terça-feira, 30 de novembro de 2010

NATAL 2010 - ESPALHE ESSA IDÉIA.


Que tal fazer algo diferente, este ano, no Natal? Sim ... Natal ... daqui a pouco ele chega .
Que tal ir a uma agência dos Correios e pegar uma das 17 milhões de cartinhas de crianças pobres e ser o Papai ou Mamãe Noel delas?
Há a informação de que tem pedidos inacreditáveis. Tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio para a avó...
É uma idéia. É só pegar a carta e entregar o presente numa agência do correio até dia 20 de Dezembro. O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.
Imagina uma criança pobre, recebendo o presente que pediu ao Papai Noel...
Na vida, a gente passa por 3 fases:


- a primeira, quando acreditamos no Papai Noel;


- a segunda, quando deixamos de acreditar e


- a terceira, quando nos tornamos Papai Noel

Oficina desenvolve habilidades a partir da observação e espírito crítico

Uma oficina de gêneros textuais realizada pela Escola Estadual Irmã Lucinda Facchini, em Diamantino, trabalhou com os estudantes dois tópicos envolvendo a preservação e os cuidados com a vida no planeta. A partir de um estudo sobre o Estado deram início a um trabalho envolvendo da Educação Ambiental e Geografia de Mato Grosso. Um segundo momento, os estudantes debateram a História de Mato Grosso e Educação das Relações Etnicorraciais.
Segundo a professora responsável pela atividade, Jacilda Pinho, os alunos perceberam a importância em preservar e cuidar do meio ambiente para a manutenção e respeito pela vida no planeta. Os estudos foram iniciados a partir da visão geográfica do Estado, até chegarem ao em torno da escola. “Eles fizeram reflexão sobre a conservação e cuidado com o município onde vivem”, disse.

Um dos exercícios praticados foi o de observação. Durante um mês, foram analisados os desperdícios da merenda escolar. O resultado dessa avaliação feita pelos estudantes foi exposto aos colegas e toda a comunidade escolar. Propostas para evitar o desperdício foram apresentadas resultando em sugestões para evitar o problema. Entre elas, reaproveitamento de alimentos, cuidados e manejo de canteiros de plantas ornamentais e hortaliças.

Um dos alunos participantes do trabalho, Victor Bruno Barth, acredita que a proposta das duas etapas ofereceu aos estudantes a oportunidade de conhecer a geografia do Estado, a vegetação (cerrado) e os impactos ambientais sobre a natureza e sobre o próprio homem. “As queimadas são impacto ambiental que prejudicam o ar e o solo, e as doenças causadas em virtude dela acabam prejudicando a saúde humana”, diz .
Na segunda fase do trabalho os estudantes puderam conhecer a cultura indígena, dentro da proposta de relações etnicorraciais e até mesmo comparar o modo de vida dos índios com o dos não índios. Em a História de Mato Grosso e Educação das Relações Etnicorraciais, os estudantes elencaram resultados da visita à aldeia Pareci em Tangará da Serra, onde deparam com as diferenças culturais, de hábitos e costumes. Victor Bruno destaca “lá, nós aprendemos sobre sua cultura e história, fazendo perguntas e vendo o modo de vida deles”.
A professora e idealizadora do projeto, Ivolina Razza confessa ”o trabalho é árduo mas o seu produto final é gratificante”. Os alunos ainda confeccionaram objetos da cozinha quilombola; apresentaram dança religiosa representando as diversas regiões do país envolvendo os diferentes segmentos religiosos.
Segundo a professora Jacilda, o projeto foi pensado na perspectiva do domínio, por parte do educando, do narrar, do relatar, do expor e do argumentar. “A escola deve ser concebida como uma referência sócio-comunicativa e de descobertas de competências e habilidades inerentes ao educando”, diz. (com a escola).

CANDIDATAS A MISS ALTO PARAGUAI

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

ESCOLA ELZA MARTINS LANÇA O NATAL SOLIDÁRIO

A Escola Municipal "Elza Martins Queiroz de Oliveira", lançou na manhã de hoje dia 24/11/2010, o PROJETO NATAL SOLIDÁRIO. Este projeto tem como objetivo arrecadar alimentos não perecíveis e doar a Comunidade do Bairro Pedregal. Os idealizadores do Projeto sãos os professores Odemar Mendes, Donata Glorinha e Joanil Vitor. O encerramento está programado para o dia 16/12/2010.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

CONVITE

Este Blogueiro foi convidado para ser Jurado da X GINCANA CULTURAL DA ESCOLA ESTADUAL 'PLÁCIDO DE CASTRO"
Agradeço a Direção a Coordenação pelo convite.

CLICK EM CIMA PARA AUMENTAR

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

ESCOLA PLÁCIDO DE CASTRO LANÇA SEU FOLHETIM


click em cima para aumentar

ESCOLA ELZA GANHA OS CONCURSOS DE PARÓDIAS DO 1° E 2° CICLOS


A Escola Municipal "Elza Martins Queiroz de Oliveira", foi a grande vencedora do Concurso de paródias realizada no X FEIRA DO CONHECIMENTO 2010.


CLICK EM CIMA PARA AUMENTAR

PREFEITO RECEBE O SINTEP

O prefeito Juviano Lincoln recebeu na manha de hoje dia 22/10, a Comissão de negociação do SINTEP. Os assuntos em pauta foram:


• 1/3 de férias (pagamento no mês de janeiro)


• LOPEB


• Jornada de trabalho de 30 horas para os professores detentores de 2 cadeiras.


• Publicação das Portarias pela SMEC, com participação do SINTEP na Comissão de Contagem de Pontos.

A próxima reunião ficou marcada para quinta-feira dia 25/11/2010 na SMEC, onde fechará os artigos pendentes da LOPEB. Haja visto que estão faltando somente quatro sessões da Câmara, e a provação da seria interessante aprovar ainda este ano, para que no ano de 2011, iniciasse com a LOPEB APROVADA.
O SINTEP, em momento nenhum parou com as negociações nos quase quatro meses em que o prefeito Erival Capistrano esteve frente ao Comando do município, as negociações ocorreram com 04 (quatro) reuniões, entre a equipe de governo e o sindicato.
O projeto de lei enviado a Câmara e aprovado já faziam parte das negociações realizadas com o prefeito anterior.
O SINTEP esclarece nosso partido é EDUCAÇÃO, e continuamos LIVRES DEMOCRÁTICOS E DE LUTA!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Consciência Negra

CULTURA AFRO BRASILEIRA

ENCONTREI MINHAS ORIGENS


Encontrei minhas origens



em velhos arquivos


....... livros


encontrei


em malditos objetos


troncos e grilhetas


encontrei minhas origens


no leste


no mar em imundos tumbeiros


encontrei


em doces palavras


...... cantos


em furiosos tambores


....... ritos


encontrei minhas origens


na cor de minha pele


nos lanhos de minha alma


em mim


em minha gente escura


em meus heróis altivos


encontrei


encontrei-as enfim


me encontrei






Oliveira Silveira

MISS ALTO PARAGUAI


A convite da 1ª Dama Cristina Moreira (primeira dama do municipio de Alto Paraguai), estaremos ajudando na organização do MISS ALTO PARAGUAI, que será realizado no dia 18 de dezembro no Ginásio de Esportes da cidade, com um super Baile.
O evento promete!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Estado vai convocar professores aprovados ainda em dezembro



A secretária estadual de Educação, Rosa Neide Sandes, garante que todos os 1,7 mil professores aprovados no concurso do governo estadual serão convocados ainda este ano. Segundo ela, a lista com o nome dos selecionados deve ser publicada no início de dezembro e a posse está agendada para ocorrer em janeiro.
A expectativa é que todos os novos professores estejam trabalhando no início do próximo ano letivo, em fevereiro. Além dos aprovados, os candidatos que tiveram uma boa classificação também terão chances de ser chamados. "Logo em seguida a convocação desses que passaram no concurso, vamos chamar os primeiros classificados para preencher possíveis vagas remanescentes", conta Sandes.
O concurso foi realizado em fevereiro, depois de ter sido cancelado em novembro do ano passado. Cerca de 270 mil candidatos já estavam realizando a prova quando os organizadores resolveram suspender a aplicação do exame por falta de logística. Além de faltar local para que todos pudessem fazer a prova, em alguns lugares os testes não chegaram a tempo. Também houveram casos de, por equívoco dos fiscais, candidatos que faziam a prova durante a manhã tiveram acesso aos cadernos que deveriam ser aplicados à tarde.

http://www.rdnews.com.br/

REUNIÃO

FRASE DO DIA


Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os



mesmos que nos trazem algo que aprendemos a amar.


Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado, e


sim aprender a amar o que nos foi dado. Pois tudo aquilo


que é realmente nosso nunca se vai para sempre.......


Por isso, tenha o coração tranqüilo, a alma leve, a mente


em paz, e a fé inabalável em Jesus. Não se descuide, dê


sempre o melhor de ti, CRENDO que Jesus esta no con-


trole da nossa vida e que ele sempre tem o melhor para


nós.

O que será?

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

coletânea de Notícias

Entrevia
Sintep/MT participa de Semana de Democratização da Comunicação da UFMT
12.11.2010
Promover a reflexão sobre a mídia e como deverão agir os futuros comunicadores. Esse foi um dos objetivos da Semana de Democratização da Comunicação realizado nesta semana pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O evento contou com a participação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT).
Sob o tema "O papel do comunicador na sociedade contemporânea", o sindicato contribuiu com as discussões na mesa "Educação e Comunicação" com o secretário Executivo do Sintep/MT, Fran Frasseto. Na ocasião, o sindicalista colocou em questão a importância de existir, de fato, comunicação entre o Estado e família; dentro da família; da família com a escola; dentro da escola (coordenações, professores, alunos), para que a educação se desenvolva de forma mais efetiva e com qualidade. "É preciso pensar em educar para a comunicação, e não apenas a comunicação para a educação", disse. Frasseto ainda ressaltou a importância das novas mídias, incluindo a necessidade de saber utilizá-las em sala de aula. "O avanço tecnológico pode ajudar sobremaneira no exercício da Educação desde que o corpo docente seja instrumentalizado para isso", ponderou.
O evento ainda contou com mesas de diálogo que trataram os temas "O que é democratização da comunicação", "Conselhos de Comunicação Social", "Comunicação alternativa, popular e comunitária", "Democratização do Audiovisual e Produção Independente", "O tratamento da mídia sobre Homossexuais, Crianças e Idosos, Mulheres, Movimentos e Organizações Sociais, Movimento Estudantil, Ciganos, Índios, Negros e Periferias", "Qualidade de formação, o mercado e a sociedade" e "Retomada do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação". Outro assunto abordado foi o retorno da discussão da implantação do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação (FEDC-MT), que está parado há um ano, e ainda a criação de um novo grupo para dialogar sobre o assunto.
Realizada pela Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação e pelo Coletivo Juntos Somos Fortes, que a representa em Mato Grosso, o evento tem apoio da UFMT e do Centro Acadêmico de Comunicação Social, gestão "Nós também queremos". Estudantes de comunicação da UFMT e de outras universidades, além de interessados em geral, participaram do evento realizado no Instituto de Linguagens (IL) da UFMT.
Fonte: Pau e Prosa Comunicação


Encontro propõe mobilizações para Dia Mundial de Luta contra a Aids
12.11.2010

Profissionais da Educação estão reunidos no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, hoje (12), no Encontro para Mobilização do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1° de dezembro. O objetivo é mobilizar o maior número de trabalhadores de Cuiabá e Várzea Grande para realizar diversas ações nas escolas. Os participantes analisaram a estrutura e os materiais de divulgação do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), conduzido pelo governo federal. Eles apresentaram sugestões de mobilizações para as escolas. “O mais importante é sensibilizar adolescentes e jovens para a importância da prevenção e promoção da saúde. As ações são importantes, mas precisam ser constantes e fazerem parte do cotidiano escolar”, ressaltou o secretário de Políticas Educacionais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Henrique Lopes. Em 2010, o SPE deu um passo importante ao substituir o Guia do Professor pelo Guia do Adolescente e do Jovem. “A melhor forma de trabalhar os temas relacionados às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) é por meio da educação entre pares, ou seja, jovens falando para jovens”, explicou o sindicalista. Mas o encontro também conta com uma oficina aos profissionais da Educação sobre a forma como o assunto deve ser abordado. “Os educadores precisam estar preparados porque a Aids é uma realidade e a escola não pode fechar os olhos para isso”, acrescentou. Além de Henrique Lopes, o Sintep/MT foi representado no evento pela vice-presidente, Jocilene Barbosa. A iniciativa é do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), do Sintep/MT, Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), e Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT). Também participaram do encontro, representantes do Serviço Social do Comércio de Mato Grosso (Sesc-MT) e da Ong Livre-mente.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

O Documento

Sintep/MT participa de Semana de Democratização da Comunicação da UFMT
12.11.2010 - 14:25.
Da Assessoria

Promover a reflexão sobre a mídia e como deverão agir os futuros comunicadores. Esse foi um dos objetivos da Semana de Democratização da Comunicação realizado nesta semana pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O evento contou com a participação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT).
Sob o tema “O papel do comunicador na sociedade contemporânea”, o sindicato contribuiu com as discussões na mesa “Educação e Comunicação” com o secretário Executivo do Sintep/MT, Fran Frasseto. Na ocasião, o sindicalista colocou em questão a importância de existir, de fato, comunicação entre o Estado e família; dentro da família; da família com a escola; dentro da escola (coordenações, professores, alunos), para que a educação se desenvolva de forma mais efetiva e com qualidade. ”É preciso pensar em educar para a comunicação, e não apenas a comunicação para a educação”, disse. Frasseto ainda ressaltou a importância das novas mídias, incluindo a necessidade de saber utilizá-las em sala de aula. “O avanço tecnológico pode ajudar sobremaneira no exercício da Educação desde que o corpo docente seja instrumentalizado para isso”, ponderou.
O evento ainda contou com mesas de diálogo que trataram os temas “O que é democratização da comunicação”, “Conselhos de Comunicação Social”, “Comunicação alternativa, popular e comunitária”, “Democratização do Audiovisual e Produção Independente”, “O tratamento da mídia sobre Homossexuais, Crianças e Idosos, Mulheres, Movimentos e Organizações Sociais, Movimento Estudantil, Ciganos, Índios, Negros e Periferias”, “Qualidade de formação, o mercado e a sociedade” e “Retomada do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação”. Outro assunto abordado foi o retorno da discussão da implantação do Fórum Estadual de Democratização da Comunicação (FEDC-MT), que está parado há um ano, e ainda a criação de um novo grupo para dialogar sobre o assunto.
Realizada pela Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação e pelo Coletivo Juntos Somos Fortes, que a representa em Mato Grosso, o evento tem apoio da UFMT e do Centro Acadêmico de Comunicação Social, gestão "Nós também queremos". Estudantes de comunicação da UFMT e de outras universidades, além de interessados em geral, participaram do evento realizado no Instituto de Linguagens (IL) da UFMT.


Formação na Seduc aborda Déficit Intelectual
12.11.2010 - 14h58
Da Redação

O Núcleo de Apoio Pedagógico à Deficiência Intelectual (NAPDI), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), promove na próxima semana - 16 a 19.11 -, curso de formação para profissionais das áreas de Educação e Saúde. O núcleo realizará a segunda etapa do curso sobre Déficit Intelectual, no Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial de Mato Grosso (Casies).
Conforme a coordenadora do núcleo, Deglene Brito dos Santos, participarão do curso 70 profissionais, entre professores da Rede Pública (Estadual e Municipal) e de escolas privadas e filantrópicas. Também, alunos e profissionais da área de saúde, entre psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais.
O curso tem como convidados e parceiros, para o curso de formação, a neuropsiquiatra Juliane Sauter Dalbem, do Hospital Geral Universitário e o professor mestre José Olímpio dos Santos, do Instituto de Educação Superior do Vale do Juruena. Também participam os profissionais formadores do Casies. Dentre os temas a serem abordados, verdades e mitos sobre o déficit intelectual e os procedimentos da escola em relação ao problema.
O NAPDI tem por objetivo qualificar profissionais para uma prática pedagógica de qualidade, efetivando a educação inclusiva para todos os alunos com deficiência intelectual no ensino regular. Ele integra o Casies, que, por sua vez, é composto ainda por outros núcleos: Centro de Apoio ao Deficiente Visual (CAP); Centro de Formação e Apoio Pedagógico ao Deficiente Auditivo (CAS), Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAHS) e o Núcleo de Apoio Pedagógico aos Transtornos de Aprendizagem (NAPTA).


O Casies funciona na rua dos Crisântemos, 16, no Bairro Jardim Cuiabá, na Capital.
Programação

- 16.11 - Deficiência Intelectual: Definições, Etiologia, QI, Classificação do CID 10 e DSM IV, Epilepsias e TDAH (Neuropsiquiatria Juliane Sauter Dalbem)
- 17.11 - Déficit Intelectual: Fatores Sociais e Mitos (Ângela Alves – Psicóloga e Mauri Costa – Psicanalista – profissionais do Casies)
- 18.11 - Bases neurais: processos e formações do pensamento (Professor Ms. José Olímpio dos Santos)
- 19.11 - Procedimentos da escola em relação ao Déficit Intelectual: Adaptações curriculares, acompanhamento, ritmo de aprendizagem e avaliações pedagógicas (Professora especialista Adilene de Assunção e Professora especialista Deglene Brito dos Santos – Casies)


Deficiências atingem 14,5% da população
Segundo o IBGE, cerca de 14,5% da população no Brasil são pessoas que apresentam algum tipo de deficiência, equivalente a aproximadamente, 24,6 milhões de pessoas. Desse total, 48% são pessoas com deficiência visual, 22,9% com deficiência motora, 16,7% com deficiência auditiva, 4,1% com deficiência física e 8,3% com deficiência Intelectual.
A Deficiência Intelectual subentende ao funcionamento intelectual inferior à média (QI), associado a limitações adaptativas em pelo menos duas áreas de habilidades, com início antes dos 18 anos (comunicação, cuidado pessoal, adaptação social, habilidades acadêmicas, lazer e trabalho, vida no lar, saúde e segurança e uso de recursos da comunidade).
24 Horas News
Encontro propõe mobilizações para Dia Mundial de Luta contra a Aids
12.11/2010 - 16h25

Profissionais da Educação estão reunidos no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, hoje (12), no Encontro para Mobilização do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1° de dezembro. O objetivo é mobilizar o maior número de trabalhadores de Cuiabá e Várzea Grande para realizar diversas ações nas escolas.
Os participantes analisaram a estrutura e os materiais de divulgação do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), conduzido pelo governo federal. Eles apresentaram sugestões de mobilizações para as escolas. “O mais importante é sensibilizar adolescentes e jovens para a importância da prevenção e promoção da saúde. As ações são importantes, mas precisam ser constantes e fazerem parte do cotidiano escolar”, ressaltou o secretário de Políticas Educacionais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Henrique Lopes.
Em 2010, o SPE deu um passo importante ao substituir o Guia do Professor pelo Guia do Adolescente e do Jovem. “A melhor forma de trabalhar os temas relacionados às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) é por meio da educação entre pares, ou seja, jovens falando para jovens”, explicou o sindicalista. Mas o encontro também conta com uma oficina aos profissionais da Educação sobre a forma como o assunto deve ser abordado. “Os educadores precisam estar preparados porque a Aids é uma realidade e a escola não pode fechar os olhos para isso”, acrescentou.
Além de Henrique Lopes, o Sintep/MT foi representado no evento pela vice-presidente, Jocilene Barbosa. A iniciativa é do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), do Sintep/MT, Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), e Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT). Também participaram do encontro, representantes do Serviço Social do Comércio de Mato Grosso (Sesc-MT) e da Ong Livre-mente.


Tô Sabendo.com

Encontro propõe mobilizações para Dia Mundial de Luta contra a Aids
12.11.2010

Profissionais da Educação estão reunidos no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, hoje (12), no Encontro para Mobilização do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1° de dezembro. O objetivo é mobilizar o maior número de trabalhadores de Cuiabá e Várzea Grande para realizar diversas ações nas escolas.
Os participantes analisaram a estrutura e os materiais de divulgação do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), conduzido pelo governo federal. Eles apresentaram sugestões de mobilizações para as escolas. “O mais importante é sensibilizar adolescentes e jovens para a importância da prevenção e promoção da saúde. As ações são importantes, mas precisam ser constantes e fazerem parte do cotidiano escolar”, ressaltou o secretário de Políticas Educacionais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Henrique Lopes.
Em 2010, o SPE deu um passo importante ao substituir o Guia do Professor pelo Guia do Adolescente e do Jovem. “A melhor forma de trabalhar os temas relacionados às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) é por meio da educação entre pares, ou seja, jovens falando para jovens”, explicou o sindicalista. Mas o encontro também conta com uma oficina aos profissionais da Educação sobre a forma como o assunto deve ser abordado. “Os educadores precisam estar preparados porque a Aids é uma realidade e a escola não pode fechar os olhos para isso”, acrescentou.
Além de Henrique Lopes, o Sintep/MT foi representado no evento pela vice-presidente, Jocilene Barbosa. A iniciativa é do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), do Sintep/MT, Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), e Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT). Também participaram do encontro, representantes do Serviço Social do Comércio de Mato Grosso (Sesc-MT) e da Ong Livre-mente.
Folha do Trabalhador

Encontro propõe mobilizações para Dia Mundial de Luta contra a Aids
12.11.2010 - 16h02
Da Redação
Profissionais da Educação estão reunidos no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, hoje (12), no Encontro para Mobilização do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1° de dezembro. O objetivo é mobilizar o maior número de trabalhadores de Cuiabá e Várzea Grande para realizar diversas ações nas escolas.
Os participantes analisaram a estrutura e os materiais de divulgação do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), conduzido pelo governo federal. Eles apresentaram sugestões de mobilizações para as escolas. “O mais importante é sensibilizar adolescentes e jovens para a importância da prevenção e promoção da saúde. As ações são importantes, mas precisam ser constantes e fazerem parte do cotidiano escolar”, ressaltou o secretário de Políticas Educacionais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Henrique Lopes.
Em 2010, o SPE deu um passo importante ao substituir o Guia do Professor pelo Guia do Adolescente e do Jovem. “A melhor forma de trabalhar os temas relacionados às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) é por meio da educação entre pares, ou seja, jovens falando para jovens”, explicou o sindicalista. Mas o encontro também conta com uma oficina aos profissionais da Educação sobre a forma como o assunto deve ser abordado. “Os educadores precisam estar preparados porque a Aids é uma realidade e a escola não pode fechar os olhos para isso”, acrescentou.
Além de Henrique Lopes, o Sintep/MT foi representado no evento pela vice-presidente, Jocilene Barbosa. A iniciativa é do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), do Sintep/MT, Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), e Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT). Também participaram do encontro, representantes do Serviço Social do Comércio de Mato Grosso (Sesc-MT) e da Ong Livre-mente.
Fonte: Assessoria


Mídia News

Ministério diz que Zoneamento pode prejudicar
16.11.10
08h29

ISA SOUSA
DA REDAÇÃO

A decisão do governador Silval Barbosa (PMDB) de sancionar ou vetar o Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE) de Mato Grosso será a prerrogativa essencial para definir o papel do Estado nas políticas ambientais e, por consequência, na economia.
Para o diretor de Zoneamento Territorial do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Roberto Vizentin, caso o texto seja aprovado da forma que está, é possível que encontre barreiras na esfera federal e também não seja aprovado pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), o que pode prejudicar, por exemplo, na exportação de commodities, grande matriz de desenvolvimento e crescimento.
Aprovado pela Assembleia Legislativa, no dia 25 de outubro, por 18 votos a um, sendo o deputado Ságuas Moraes (PT) o único contrário, o Zoneamento causou polêmica ao alterar o texto final quase de "última hora".
"O projeto foi baseado em estudos técnicos que levaram 20 anos e U$ 30 milhões. Esse primeiro era embasado e consistente, por isso mesmo das audiências públicas realizadas nos municípios do estado, é claro que, naturalmente, precisava sofrer alterações, já que o Estado é muito dinâmico. Estava indo tudo bem, até o substitutivo número 2 e, em seguida, o substitutivo 3", analisou.
O Zoneamento inicial, elaborado pelo então governador Blairo Maggi (PR), englobava diversas áreas numa categoria de uso mais restrito, com medidas de proteção ambiental, a categoria 2, que exigia mais cuidados para determinados tipos de atividades. Na alteração, áreas que eram tidas como categoria 2, passaram a ser categoria 1, tidas como "consolidadas".
"Supostamente ao enquadrar uma área ou município na categoria 1, haveria menos restrições para o uso dessas propriedades, porém essa medida pode ter sido um tiro no pé. Já que como categoria 2 os produtores poderiam diminuir o passivo (dívida) ambiental, porque aumentariam a reserva legal", disse.
Outro ponto, avaliado por Vizentin como negativo, é a relação de Mato Grosso no mercado internacional. "Hoje cada vez mais para se conquistar mercados, sobretudo na esfera internacional, tem que ter uma compatibilização socioambiental, com legislação trabalhista e ambiental regularizada. Sem o aval do Conama neste Zoneamento, Mato Grosso encontrará certamente dificuldades".
Para o diretor, a solução do Estado, que em sua avaliação é importante para o país, com uma produção dinâmica na área agrícola e pecuária, e com papel estratégico na balança comercial, é chegar a um consenso entre poderes Executivo e Legislativo para reformular um Zoneamento que não beneficie um grupo em detrimento de outros.
Outro lado

Ao MídiaNews o presidente da Comissão Especial do Zoneamento, montada para acompanhar os estudos técnicos e as audiências públicas que foram promovidas, deputado estadual Dilceu Dal'Bosco (DEM), ponderou que o Zoneamento aprovado pela Assembleia condiz com a realidade e com o futuro de Mato Grosso.
Para o parlamentar, o projeto garante melhoria da qualidade de vida em busca do desenvolvimento sustentável, fato comprovado pela participação de segmentos tão diferentes como os pecuaristas, indígenas e agricultores familiares nas audiências públicas.
"Posso garantir que o Zoneamento atende a maioria dos pleitos que foram solicitados. Além disso, tempo não quer dizer qualidade. É até um absurdo um estudo ter levado 20 anos, passado por tantos Governos. Nós levamos o tempo necessário para fazer as adequações que eram necessárias, todas dentro da lei", revelou.
Pedido de veto

Em repúdio ao substitutivo 3 do Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE) aprovado pela Assembleia Legislativa, uma comissão formada por representantes de 27 de organizações ambientalistas ou que apóiam a causa protocolaram na última quarta-feira (10), no Gabinete do Governador, um pedido de veto do documento na forma que está, para que Silval Barbosa (PMDB) possa avaliar.
No manifesto, o projeto é apelidado pelo grupo de "substitutivo ruralista". De acordo com a pós-doutora da Universidade Federal de Mato Grosso, Michele Sato, o substitutivo 3 reforça grupos econômicos, que prejudicam a si mesmos.
"Eles mesmos serão vítimas, já que a economia internacional poderá desprezar produtos oriundos de ordenamento territorial inconsequente, sem nenhum cuidado ambiental", disse.
Entre os participantes do manifesto estão o Grupo de Estudos em Educação e Gestão Ambiental, da Unemat; Grupo Pesquisador em Educação Ambiental (GPEA), da UFMT; Rede Mato-Grossense de Educação Ambiental (REMTEA) e Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (SINTEP)
A Gazeta

Enem deve ser feito em 6 estados
14.11.2010
Amanda Cieglinski
Brasília-ABr
Com a queda da liminar que tinha suspendido o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação começa, agora, a organizar a reaplicação das provas para os candidatos prejudicados pelo problema nos 21 mil cadernos de prova amarelos que apresentaram erro de montagem e não continham todas as 90 questões.
Inicialmente, o MEC estimou que 10% dos 3,3 milhões de alunos que se submeteram às provas no último fim de semana não teriam conseguido trocar os cadernos com problemas. Mas os dados levantados até agora mostram que o número é bem menor. Até o momento, menos de 200 ocorrências foram identificadas, em seis estados: Minas Gerais, Distrito Federal, Pernambuco, Sergipe, Paraná e Santa Catarina.
O levantamento desses estudantes que terão direito a refazer as provas de ciências da natureza e humanas, aplicadas no último dia 6, está sendo feito a partir das atas das 128 mil salas de prova. Esse documento é utilizado pelos fiscais para relatar qualquer problema que tenha ocorrido durante a aplicação. Só vai poder refazer a prova aqueles participantes que tinham o caderno com erro, relataram o defeito ao fiscal e não puderam trocar o material.
Como ainda não está definido o total de estudantes que participarão da reaplicação do Enem, ainda não está marcada a data da prova. Mas o MEC trabalha com a possibilidade de realizá-la no dia 4 de dezembro. Como apenas os cadernos do sábado apresentaram o defeito, só será necessário um dia para aplicar o exame aos prejudicados.
O Ministério da Educação (MEC) já disponibilizou na sexta-feira os gabaritos das provas. A divulgação tinha sido impedida por uma liminar que suspendeu a avaliação, mas o dispositivo foi derrubado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Justiça garante exame
13.11.2010
Paula Laboissière
Brasília-ABr

O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, derrubou a liminar que suspendia o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O magistrado atendeu a um pedido feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Na decisão, ele ressaltou que a suspensão de um certame envolvendo mais de 3 milhões de estudantes traria transtornos aos organizadores e aos candidatos de todo o Brasil.
Faria lembrou que a alteração do cronograma do Enem em razão da suspensão iria repercutir na realização dos vestibulares promovidos por instituições de ensino superior, uma vez que muitas utilizam as notas do exame para classificar candidatos. Por fim, o desembargador destacou a possibilidade de elevado prejuízo no valor de R$ 180 milhões aos cofres públicos, decorrente da contratação da logística necessária para a realização de novas provas.
O Enem havia sido suspenso na última segunda-feira, em todo o país, depois de uma decisão da Justiça Federal do Ceará. A juíza Karla de Almeida Miranda Maia avaliou que a realização de uma nova prova apenas para candidatos que se consideram prejudicados poderia beneficiar o grupo de estudantes. Também haviam sido suspensas a divulgação do gabarito e a criação de um site, por parte do Ministério da Educação, para receber reclamações de candidatos.
O ministro da Educação, Fernando Haddad, ainda não anunciou uma nova data para a reaplicação da prova amarela do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aos estudantes que foram prejudicados com problemas gráficos. Mas garantiu que não haverá conflito da nova data com outros vestibulares. Nenhum estudante, segundo ele, será prejudicado.
Haddad deu entrevista na sede do Tribunal Federal Regional (TRF), da 5ª Região, no Recife, cujo presidente, desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, cancelou a decisão da juíza da 7ª Vara Federal do Ceara, que havia suspendido o exame em caráter liminar.
O ministro afirmou que a preocupação agora será identificar de forma minuciosa os estudantes prejudicados que se submeterão à nova prova. "Vamos ter de fazer leitura eletrônica de todas as atas de 113 mil locais, um trabalho difícil, minucioso que já se iniciou para podermos identificá-los e reaplicar", afirmou.

Olhar Direto

MEC coloca no ar site para correção diferenciada da prova do Enem 2010
14.11.2010 - 09:14

Terra

Já está disponível no site http://sistemasenem2.inep.gov.br/correcaoprova/, do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o módulo para que os estudantes que tenham sido prejudicados por erros na folha de respostas possam solicitar a correção invertida do gabarito.
No primeiro dia do exame, a folha em que os estudantes marcaram as respostas das questões estava com o cabeçalho das duas provas trocado - a primeira metade das questões era de ciências humanas e o restante, de ciências da natureza, mas na folha de marcação as questões estavam identificadas de forma invertida. O Ministério da Educação (MEC) diz que alertou os fiscais de sala para que orientassem os alunos a seguirem a ordem numérica. Quem foi mal orientado e trocou a ordem do preenchimento poderá fazer o requerimento para a correção invertida.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje os gabaritos oficiais das provas do Enem. A liberação ocorreu após a suspensão da decisão da juíza federal da 7ª Vara do Ceará, que impossibilitava o prosseguimento do Exame, pelo presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, Desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, nesta sexta-feira.
O presidente do TRF afirmou que a suspensão envolvendo mais de 3 milhões de estudantes traria transtornos aos organizadores e candidatos em todo o Brasil e que a alteração do cronograma prejudicaria diversas instituições de ensino superior que utilizam as notas do Enem em seus vestibulares. Ainda destacou a possibilidade de um alto prejuízo, da ordem de R$ 180 milhões, decorrente da decisão da Justiça Federal do Ceará.

Nova prova

O Ministério da Educação calcula que, até o momento, cerca de 200 estudantes deverão refazer as provas do Enem por causa dos erros de impressão nos cadernos de prova amarelos. Os dados foram apresentados pelo ministro Fernando Haddad ao presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Augusto Chagas, e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Yann Evanovick, em audiência na tarde de quinta-feira.
As entidades defendem, entretanto, que todos os alunos que tenham se sentido prejudicados pelos erros na aplicação do Enem tenham a chance de fazer as provas novamente em caráter opcional. Segundo Chagas, essa possibilidade foi descartada pelo ministro, porque poderia atrasar o calendário das 83 instituições de ensino superior que usam a nota da prova como critério de seleção.

MEC

Undime apoia políticas públicas do Ministério da Educação
12.11. 2010 - 16:46

A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) enviou nesta sexta-feira, 12, carta ao ministro da Educação, Fernando Haddad, em que manifesta apoio às atuais políticas públicas implementadas pelo Ministério da Educação.
Os problemas surgidos na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), diz a entidade, foram de ordem operacional e não podem macular a importância conceitual do exame no processo de democratização do acesso ao ensino superior.

Assessoria de Comunicação Social

ATENÇÃO

Abertas as inscrições para Primeira e Segunda Licenciatura para professores da rede pública. As mesmas podem ser realizadas na PLATAFORMA FREIRE (HTTP://freire.mec.gov.br/) até o dia 30 de novembro. Estas inscrições são referentes aos cursos oferecidos pela UAB para o segundo semestre de 2011 e irão acontecer nas férias de julho e janeiro na modalidade presencial nas cidades indicadas em anexo. Informamos ainda que esta oferta não é a mesma que foi lançada em agosto, cuja previsão de início é janeiro de 2011.




O cronograma a seguir é o seguinte:

05 de novembro de 2010:
_ Abertura de pré-inscrições na Plataforma Freire;
_ Será permitida apenas uma pré-inscrição em curso ao professor, desde que cadastrado no Educacenso
2009 e na Plataforma Freire.
30 de novembro de 2010:
_ Encerramento de pré-inscrições pelos professores.

Quadro de vagas para Mato Grosso:



CLICK EM CMA PARA AUMENTAR

OBSERVAÇÕES: Para maiores informações entrar em contato com Mirta (mirta.kehler@seduc.mt.gov.br) ou Tiana (tiana.menezes@seduc.mt.gov.br) pelo email ou nos telefones da SUFP: (65) 3613-6319 ou (65) 3613-6440. As inscrições devem ser feitas pelo interessado no site da Plataforma.




Em breve postaremos informações sobre cursos a distância.

Norah Jones

O BLOG TÁ BOMBANDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Os acessos a este blog é em média 100 a 120 por dia. Ontem por causa da materia da CARTA CAPITAL, os acessos pularam para mais de 600 visitas.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

TESTE



Se vc for inteligente responda



*Como se escreve zero em algarismos romanos???



* Por que os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo??



* Por que os filmes de batalha espaciais tem explosões tão barulhentas, se o som não se propaga no vácuo???



* Se depois do banho estamos limpos porque lavamos a toalha???



* Como é que a gente sabe que a carne de chester é de chester se nunca ninguém viu um chester??? (vc já viu um chester? )


* Por que quando aparece no computador a frase 'Teclado Não Instalado', o fabricante pede p/ apertar qualquer tecla???



* Se os homens são todos iguais, por que as mulheres escolhem tanto???



* Por que a palavra 'Grande' é menor do que a palavra Pequeno'???



* Por que 'Separado' se escreve tudo junto e 'Tudo junto' se escreve separado???



* Se o vinho é líquido, como pode existir vinho seco???



* Por que as luas dos outros planetas tem nome, mas a nossa é chamada só de lua???



* Por que quando a gente liga p/ um número errado nunca dá ocupado???



* Por que as pessoas apertam o controle remoto com mais força, quando a pilha está fraca???



* O instituto que emite os certificados de qualidade ISO 9002, tem qualidade certificada por quem???



* Quando inventaram o relógio, como sabiam que horas eram, para poder acertá-lo???

 
* Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola???



*Como foi que a placa 'É Proibido Pisar na Grama' foi colocada lá???



* Por que quando alguém nos pede que ajudemos a procurar um objeto perdido, temos a mania de perguntar: 'Onde foi que você perdeu?'



* Por que tem gente que acorda os outros para perguntar se estavam dormindo???



* Se o Pato Donald não usa calças, por que ele amarra uma toalha na cintura quando sai do banho???


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Ex-tucano que virou governista cobra espaço na administração

O ex-presidente do PSDB de Diamantino, Valdinei Teodoro, que foi uma das primeiras lideranças a abandonar o projeto tucano em favor da campanha do governador reeleito, Silval Barbosa (PMDB), agora espera ocupar um cargo na administração do peemedebista. Ele ressalta que desistiu de sua candidatura a deputado estadual e até se desfiliou do partido depois de uma conversa com o governador, que lhe garantiu espaço em sua gestão.
Candidato a prefeito por duas vezes, Teodoro disse que se viu frustrado com o projeto de seu partido, que tinha como candidato ao Governo o ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB). “Quando disputei a prefeitura pela primeira vez em 2004, lançado pelo governador Dante de Oliveira, ele (Wilson) era deputado federal e veio aqui na cidade fazer campanha contra mim”, ressalta.
Diante da situação, Teodoro conta que iniciou as conversas como deputado estadual reeleito Mauro Savi (PR), que o levou ao gabinete de Silval, ressaltando que a liderança representava um caso à parte por ser a primeira da oposição a apoiar o projeto do peemedebista. Durante o encontro, o governador teria lhe garantido espaço em sua administração. “Ele me disse que era um homem de compromisso e afirmou que eu teria espaço no grupo. Disse também que eu tenho perfil e posso contribuir com a gestão”, ressaltou Teodoro, lembrando que Silval lhe pediu que integrasse o projeto desde as candituras para presidência da República até as de deputado estadual.
Otimista depois da conversa, Teodoro, que era filiado ao PSDB há oito anos, não titubeou em abandonar o partido para apoiar o peemedebista, inclusive assumindo a coordenação de campanha do grupo no município. Agora, ele aguarda a convocação para integrar o staff. Para definir sua posição, o ex-tucano se reúne com Savi na próxima quarta (17).
Terceiro colocado na eleição para a Prefeitura de Diamantino em 2008, com 1.061 votos, Teodoro disse que era indicado pelos próprios eleitores do município ao desafio de representar a região Médio-Norte na Assembleia. “Não tivemos nenhum deputado eleito na nossa região. Talvez, se eu tivesse concorrido, poderia ter ganhado a eleição, mas como desisti, espero desempenhar esse papel no Executivo”, disse.
Teodoro é agro-empresário e, apesar de ter concorrido à prefeitura por duas vezes, nunca ocupou cargo eletivo em Diamantino. Contudo, acumula experiência no Legislativo, tendo sido vereador por Centenário do Sul, no Paraná, eleito em 1.992, onde também ocupou o cargo de assessor de Planejamento da prefeitura.

fonte - http://www.rdnews.com.br/

O BLOG DO PROF. FUMAÇA ESTÁ NO AR!!!


DIAMANTINO NA MÍDIA NACIONAL

A REVISTA CARTA CAPITAL  Nº 622 APARTIR DA PAGINA 30, PUBLICA 4 PAGINAS, REFERENTE A ALTERNANCIA DE PODER AQUI EM DIAMANTINO.





CLICK EM CIMA PARA AUMENTAR

fonte - Revista CARTA CAPITAL - http://www.cartacapital.com.br/

A PARADINHA, QUE A VIRGULA OBRIGA NA LEITURA, MUDA REALMENTE TODO O SENTIDO DO TEXTO.......



Sobre a Vírgula

Muito legal a campanha dos 100 anos da ABI

(Associação Brasileira de Imprensa).

Vírgula pode ser uma pausa... ou não.

Não, espere.

Não espere..

Ela pode sumir com seu dinheiro.

23,4.

2,34.

Pode criar heróis..

Isso só, ele resolve.

Isso só ele resolve.

Ela pode ser a solução.

Vamos perder, nada foi resolvido.

Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.

Não queremos saber.

Não, queremos saber.

A vírgula pode condenar ou salvar.

Não tenha clemência!

Não, tenha clemência!

Uma vírgula muda tudo.

ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.
Detalhes Adicionais:

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.


* Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...

* Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM...

boa,boa,boa!!!!!!!!!!!!!!!!



INFORMAÇÕES IMPORTANTES



IMPORTANTE :

1. Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila.

O cartório eletrônico, já está no ar! www.cartorio24horas.com.br. Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.

Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.
Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.

2. DIVULGUE. É IMPORTANTE: AUXÍLIO À LISTA

Telefone 102... não!

Agora é: 08002800102

Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são

importantes...

NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.

SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO

3. Importante: Documentos roubados - BO (boletim de occorrência) dá gratuidade - Lei 3.051/98 - VOCÊ SABIA???


Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:

Habilitação (R$ 42,97);

Identidade (R$ 32,65);

Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)

Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP.

4. MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia


No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.



Código de Trânsito Brasileiro

Art. 267 - Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa.





FRASE DO DIA

<><><>


Não caminhe atrás de mim, que eu possa não liderar. Não caminhe na minha frente, que eu possa não seguir. Simplesmente caminhe ao meu lado e seja meu amigo.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Gabarito do Enem será divulgado nesta terça-feira


Presidente do Inep disse que provas chegarão ao instituto nesta segunda.
Exame é uma das principais formas de acesso às universidades federais.

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) só será divulgado nesta terça-feira (9). A medida, segundo a assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), já era prevista no edital do exame, divulgado no início deste ano. Em 2009, o gabarito oficial do Enem foi divulgado na noite da aplicação da última prova.
O presidente do Inep, Joaquim José Soares Neto, disse ao G1 na última sexta-feira (5) que, por segurança, as provas chegarão ao instituto somente nesta segunda-feira (8) para fechamento do gabarito e que nenhuma pessoa teria acesso aos resultados antes ou no dia das provas.
Desde o ano passado, o Enem se tornou uma das principais formas de acesso às universidades públicas. Segundo levantamento do MEC, divulgado em agosto, ao menos 59 universidades federais usarão a nota do Enem de 2010 em seus processos seletivos. Parte delas com seleção pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), para qual as inscrições devem começar em 20 de janeiro de 2011.
Pelo SiSU, devem ser abertas 80 mil vagas em instituições públicas de ensino superior pelo sistema, segundo a Secretaria da Educação Superior do MEC.
A secretaria afirmou, no fim de outubro, que ainda estava fechando o número de instituições que usarão o SiSU como vestibular em 2011. Esta será a terceira etapa de seleção pelo sistema. A primeira ocorreu em março de 2010 e a segunda foi realizada em junho deste ano. Na última, foram oferecidas cerca de 16 mil vagas em 35 instituições.
Pelo SiSU, o estudante faz até duas opções de curso e instituição, em ordem de preferência, e pode alterá-las até o fim do período de inscrições, quando haverá três chamadas subsequentes.
Quem for aprovado em primeira opção será automaticamente retirado da lista. Já aqueles que forem aprovados em segunda opção poderão continuar tentando uma vaga em uma faculdade que oferecer a primeira opção feita.

FONTE – WWW.globo.com

50 mil