sábado, 26 de novembro de 2011

SENHOR



Tú és o bom pastor

Eu sou a tua ovelha

Em alguns dias, estou sujo;

Em outros,estou doente

Em alguns dias,me escondo;

Em outros, me revelo.

Sou uma ovelha ora mansa,ora agitada.

Sou uma ovelha ora perdida,ora reconhecida.

Eu sou a tua ovelha, senhor

Eu conheço a tua voz.

É que às vezes a surdez toma conta de mim.

Eu sou tua ovelha, senhor

Não permita que eu me perca,

que eu me desvie do teu rebanho.

Mas se eu me perder ,eu te peço,senhor,

Vem me encontrar.

Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com