quinta-feira, 16 de junho de 2011

Professores mantém greve e vão fazer "acampamento" em praça

Patrícia Sanches


     Após realizar nova assembleia-geral, nesta quinta (16), na escola estadual Presidente Médici, cerca de 300 professores decidiram manter, por tempo indeterminado, a greve e a busca por melhorias salariais. A classe promete ainda fazer uma espécie de “acampamento” na praça das Bandeiras, localizada no Centro Político de Cuiabá. Eles querem demonstrar a sua insatisfação com a condução do Paiaguás em relação ao movimento grevista e prometem mobilizar docentes de todo o Estado.
    A paralisação começou na última segunda (6). Na oportunidade, durante uma audiência tensa na Assembléia, os grevistas apresentaram as suas reivindicações. Dias depois, inclusive, foi realizada uma reunião com o governador Silval Barbosa (PMDB), mas até agora não houve acordo. Os professores querem um piso salarial de R$ 1,3 mil, além da convocação de todos os concursados.
     A secretária estadual de Educação Rosa Neide Sandes, por sua vez, garante que não há orçamento para tanto. Com a paralisação, cerca de 450 mil estudantes estão sem aula nas 724 escolas de Mato Grosso.

Fonte – www.rdnews.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com