quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Vereador Edevaldo Alves Teixeira afirma que Diamantino deve 4 milhões na “praça”

Edenir Vieira

Da redação



 O vereador Edevaldo Alves Teixeira, ao usar a Tribuna da Câmara na sessão de segunda-feira, dia 26, voltou a alertar a Câmara para a situação de risco que o município de Diamantino está vivendo.

Segundo documentos disponibilizados no site do TCE-Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Diamantino tem restrições junto ao TCE. A certidão é positiva pelo não cumprimento do artigo 20, III, da Lei Complementar nº 101/2000.

No Portal SIAFI-CAUC, Cadastro Único de Convênio, do Ministério da Fazenda, do Tesouro Nacional, é possível puxar a situação fiscal e financeira do município de Diamantino. No SIAF-CAUC, Diamantino também aparece como inadimplente, por irregularidade na execução de um convênio. Isto é, Diamantino recebeu recursos, utilizou e não fez a prestação correta da aplicação dos recursos.

Diante disso, Jabuti alertou os demais pares da casa, bem como ao prefeito Juviano Lincoln, para a possibilidade de o município perder recursos de convênios federais e estaduais se o cadastro do município não for negativado.

E pra finalizar, em entrevista ao JMN da TV PISOM-Rede Record de Diamantino, Edevaldo Alves Teixeira disse que a Prefeitura de Diamantino está devendo aproximadamente R$ 4 milhões aos fornecedores e a prestadores de serviço. Disse que até o final do ano, se a “coisa” continuar desse jeito, Diamantino estará devendo mais de R$ 6 milhões. Isso é um absurdo, disse o parlamentar.

Sobre a intenção de montar uma CPI, Comissão Parlamentar de inquérito para investigar os recursos repassados para a o Show de Zezé Di Camargo e Luciano, Jabuti disse que não foi desta vez, pois eram necessárias três assinaturas de vereadores, eles conseguiram duas, a sua e a do vereador Edilsom Mota Sampaio. Isso foi insuficiente para instalar a CPI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com