (13), o Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar (CEAE) discutiu a divulgaçمo da resoluçمo n° 38, de 16 de julho deste ano do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educaçمo (FNDE). O documento dispُe sobre o atendimento da alimentaçمo escolar aos alunos da educaçمo bلsica no Programa Nacional de Alimentaçمo Escolar (PNAE).
De acordo com a representante do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Pْblico de Mato Grosso (Sintep/MT) no CEAE, Vânia Miranda, os conselheiros foram orientados sobre o papel que devem desempenhar. “ة nosso dever fazer com que o programa funcione no Estado. Os recursos chegam à Secretaria de Educaçمo, mas somos nَs quem aprovamos as contas”, explicou.
A Resoluçمo regulamenta leis referentes ao PNAE e orienta as escolas sobre como adquirir os alimentos destinados à merenda. “Sمo esclarecidos desde o funcionamento dos pregُes até como comprar alimentos diretamente de agricultores familiares”, afirmou.
O documento pode ser acessado no site www.fnde.gov.br, no menu “Alimentaçمo Escolar”, em “Legislaçمo”.

Inscriçُes para provمo poderمo ser feitas em setembro
19/08/2009 - 08h57
Sَ Notيcias
Muitos mato-grossenses aguardam, para os prَximos dias, a confirmaçمo das datas de inscriçمo para o Exame Supletivo (provمo) realizado em média uma vez ao ano, cujo objetivo é auxiliar aqueles que nمo terminaram seus estudos tanto no ensino fundamental (1° a 9° série) quanto no ensino médio (1° ao 3° ano). Inicialmente, a expectativa da Secretaria Estadual de Educaçمo é que as inscriçُes sejam realizadas em setembro, entre os dias 8 a 11, no entanto, as datas deverمo ser confirmadas.
Ano passado, no Estado foram 119 mil inscritos para realizar as provas. Somente em Sinop, uma das maiores praças do Estado, foram 8,2 mil inscriçُes, destes pouco mais de 3 mil se inscreveram para regularizar o ensino fundamental e outros 5,1 mil para o ensino médio. Em Cuiabل, houve maior nْmero de inscriçُes, com 13.371. Em terceiro ficou Rondonَpolis (7.261).
Apَs a confirmaçمo das datas, deve ser confirmado ainda o local para a realizaçمo das inscriçُes. Em Sinop, é estudada a possibilidade de ser realizada em duas escolas estaduais e nمo mais na Assessoria Pedagَgica, como foi feito em anos anteriores.

Olimpيada de Matemلtica das escolas serل realizada na prَxima semana
18/08/2009 - 12h52
Redaçمo 24 Horas News
Em funçمo da prorrogaçمo das férias em vلrias escolas do paيs para evitar o contلgio de alunos pelo vيrus Influenza H1N1, a direçمo da Olimpيada Brasileira de Matemلtica das Escolas Pْblicas (Obmep) decidiu adiar as primeiras provas da competiçمo.
Os testes estavam previstos para o dia 18, mas foram transferidos para 25 de agosto. Mais de 19 milhُes de estudantes do ensino médio e dos anos finais do ensino fundamental (5ھ a 8ھ série -- 6؛ ao 9؛ ano) estمo inscritos para participar da ediçمo 2009.
A Olيmpiada de Matemلtica é promovida pela Sociedade Brasileira de Matemلtica (SBM), pelo Instituto de Matemلtica Pura e Aplicada (Impa), e pelos Ministérios da Ciência e Tecnologia e da Educaçمo.

Tô Sabendo.com
Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar discute resoluçمo do FNDE
18/08/2009
Em reuniمo realizada na ْltima quinta-feira (13), o Conselho Estadual de Alimentaçمo Escolar (CEAE) discutiu a divulgaçمo da resoluçمo n° 38, de 16 de julho deste ano do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educaçمo (FNDE). O documento dispُe sobre o atendimento da alimentaçمo escolar aos alunos da educaçمo bلsica no Programa Nacional de Alimentaçمo Escolar (PNAE).
De acordo com a representante do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Pْblico de Mato Grosso (Sintep/MT) no CEAE, Vânia Miranda, os conselheiros foram orientados sobre o papel que devem desempenhar. “ة nosso dever fazer com que o programa funcione no Estado. Os recursos chegam à Secretaria de Educaçمo, mas somos nَs quem aprovamos as contas”, explicou.
A Resoluçمo regulamenta leis referentes ao PNAE e orienta as escolas sobre como adquirir os alimentos destinados à merenda. “Sمo esclarecidos desde o funcionamento dos pregُes até como comprar alimentos diretamente de agricultores familiares”, afirmou.
O documento pode ser acessado no site www.fnde.gov.br, no menu “Alimentaçمo Escolar”, em “Legislaçمo”.

A Gazeta
Opiniمo
Ensino pْblico e o Enem
19/08/2009
Da Editoria
Com o fim do exame vestibular nas faculdades federais brasileiras, o novo modelo adotado traz mais competitividade aos alunos da escola pْblica na disputa por uma vaga e, consequentemente, mede melhor o conhecimento e o nيvel do ensino ministrado nas escolas pْblicas e privadas. Em menos de dois meses, 4,5 milhُes de estudantes participarمo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que a partir deste ano substitui o vestibular em parte das universidades federais.
Desde jل nota-se uma certa insegurança de secretarias estaduais de Educaçمo quanto a esse novo modelo. Ao contrلrio do que acontecia antes, quando o vestibular era o sistema de seleçمo dos futuros universitلrios, alguns Estados estمo oferecendo cursinhos preparatَrios ou aulas de reforço aos alunos para reforçar a preparaçمo para a prova.
No Rio de Janeiro, a estratégia adotada foi o ensino a distância. Em 500 escolas, no turno contrلrio às aulas regulares, os alunos poderمo assistir a aulas preparatَrias ministradas por professores em um estْdio. No Espيrito Santo, as escolas estمo sendo incentivadas pela secretaria a oferecerem aulas de reforço no turno contrلrio ou mesmo aos sلbados. No Acre, as 15 escolas que apresentam os maiores يndices de participaçمo no Enem também estمo tendo seis horas extras de aula por semana para preparar os estudantes para a prova. No Amazonas, a estratégia adotada pela secretaria é a realizaçمo periَdica de simulados do exame.
Essas aulas sمo apontadas como a soluçمo encontrada para levar aulas de qualidade a todos, pois, mais do que nunca, os alunos precisam ampliar suas possibilidades de preparaçمo. Os estudantes da rede privada sempre levaram vantagem devido exatamente à qualidade do ensino.
Nمo se pode deixar de reconhecer esse esforço. Porém, buscar a qualidade deve ser a rotina das escolas, meta esta que deve ser buscada dentro do planejamento pedagَgico, sem mudar a rotina da aprendizagem. Ou seja, a escola nمo pode estar focada apenas no exame, mas considerar a avaliaçمo como um importante indicador da eficلcia de medidas inovadoras do ensino médio.
E isso infelizmente ainda nمo acontece no Brasil, onde as crيticas ao sistema educacional sمo consistentes e deveriam ser melhor avaliadas pelo governo. Buscar a qualidade do ensino, estruturar as unidades escolares, valorizar e preparar os professores deve ser um objetivo a ser buscado, pois, a educaçمo, como se sabe, é a base de tudo.

TVCA Online
Professores podem se inscrever para curso online sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente
18/8/2009 - 16:49:00
Agência Brasil
Professores de escolas da rede pْblica podem se candidatar para um curso a distância sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A capacitaçمo é gratuita e oferecida pelo Ministério da Educaçمo em parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), Fundaçمo Telefônica e Centro de Empreendedorismo Social e Administraçمo em Terceiro Setor (Ceats).
O curso tem carga-horلria de 42 horas e é restrito a professores que dمo aulas em escolas que fazem parte do projeto Mais Educaçمo. O curso tratarل dos direitos das crianças e adolescentes e é formado por seis mَdulos que inclui a elaboraçمo de um projeto de aplicaçمo prلtica do conteْdo pelo participante na escola em que ele atua.
Os interessados devem se inscrever até 9 de setembro pelo site Prَ-menino. As aulas começam no dia 10 de setembro e encerram-se em 9 de dezembro.

MEC
Regiُes com baixo desempenho terمo consultores contratados
Terça-feira, 18 de agosto de 2009 - 16:41
O Ministério da Educaçمo vai selecionar 63 consultores para o programa Brasil Alfabetizado. Eles prestarمo assistência técnica ao programa em 1.928 municيpios das regiُes Norte, Nordeste e de parte do Sudeste, que registram يndices de analfabetismo de jovens e adultos iguais ou superiores a 25% da populaçمo.
As vagas sمo para profissionais com curso superior em qualquer لrea do conhecimento e com experiência em planejamento e gestمo educacional. A duraçمo dos contratos varia de oito a dez meses e a remuneraçمo global por contrato, de R$ 51.700,00 a R$ 58.250,00. As inscriçُes estمo abertas até o dia 1؛ de setembro. A seleçمo terل três fases: o currيculo vale 100 pontos e a entrevista, 40. Os selecionados nestas duas etapas terمo 11 dias de capacitaçمo, que valem 60 pontos. A capacitaçمo estل prevista para o perيodo de 16 a 27 de novembro, em Brasيlia.
O Edital n؛ 1/2009 selecionarل 55 consultores. Eles vمo desenvolver atividades em 1.886 municيpios das regiُes Norte, Nordeste ou Sudeste. Na inscriçمo, o candidato à vaga de consultor deve indicar o estado que deseja trabalhar. Esse contrato terل duraçمo mلxima de oito meses, entrega de cinco produtos e a remuneraçمo é de R$ 51.750,00.
Para trabalhar em Brasيlia, em atividades de apoio à coordenaçمo do programa Brasil Alfabetizado, referente a 1.928 municيpios com يndices de analfabetismo de 25% ou mais, serمo contratados seis consultores. O Edital n؛4/2009 exige a apresentaçمo de cinco produtos, consultoria de no mلximo dez meses e remuneraçمo global de R$ 51.700,00.
O Edital n؛ 2/2009 abre uma vaga para consultor de campo na Paraيba. Esse profissional darل assistência técnica a 42 municيpios do estado. Apresentarل seis trabalhos, a duraçمo do contrato serل de até nove meses e a remuneraçمo, R$ 58.250,00. O Edital n؛3/2009 abre uma vaga para atividade de consultoria à coordenaçمo do programa, em Brasيlia. O contrato poderل ter até dez meses, entrega de quatro produtos e remuneraçمo de R$ 51.700,00.
Pesquisa - Dados da Pesquisa Nacional de Amostragem por Domicيlio (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatيstica, colhidos em 2007, informam que a taxa média nacional de analfabetismo de jovens acima de 15 anos e de adultos é de 9,9%. Mas essas taxas se alteram quando a pesquisa foca a regiمo Nordeste e a Amazônia Legal.
Nos nove estados da regiمo Nordeste, os يndices variam de 16,8% em Sergipe a 25,1% em Alagoas. A Paraيba aparece com 23,5%; Piauي, 23,4%; Maranhمo, 21,4%; Rio Grande do Norte, 19,6%; Cearل, 19,1%Pernambuco, 18,5%; Bahia, 18,4%.
Quando a PNAD 2007 faz um recorte por faixa etلria, os يndices de analfabetismo da regiمo Nordeste e da Amazônia Legal também se sobressaem, conforme tabela.
ة para dar atençمo diferenciada a esse grupo de estados e aos 1.928 municيpios com altas taxas de analfabetismo, que a Secretaria de Educaçمo Continuada, Alfabetizaçمo e Diversidade (Secad) vai contratar consultores. Eles vمo ajudar os municيpios numa série de tarefas, entre elas a construçمo dos planos de alfabetizaçمo e a definiçمo de estratégias de mobilizaçمo para a matrيcula de jovens e adultos.
O foco serمo os 1.928 municيpios prioritلrios definidos em 2007 pelo Plano de Desenvolvimento da Educaçمo (PDE). Prioritلrios sمo municيpios que têm carências comuns: يndices de desenvolvimento da educaçمo bلsica (Ideb) abaixo da média nacional, que em 2007 foi de 4,2 pontos nos anos iniciais do ensino fundamental (numa escala de zero a dez), altos يndices de analfabetismo jovem e adulto, que necessitam de assistência técnica para desenvolver projetos educacionais.
Ionice Lorenzoni

terça-feira, 18 de agosto de 2009

OF.396/SGER/2009

OF 396/SGER/2009
Cuiabá MT, 17 de agosto de 2009.


AS
SUBSEDES

Companheir@s,

Saudando fraternalmente cada um e cada uma, vimos informá-los/as das resoluções do 1º Conselho de Representantes, realizado nos dias 15 e 16 de agosto nas dependências do sindicato, sob a coordenação da nova Direção do SINTEP/MT eleita em 19/06/09 e empossada em 29/06/09. O Conselho discutiu e aprovou os seguintes encaminhamentos:

PLANO DE AÇÃO DO SINTEP/MT - Foi apresentado pela Direção Central o ressultado do Planejamento Estratégico da Direção, realizado nos dias 20 a 23/07/09, sendo que o ponto principal foi o Plano de Ação do SINTEP/MT, o qual foi apreciado pelos grupos de trabalho;

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO - Foi feita revisão da pauta de reivindicação de 2007;

PARALISAÇÃO ESTADUAL COM MARCHA – A partir da Campanha da CNTE do dia Nacional de Luta Pelo Piso Salarial Nacional, o SINTEP/MT estará realizando, no dia 16 de setembro de 2009, PARALISAÇÃO ESTADUAL COM MARCHA EM CUIABÁ. O mote da campanha é:
· O Piso Agora é R$ 1.132,42
· Hora Atividade para professores interinos
· Aplicação de 60% dos Recursos em educação, inclusive o IRRF
· Plano de Carreira Único
Para esse dia foi programado uma grande Marcha em Cuiabá MT e contará com duas colunas, uma saindo da UFMT e outra da região do Porto com a concentração a partir das 13:00 horas, culminando com Ato Público em Frente ao Palácio Alencastro, no período vespertino. Ficou definida uma cota de ônibus para participar dessa Marcha em Cuiabá MT, sendo responsável pelos ônibus os/as Diretores/as Regionais e está assim distribuída, num total de 53 ônibus:
As despesas com a locação dos ônibus será no sistema de rateio entre a Central e as Subsedes e alimentação dos participantes durante a viagem ficará por conta das subsedes.


CONCURSO PÚBLICO – Ao ser avaliado o Edital do Concurso Público atual, foi aprovado um nota pública esclarecendo a participação do SINTEP/MT na Comissão de Concurso. Aprovada também uma representação junto ao Ministério Público, para resguardar os Cargos e Funções da Carreira. Buscar audiência em três dias com o Secretário de Estado de Educação, solicitando alteração no edital referente ao agente de pátio.

IMPOSTO SINDICAL – Considerando a decisão do Governo do Estado de Mato Grosso, em determinar o desconto do Imposto Sindical dos servidores, inclusive dos profissionais da Educação, o Conselho de representantes aprovou os encaminhamentos da Direção no sentido de que o repasse do Imposto Sindical fosse garantido ao SINTEP/MT, legítimo representante da categoria e que os recursos sejam utilizados na construção CENTRO DE FORMAÇÃO do SINTEP/MT, no terreno de propriedade do Sindicato, na região do Centro Político Administrativo. Será publicado uma nota pública a respeito do assunto.


Contamos com o envolvimento e a participação de todas e de todos.


Saudações Sindicais,

NOVA SECRETARIA

Quem deve assumir a secretaria de Ação social é a Srª Celia Ramos, ela assume com uma tarefa árdua dar continuidade ao trabalho da Gestão do prefeito Erival Capistrano, sai de cena a ex-secretaria VALDENICE APARECIDA ROSA.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

SINTEP E SMEC entregam PROPOSTA DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL A CÂMARA DE VEREADORES


O SINTEP e a Secretaria de Educação, foi apresentaram a Câmara de Vereadores o PROJETO de Equiparação Salarial dos Profissionais da Educação.
Os vereadores presentes foram Antonio Vasconcellos, Gisa, Carlinhos Gaino, Bodão, Edilson, Galego e Edevaldo Teixeira.
Estavam ausentes os vereadores Dr. Manoel e o vereador Ticão.
Os vereadores ouviram a proposta e irão dar o verídico final na segunda-feira dia 24/08/09.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

CATEGORIA ACEITA 30% DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL

Em noite memoravél a categoria do Profissionais da Educação, aceitaram a proposta enviada pela Secreataria Municipal de Educação de 30%.
A proposta enviada foi aprovado por unânimidade pelos profissionais da educação.
Após a aprovação da proposta um grupo de profissionais da educação, soltaram vários fogos em comemoração, haja visto que foram varios meses de negociação, no governo de Erival Capistrano e de Joviano Lincoln.

O compromisso acertado com o sindicato será de:

  • Implantação progressiva do Piso Nacional de R$ 950,00.
  • Atualização da folha de pagamento a partir do mês de agosto 2009, sendo o mesmo aprovado pela Câmara Municipal de Diamantino.
  • Cumprimento estabelecido na lei 11.738/09, para efetivos e interinos.
  • Atualização do subsídios anulamente de acordo com o recurso do FUNDEB.
  • Reunir bimestralmente com a comissão do SINTEP, para fazer estudos de valores.
  • De imediato conceder 30% sobre a tabela.
  • Analizar o mais rápido possível e enviar a Câmara Municipal de Diamantino.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

30 %




Em reunião na manhã de ontem dia 10/08, com a Comissão de Negociação a Secretaria de Educação Professora Eunides Teixeira, fez a proposta de 30% de Equiparação Salarial.
Essa proposta vai ser analisado hoje dia 11/08 numa ASSEMBLÉIA GERAL, que serárealizada no CEFAPRO, as 18 hs.
Para aqueles, que diziam que a comissão estava quieta, AÍ ESTA A RESPOSTA...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

ASSEMBLÉIA GERAL


ASSEMBLEIA GERAL



DIA - 11/08/2009


LOCAL - CEFAPRO


HORÁRIO - 18:00 HS



TODOS OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

PARABÉNS A PROFESSORA ROSANGELA CONCI


Feliz Aniversário

Parabéns hoje é o seu aniversário.

Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós capacidade de recomeçar a cada ano.

Desejo a você, um ano cheio de amor e de alegrias.

Afinal fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.

Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes.

Fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus.

É ser grato, reconhecido, forte, destemido.

É ser rima, é ser verso, é ver Deus no universo;

Parabéns a você nesse dia tão grandioso...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

COLETANEA DE NOTÍCIAS

Cuiabá, 06 de Agosto de 2009.

O Documento
Subsede do Sintep/MT em Rondonópolis realiza assembleia
Cuiabá / Várzea Grande, 05/08/2009 - 11:32.

Da Assessoria

A subsede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em Rondonópolis realizará assembleia na próxima terça-feira (11). A reunião ocorrerá na Escola Sagrado Coração de Jesus, com primeira chamada às 14h30.
Na pauta de discussões constam: campanha salarial e aplicação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF); a realização de concurso público; a eleição de delegados para o Conselho de Representantes da entidade, que ocorre nos dias 15 e 16, em Cuiabá; e informes.
A diretoria da subsede ressalta que todos os trabalhadores da Educação devem participar.

A Gazeta
Governo consegue 750 ônibus escolares
06/08/2009
Da Assessoria
Secom/MT
Estudantes da área rural irão contar com transportes novos. Serão 750 ônibus entregues aos municípios ainda este ano, e mais 250 em 2010. As 1000 unidades serão viabilizadas por meio da parceria entre governo de Mato Grosso e o Ministério da Educação firmada, ontem, em reunião entre o vice-governador do Estado, Silval Barbosa, e o ministro de Educação, Fernando Haddad, ocorrida em Brasília.
Conforme o acordo, o executivo estadual assegura a aquisição de 500 veículos a serem entregues às escolas este ano. Enquanto o governo federal se responsabilizará por outros 500, sendo um lote, de 250 unidades, disponibilizado ainda em 2009 e o restante no ano que vem.
"Com essa ação estamos investindo na melhoria da educação rural. Iremos garantir às nossas crianças do campo um transporte digno e com segurança", destacou o vice-governador. Presente à reunião, o secretário de Educação, Ságuas Moraes informou que com mais 250 ônibus adquiridos pelos municípios a frota do transporte escolar será 100% renovada.
Segundo ele, atualmente o Estado possui uma frota de 1500 veículos. "A maioria em péssima condição de uso", frisou.
O vice-governador, Silval Barbosa, aproveitou a reunião com o ministro da Educação para reivindicar também estrutura para extensão do Ensino Tecnológico para seis cidades mato-grossenses.
Os núcleos atenderiam cerca de 110 mil habitantes. O ministro Fernando Haddad assegurou estudar o assunto.

Só Notícias
Venda de merenda para escolas estaduais de Sinop será definida dia 12
06 de Agosto de 2009 - 07:17
Fonte: Só Notícias/Karoline Kuhn


Mercados, padarias e outros estabelecimentos comerciais que fornecem alimentos poderão, na próxima quarta-feira, participar do pregão da merenda escolar para as 12 escolas estaduais de Sinop. O Estado vai comprar pães, óleos, carnes e outros alimentos para o segundo semestre letivo. Verduras, legumes e frutas que são vendidos pela cooperativa de pequenos produtores do município serão adquiridos deles, conforme prevê a lei federal 11.947, discutida recentemente por responsáveis das escolas, pequenos produtores e a Secretaria Estadual de Educação.
As inscrições dos fornecedores devem ser feitas na Assessoria Pedagógica onde o pregão será feito, às 15h. O valor da merenda para cada aluno é de R$0,22/dia, pagos pelo governo federal e repassado pelo estadual. A escola é quem administra o dinheiro e faz a compra. Atualmente, a rede estadual de educação atende cerca de 14 mil estudantes.

Nova Mutum: diretores de escolas públicas devem ser eleitos este ano
Fonte: Só Notícias/Marcio Uhde, de Nova Mutum


As escolas municipais deverão ter eleições para diretores ainda este ano. A informação é da comissão que trabalhou nos cinco meses na elaboração do plano para Gestão Democrática da Educação. O resultado será avaliado agora pela comunidade e, posteriormente, encaminhado através de projeto de lei para a câmara municipal.
De acordo com a professora Cléria Paula Franco, integrante da comissão, a gestão democrática significa a conquista de autonomia das escolas no que se refere ao pedagógico, financeiro e administrativo. Além da eleição para diretores a comunidade escolar poderá tomar decisões levando em consideração a sua realidade.
“É um uma conquista, pois concretiza a democracia no espaço escolar”, afirmou Cléria. Até mesmo questões financeiras agora serão tratadas em âmbito escolar. Cada unidade vai administrar suas verbas. Até então, tudo fica centralizado na Secretaria de Educação.
A comissão que elaborou o plano de Gestão Democrática foi composta por representantes da secretaria de Educação, professores, Sindicato e pais de alunos. A apresentação para a comunidade será feita no dia 21 deste mês. “Diante da aprovação o mesmo segue para câmara e acreditamos que as eleições para diretores aconteçam ainda este ano”, afirmou.

MEC
Revista digital relata práticas bem-sucedidas em escolas
Quarta-feira, 05 de agosto de 2009 - 19:05
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) lança nesta quarta-feira, dia 5, em sua página eletrônica, a primeira edição da revista digital Na Prática – Experiências Educacionais de Sucesso. A publicação contém reportagens e estudos técnicos sobre experiências bem-sucedidas de administrações municipais e escolas. Na primeira edição, são retratadas as práticas educacionais dos municípios de Igrejinha (RS) e Itaiçaba (CE). O Inep espera que as experiências sirvam de estímulo para gestores educacionais e sociedade. Os casos são selecionados a partir do banco de dados do instituto. A partir disso, uma equipe vai até o local para avaliar as ações educacionais. A revista será atualizada bimestralmente e distribuída por e-mail a gestores educacionais, comunidade escolar e demais interessados. A produção é da equipe da Assessoria de Comunicação Social do Inep e da equipe técnica do Laboratório de Experiências Inovadoras em Gestão Educacional da Diretoria de Estudos Educacionais (Dired).
Assessoria de Imprensa do Inep

Agência Senado
Aprovado projeto que cria Programa Federal de Educação de Qualidade
05/08/2009 - 11h50


Proposta que cria o Programa Federal de Educação Integral de Qualidade para Todos, a ser implantado em escolas estaduais, municipais e do Distrito Federal, foi aprovada nesta quarta-feira (5) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
De acordo com o projeto de lei (PLS 320/08), de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), as cidades escolhidas para a adoção do programa oferecerão horário integral em todas as suas escolas "e os meios para a modernização dos equipamentos pedagógicos e das edificações com qualidade para a implantação de um ambiente que facilite a educação de suas crianças e adultos".
O programa beneficiará pelo menos três milhões de alunos por ano e será implantado por cidades, sob a coordenação, supervisão, fiscalização e avaliação de resultados do Ministério da Educação, com a colaboração do Distrito Federal, do estado ou do município onde se situam as cidades escolhidas. O Ministério da Educação definirá os critérios para a escolha das cidades nas quais o programa será implantado a cada ano.
O projeto cria também a Carreira Nacional do Magistério da Educação de Base, das escolas públicas de educação de base, e estabelece que o plano de cargos e salários dessa carreira adotará o Plano de Carreira de Magistério do Ensino Básico do Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro. O ingresso na carreira nacional será feito por concurso público e as escolas participantes do programa serão administradas de forma descentralizada sob a coordenação de prefeitos e governadores.
Na justificação da proposta, Cristovam afirma que há, no país, uma convicção de que a educação precisa mudar. O parlamentar sustenta que, com a situação atual, não será possível dar um salto de qualidade no setor em todo o Brasil, que tem 48 milhões de alunos matriculados, 2,6 milhões de professores, 180 mil escolas. Por isso, propõe implantar a Carreira Nacional do Magistério e o Programa Federal de Educação Integral de Qualidade para Todos por conjunto de cidades.
Segundo Cristovam, "todas as escolas de ensino fundamental desses municípios escolhidos teriam: horário integral em todas as suas escolas, professores com salários elevados, com dedicação exclusiva, selecionados em concurso público federal, e com modernos equipamentos". O senador acrescenta que, assim, seria iniciado um processo que transformaria o país no prazo de alguns anos: "o Brasil seria outro, mais rico, mais civilizado, sem o muro do atraso nem o muro da desigualdade".
Em seu voto favorável à proposta, a relatora da matéria na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), senadora Serys Slhessarenko (PT-MT),afirma que o projeto "merece acolhida por seu alcance social e pelo grande mérito que encerra". Serys apresentou uma emenda à proposta para tornar o projeto autorizativo.
- Esse tipo de projeto é de competência do Poder Executivo. Portanto, não cabe ao Legislativo implantar o programa, mas apenas autorizá-lo - justificou a senadora pelo PT.
A proposta será ainda apreciada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), em decisão terminativa.
Valéria Castanho e Rita Nardelli - repórteres da Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

OFICIO DO SINTEP, AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Cuiaba MT 06 de agosto de 2009

Companheiros(as)!

Depois de vencida a etapa da longa caminhada de tramitação do PLS 507/2003 aprovado pelo plenário do Senado Federal no dia 15/07/2009, projeto de lei este que altera o artigo 61 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394/96),visando discriminar as categorias de trabalhadores que se devem considerar profissionais da educação, dentre essas os (as) funcionários (as) de escola devidamente profissionalizados, precisamos unir forças novamente para garantirmos a sanção na íntegra deste projeto de lei pelo Presidente da República. É de extrema importância a nossa mobilização, com especialidade DOS (AS) FUNCIONÁRIOS (AS) DE ESCOLA no sentido de enviar mensagens aos e-mails abaixo relacionados, ressaltando a importância da sanção deste projeto na busca de uma educação de qualidade social, uma vez que o reconhecimento legal deste segmento implica em qualificação destes trabalhadores da educação para o desempenho de suas funções no ambiente educativo da escola. Chamamos a atenção dos (as) companheiros (as) quanto a rumores sobre a possibilidade de veto em parte do projeto de lei que causaria prejuízos aos funcionários (as) de escolas.

Vamos a luta companheiros,
Nossa mobilização poderá ser decisiva!

e-mails: pr@planalto.gov.br gabinete@planalto.gov.br gabpr@planalto.gov.br
sg@planalto.gov.br
fax: 61 3411 - 2222

PARABÉNS!!!!!!!!PARA PROFESSORA DIRCE CARRIS




A AMIGA DIRCE CARRIS NOSSOS PARABÉNS E MUITO SUCESSOS.......
QUE SEUS SONHOS SE REALIZEM....
UM MEGA BEIJÃO DESTE BLOG

PARABÉNS!!!!!!!!PARA PROFESSORA EUDA


Uma das coisas mais importantes que possuímos é o dia de hoje,
mesmo que ele esteja exprimido entre o dia de ontem e
o de amanhã merece nossa total prioridade.
Lembre-se neste seu aniversário,
que você pode ser feliz hoje,
que nunca pode parar de perseguira felicidade e a paz de coração.
Não esqueça de que o amanhã não chegou
e já é muito tarde para ser feliz ontem,
então levante a cabeça,
mostre um grande sorriso de confiança e otimismo
e diga para dentro do seu coração
que você é capaz de realizar grandes projetos em sua vida.
Nós torcemos muito para que você encontre seu caminho
e que continue buscando incessantemente a sabedoria e sua harmonia interior.
Que possa ter serenidade,
para vencer os problemas e dificuldadese paciência para obter as respostas que procura.
Foi para ser feliz que Deus te colocou neste mundo,
acredite, que toda sua vida é obra dele e que a vida só vale a pena,
quando estamos rodeados de pessoas tão especiais como você.
De coração tenha um feliz aniversário...
De todas as coisas boas que aconteceram nas nossas vidas
ter sua amizade foi a melhor delas...
SÃO OS VOTOS DA DIREÇÃO, PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA MUNICIPAL 'ELZA MARTINS DE QUEIROZ OLIVEIRA"

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

CONSELHO DE REPRESENTANTES

OF 386/SGER/2009 Cuiabá MT, 31 de julho de 2009.



AS
SUBSEDES SINTEP/MT


Companheiras e Companheiros,

Dando continuidade às ações do sindicato e obedecendo às normas estatutárias, a Direção do SINTEP/MT convoca o primeiro Conselho de Representantes da nova direção, eleita no dia dia 19/06 e empossada no dia 29/06.

15 e 16/08/09 – CONSELHO DE REPRESENTANTE, COM A PAUTA:
· Informes gerais;
· Mobilização Redes Municipais e Estadual;
· Marcha pelo Piso e Implantação do IRRF;
· Concurso Público Rede Estadual
· Outros.

Lembramos a todas e a todos da importância da participação neste Conselho de Representantes.
Reafirmamos a todas e a todos as/os dirigentes, da necessidade de serem cumpridas as orientações e deliberações estatutárias no que diz respeito a realização das assembléias para escolha dos representantes ao CR, conforme documento anexo.

OBS: SOLICITAMOS DAS SUBSEDES QUE REALIZARAM ELEIÇÕES EM JUNHO DE 2009 E QUE JÁ TOMARAM POSSE, ENVIAR COM "URGÊNCIA" ATA DEVIDAMENTE REGISTRADA EM CARTÓRIO PARA A SEDE CENTRAL. LEMBRAMOS QUE NA ATA DEVERÁ CONSTAR OS NOMES, CARGOS, RG, CPF E ENDEREÇO COMPLETO DOS/AS ELEITOS/AS.

Saudações Sindicais,

CANCELADA A REUNIÃO DA COMISSÃO E ASSEMBLEIA GERAL




JUSTIFICATIVA


Em virtude do não processamento do lote da folha de pagamento. Não foi possível cumprir a agenda da reunião com a comissão do SINTEP.
Haja visto que até o momento 65 funcionários estão sem receber (porque não houve processamento do pagamento). Enquanto não pagar a folha por completa (na sua totalidade), não tem como haver o processamento do montante da folha. ficando assim o BANCO DO BRASIL impossibilitado de enviar o extrato da conta.




Fica marcada a reunião com a comissão na sexta-feira. (com horário e local a definir)

ASSEMBLEIA GERAL COM TODOS OS FUNCIONÁRIOS


ASSEMBLÉIA GERAL COM TODOS OS FUNCIONÁRIOS DA EDUCAÇÃO:


DATA - 06/08/09

LOCAL - SMEC (AUDITÓRIO)

HORÁRIO - 19 HS


PAUTA

EQUIPARAÇÃO SALARIAL

LOPEB

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

REUNIÃO DA COMISSÃO, COM A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO


REUNIÃO COM A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E COM A COMISSÃO


DIA - 05/08/09

LOCAL - SMEC

HORARIO - 19:00
PAUTA DA REUNIÃO
EQUIPARAÇÃO SALARIAL
LOPEB

REUNIÃO COM A COMISSÃO



REUNIÃO COM A COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO

DIA - 04/08/09

LOCAL - SMEC

HORÁRIO - 17:30 HS

AULA INAUGURAL DO PROINFANTIL

Domingo dia 02-08-09 aconteceu no CEFAPRO de Diamantino a aula inaugural do PROINFANTIL .
Com a presença da Coordenadora Estadual do Proinfantil Maria Terezinha Fin.
Diamantino como Pólo está sediando por uma semana professores de:
· São José do Rio Claro
· Nova Maringá
· Diamantino
· Rosário do Oeste
· Santa Rita do Trivelato


O Proinfantil é um curso em nível médio, a distância, na modalidade Normal. Destina-se aos professores da educação infantil em exercício nas creches e pré-escolas das redes públicas – municipais e estaduais – e da rede privada sem fins lucrativos – comunitárias, filantrópicas ou confessionais – conveniadas ou não.
O Proinfantil tem como objetivos:
· Valorizar o magistério;
· Oferecer condições de crescimento profissional e pessoal ao professor;
· Contribuir para a qualidade social da educação das crianças de zero a seis anos;
· Elevar o nível de conhecimento e da prática pedagógica dos docentes;
· Auxiliar estados e municípios a cumprirem a legislação vigente habilitando em Magistério para a Educação Infantil os professores no exercício da profissão.
Duração: 2 anos Carga horária: 3.200 horas distribuídas em quatro módulos semestrais de 800 horas cada.
O Professor ao fim do curso estará qualificado para:
· Dominar o instrumental necessário para o desempenho de suas funções de educar e cuidar das crianças;
· Compreender a instituição de educação infantil como espaço coletivo de educar e cuidar das crianças de zero a seis anos, em parceria com a família e a comunidade;
· Comprometer-se com o bem-estar e o desenvolvimento integral das crianças;
· Promover ações que assegurem um ambiente saudável e ecológico na instituição de educação infantil;
· Refletir sobre sua própria prática de modo a buscar a coerência entre o fazer pedagógico e as concepções teóricas;
· Desenvolver metodologias e estratégias de intervenção pedagógica adequadas às crianças, na perspectiva da indissocialbilidade entre educar e cuidar;
· Apropriar-se do conhecimento de teorias e pesquisas desenvolvidas na área da educação e do desenvolvimento de crianças de até seis anos;
· Dominar os princípios científicos e tecnológicos que sustentam a moderna produção de conhecimento da vida contemporânea.