domingo, 14 de outubro de 2012

Acorda Diamantinense




População observe bem o voto do seu vereador se ele vai ser conivente com essas irregularidades gravíssima contra o município de Diamantino. Sugerimos que se os vereadores que aprovarem as contas deste Prefeito cabem a população Ministério Público e todos os órgãos competentes convocar o impeachment dos vereadores e do prefeito. Nos diamantinenses temos que tomar uma providencia sobre esse descalabro que esta a política e falta de respeito conosco. O Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT) apontou a gestão do prefeito de Diamantino, Juviano Lincoln (PSD), como a pior de 2011, após serem constadas 93 irregularidades. A avaliação é do próprio conselheiro relator dos balancetes, Waldir Teis. O Ministério Público Eleitoral pediu pelo pagamento de multa e restituição do erário e foi acatado pelo Tribunal de Contas do Estado. Mesmo com as reprovações, Lincoln conseguiu ser reeleito no município. O conselheiro Walter Albano foi categórico ao dizer que Diamantino bateu recorde de ausência na gestão nos níveis políticos e gerenciais. O processo inicial contava com 102 desaprovações, mas o secretário municipal de Educação de Diamantino, Nilvo Pedro Lanza, apresentou defesa de quatro itens e a equipe técnica do TCE concluiu que permaneceria 93. Entre as contas rejeitadas estão: 78 de natureza grave, quatro gravíssimas e cinco moderadas. A realização de despesa com alimentação sem justificativa, caso não haja justificativa plausível, sugere-se o ressarcimento dos valores de R$ 100.812,87, conforme consta na ata de votação. Da natureza gravíssima está uma de desvio de bens com comprovação de abastecimento de veículo particular – caminhão prancha – no posto de combustíveis da Prefeitura de Diamantino, ainda conforme o Tribunal de Contas de Mato Grosso. As pessoas que foram condenadas a restituir o dinheiro roubado da Prefeitura foram: Prefeito: Juviano Lincoln Ex.Sec. de Agricultura: Roberto Casetta Ferreira Sec.de Administração: João Gonçalves Lopes Ex.Sec. Obras, Viação e Serviços Públicos: Stoessel Santos Filho (Stol) Sec. de Educação: Nilvo Pedro Lanza Ex.Sec de Saúde: Nodier Ribeiro da Rosa Ex-Sec de Saúde e Vereadora: Gislene Aparecida de Souza Ex-Sec de Promoção Social: Luana Pereira Chefe de Gabinete: Orlando Gonçalves Responsável pelo Aplic: Avelino Cleiton Coelho Bezerra Contadora da Prefeitura: Dalva Vieira de Barros Ex. Presidente da Comissão de Licitação: André Wirgues Neto Pregoeira: Sandra Berenice Wagner da Silva Fiscal do Contrato com a Evolu Service: Silvana Maria Gomes Risonho Presidente do Conselho Alimentar de Educação: Elis Regia Egydio Tivemos ai um julgamento técnico, o próximo passo e o julgamento político que e dos vereadores de Diamantino.População observe bem o voto do seu vereador se ele vai ser conivente com essas irregularidades gravíssima contra o município de Diamantino. Sugerimos que se os vereadores aprovarem as contas deste Prefeito cabe a população Ministério Público e todos os órgãos competentes convocar o impeachment dos vereadores e do prefeito. Nos diamantinenses temos que tomar uma providencia sobre esse descalabro que esta a política e falta de respeito conosco.



http://www.facebook.com/profile.php?id=100004042013166&fref=ts


VEJA O RELATÓRIO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO (36 PÁGINAS)


https://docs.google.com/file/d/0B4TY4uRzwQndN3k0OV9va2Eya1k/edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com