segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Ex-tucano que virou governista cobra espaço na administração

O ex-presidente do PSDB de Diamantino, Valdinei Teodoro, que foi uma das primeiras lideranças a abandonar o projeto tucano em favor da campanha do governador reeleito, Silval Barbosa (PMDB), agora espera ocupar um cargo na administração do peemedebista. Ele ressalta que desistiu de sua candidatura a deputado estadual e até se desfiliou do partido depois de uma conversa com o governador, que lhe garantiu espaço em sua gestão.
Candidato a prefeito por duas vezes, Teodoro disse que se viu frustrado com o projeto de seu partido, que tinha como candidato ao Governo o ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB). “Quando disputei a prefeitura pela primeira vez em 2004, lançado pelo governador Dante de Oliveira, ele (Wilson) era deputado federal e veio aqui na cidade fazer campanha contra mim”, ressalta.
Diante da situação, Teodoro conta que iniciou as conversas como deputado estadual reeleito Mauro Savi (PR), que o levou ao gabinete de Silval, ressaltando que a liderança representava um caso à parte por ser a primeira da oposição a apoiar o projeto do peemedebista. Durante o encontro, o governador teria lhe garantido espaço em sua administração. “Ele me disse que era um homem de compromisso e afirmou que eu teria espaço no grupo. Disse também que eu tenho perfil e posso contribuir com a gestão”, ressaltou Teodoro, lembrando que Silval lhe pediu que integrasse o projeto desde as candituras para presidência da República até as de deputado estadual.
Otimista depois da conversa, Teodoro, que era filiado ao PSDB há oito anos, não titubeou em abandonar o partido para apoiar o peemedebista, inclusive assumindo a coordenação de campanha do grupo no município. Agora, ele aguarda a convocação para integrar o staff. Para definir sua posição, o ex-tucano se reúne com Savi na próxima quarta (17).
Terceiro colocado na eleição para a Prefeitura de Diamantino em 2008, com 1.061 votos, Teodoro disse que era indicado pelos próprios eleitores do município ao desafio de representar a região Médio-Norte na Assembleia. “Não tivemos nenhum deputado eleito na nossa região. Talvez, se eu tivesse concorrido, poderia ter ganhado a eleição, mas como desisti, espero desempenhar esse papel no Executivo”, disse.
Teodoro é agro-empresário e, apesar de ter concorrido à prefeitura por duas vezes, nunca ocupou cargo eletivo em Diamantino. Contudo, acumula experiência no Legislativo, tendo sido vereador por Centenário do Sul, no Paraná, eleito em 1.992, onde também ocupou o cargo de assessor de Planejamento da prefeitura.

fonte - http://www.rdnews.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com