terça-feira, 24 de abril de 2012

PORTARIA PARA ARTICULADOR

Mato Grosso , 24 de Abril de 2012 • Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso • ANO VII  - Nº 1455


GABINETE DO PREFEITO



PORTARIA Nº 027/2012/SMEC

Dispõe sobre os critérios para atribuição do Professor Articulador das Unidades Escolares da Rede Municipal de Ensino.



O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA, no uso de suas atribuições legais e, considerando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº. 9.394/96;

Considerando as Resoluções do Conselho Nacional de Educação e do Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso que regulamentam as etapas e modalidades da Educação Básica;

Considerando a necessidade de definir critérios para atribuição de classes e/ou aulas nas funções de professor articulador.



RESOLVE:




Art. 1º Determinar que compete à Equipe Gestora, ao Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar e Assessoria Pedagógica a organização do processo de seleção e atribuição de classes e/ou aulas para as funções de professor articulador da aprendizagem nas unidades escolares.

Art. 2º O candidato para assumir a função de professor articulador da aprendizagem deverá ser conhecedor das atribuições elencadas no Anexo I dessa Portaria. Nas escolas inseridas no Programa Mais Educação, não haverá professor articulador.

Art. 3º Para candidatar-se à função de professor articulador da aprendizagem, o docente deverá apresentar sua proposta à coordenação da escola, conforme perfil estabelecido nos parágrafos a seguir:

§ 1º - para a função de professor articulador da aprendizagem o candidato deverá:

I - ser professor efetivo ou estabilizado, com jornada de trabalho de 30

horas/semanais, com disponibilidade de tempo para atendimento no período matutino e vespertino

II - ter formação em Licenciatura Plena em Pedagogia;

III – ter experiência docente em alfabetização nos últimos 02 anos;

IV - elaborar projeto de proposta de apoio à aprendizagem dos alunos com desafios de aprendizagem;

§ 2º - A organização do trabalho da Articulação da Aprendizagem se dará de maneira a atender todos os alunos com desafios de aprendizagens considerando: o I Ciclo e o II Ciclo, de acordo com a organização da escola.

§ 3º A escola deverá se organizar pedagogicamente para o atendimento desses alunos seguindo as orientações da proposta político pedagógica da escola organizada por Ciclos de Formação Humana.

§ 4º O articulador atenderá todos os alunos que apresentarem desafios de aprendizagem independente do ciclo em que ele estiver matriculado, conforme organização da escola.

Art. 4º Para assegurar o direito de a unidade escolar ter professor articulador da aprendizagem, a equipe gestora deverá disponibilizar sala de aula, não sendo possível utilizar outros ambientes para esse trabalho.

Art. 5º A escola deverá formar uma comissão que será composta pela equipe gestora, pelo Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar e Assessoria Pedagógica, que terá como atribuição:

I. Analisar o perfil do candidato;

II. Avaliar o projeto apresentado pelo candidato;

III. Apresentar o resultado da avaliação para que o corpo docente escolha do profissional que exercerá a função de professor articulador da aprendizagem em caso de 02 (dois) ou mais candidatos.

Art. 6º O processo de atribuição para função de professor articulador da aprendizagem deverá acontecer até o final deste bimestre que será concluído no dia 28/04 (vinte e oito de abril de dois mil e doze).

Art.7º Caberá à Secretaria Municipal de Educação e Cultura, acompanhar o cumprimento desta Portaria, bem como resolver os casos omissos.

Art. 8º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos legais a partir do ano letivo de 2012, revogadas as disposições em contrário.



Diamantino, 23 de abril de 2012



NILVO PEDRO LANZA


Secretário Municipal de Educação e Cultura




ANEXO I


PROFESSOR ARTICULADOR DA APRENDIZAGEM


FUNÇÃO:

Contribuir com a construção, reflexão e execução do Projeto Político Pedagógico em todas as suas dimensões (projeto Sala do Educador, reuniões pedagógicas, entre outros);

• Atender, conforme projeto de articulação construída pela escola, os alunos com desafios de aprendizagem, utilizando estratégias pedagógicas complementares, proporcionando vivências formativas cidadãs integradas às atividades desenvolvidas pelo Professor Regente;

• Receber do professor regente o relatório individual dos alunos a serem atendidos pelo projeto de articulação, identificar o perfil de aprendizagem, considerando o estágio de desenvolvimento de cada aluno;

• Elaborar com o coordenador pedagógico no coletivo de professores do ciclo o plano de atendimento aos alunos com desafios de aprendizagem ou em processo de superação (quando houver sala de superação);

• Participar com o coletivo da escola dos momentos de avaliação (conselho de classe) dos alunos atendidos pelo projeto de articulação, bem como da socialização do processo de aprendizagem aos pais e/ou responsáveis;

• Construir com o professor regente um plano de intervenção pedagógica que contemple a especificidade de cada aluno, identificando estratégias eficiente para potencializar as aprendizagens nas diferentes áreas de conhecimento;

• Promover a aprendizagem de todos os alunos atendidos pelo projeto da articulação por meio do uso de estratégias variadas de ensino-aprendizagem;

• Organizar pedagogicamente o tempo e o espaço escolar no sentido de assegurar os processos de aprendizagem dos alunos a serem atendidos pelo projeto de articulação, considerando o estágio de desenvolvimento dos alunos para o atendimento;

• Investigar/avaliar e registrar continuamente as medidas adotadas durante o processo de desenvolvimento dos alunos atendidos pela articulação;

• Encaminhar ao professor regente o relatório descritivo das situações de aprendizagens dos estudantes atendidos, relatando as medidas adotadas, destacando os avanços no processo de desenvolvimento e superação dos desafios iniciais e/ou avanços no processo formativo no ciclo ou de um ciclo para o outro;

• Emitir relatório descritivo final do perfil de aprendizagem, bem como das medidas dotadas que foram eficientes para superar os desafios de aprendizagem dos alunos que não necessitam mais de medidas de apoio pedagógico da articulação;

• Fazer da avaliação uma ferramenta pedagógica para realizar intervenções focadas na aprendizagem.



Publicado por:

Juçara Ramos Magalhães

Código Identificador:9F9D286A

8 comentários:

  1. Professor articulador deve estar na sala de aula de um professor que se ausentou por uma semana? Se sim onde posso encontrar alguma resolução e se sim onde encontrar?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Professor articulador deve estar na sala de aula de um professor que se ausentou por uma semana? Se sim onde posso encontrar alguma resolução e se sim onde encontrar?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. NÃO ESTA NÃO É FUNÇÃO DO PROFESSOR ARTICULADOR.

    ResponderExcluir
  4. O articulador graduado no mais educação tem remuneração?

    ResponderExcluir
  5. O professor articulador do mais Educação tem remuneração?

    ResponderExcluir
  6. O professor articulador do mais Educação tem remuneração?

    ResponderExcluir

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com