sábado, 1 de outubro de 2011

Juviano Lincoln está cada vez mais envolvido nos seus erros

Como canta Gonzaguinha, na sua linha de protesto: 'a gente não tem cara de panaca, a gente não tem jeito de babaca'. É com esse sentimento de indignação que está a maioria da população de Diamantino, diante da brincadeira que o prefeito Juviano Lincoln faz na administração do município e do deboche com que trata cada cidadão.


Desde o prefeito Batistinha que não se via uma gestão tão fraca, como a atual. Oriundo da mesma escola, o prefeito Juviano Lincoln sepultou a esperança do povo e interrompeu a sequencia de melhorias públicas implantadas pelo prefeito Chico Mendes.

A economia não se desenvolveu e o município não exerce a atração para os negócios privados, de médio e grande porte. A infraestrutura urbana é precária e não existe uma política pronta, de incentivo e apoio à industrialização e ao fortalecimento do comércio e serviço.

Sem ter visão empreendedora, eficácia política e capacidade de mando, a administração do prefeito Juviano Lincoln virou um festival de trapalhadas pontuais. Ele insiste em cortar gastos pela via da demissão e da eliminação de benefícios aos funcionários, mas mantém os contratados, com altos salários, à sua volta. Deixa de atender os pequenos produtores rurais, através da manutenção de estradas, reformas e conservação de pontes e construção de tanques, para a piscicultura, mas assegura os mesmos serviços para os amigos e correligionários políticos.

Deixa os setores de diversos órgãos municipais sem materiais de expediente e utensílios essenciais ao funcionamento desses locais, mas generosamente, desembolsa uma fortuna para artistas famosos se exibirem na cidade, com bilheteria paga. Na educação, perdeu os cursos à distância da Universidade Aberta do Brasil e só melhorou o transporte escolar, ante à iminência de ação do Ministério Público.

Gasta excessivamente com combustíveis, peças e cimentos, segundo denúncia do vereador Edevaldo Alves Texeira, o Jabuti, protocolada na Promotoria.

Age para encobrir o erro. Pressionou vereador com o objetivo de barrar a criação de uma CPI na Câmara e mantém afinidade com os vereadores mais do que a relação institucional, entre os dois poderes..

Perdeu a imagem que tinha, adquirida no seu tempo de Câmara e como secretário do prefeito Batistinha e Darcy Capistrano. Lá atrás parecia outro. Ou é a mesma pessoa, desde aquela época. Enganou o povo, com sua aparência intocada e jeito produzido.

Ele queria ser prefeito à qualquer custo. Ganhou o mandato de graça, mas como veio está indo embora, na evidência da aventura fracassada.

Juviano Lincoln perdeu a moral. É mais um caso para a justiça. Vai entrar para a história pelo avesso, sem referência e sem expressão, por ter arruinado Diamantino.

http://www.portalagora.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com