sábado, 17 de novembro de 2012

4ª Oficina de Gêneros Textuais: Reconstruindo Conceitos e Atitudes



A Escola Estadual Irmã Lucinda Facchini, localizada no município de Diamantino, desenvolveu pelo quarto ano consecutivo a Oficina de Gêneros Textuais: Reconstruindo Conceitos e Atitudes, projeto este que aborda os temas: Meio Ambiente e Diversidade. Ao longo de 04(quatro) anos o projeto ganhou várias dimensões, segundo Jacilda de S Pinho, uma hora caracterizou-se pelo artesanato afro, indígena e de religiosidade; outra hora por apresentações de cunho científico e cultural, todas as atividades foram propulsionadas pelos alunos e mediadas pelos professores tutores das turmas envolvidas, O projeto é uma idealização das professoras especialistas: Jacilda de Siqueira Pinho(licenciada em Letras) e pela professora Ivolina Razza(licenciada em História) que traz como objetivo a aplicabilidade das Leis 10.639/03 e 11.645/08, bem como a reflexão sobre a complexidade ambiental articulando com práticas sustentáveis, visando o diálogo entre conhecimento e práticas educativas. Em 2010 os profissionais da escola visitaram a Aldeia Formoso- Etnia Pareci em Tangará da Serra, em 2011 visitaram Vila Bela da Santíssima Trindade, onde depararam com a realidade dos QUILOMBOS, puderam segundo a aluna Karoline Prado,” verificar in loco as diferenças e algumas conciliações entre o que pregam os livros didáticos e realidade dos quilombos”, em 2012 retornaram à aldeia Pareci no rio Formoso- Tangará da Serra, perceberam algumas diferenças entre a paisagem de 2010 e de 2012 , porém, ainda mostraram-se maravilhados, admirados com a paisagem natural ainda preservada, desde a gruta que abastece 05(cinco) aldeias, até a cachoeira, agora usada para a prática do Rapel, segundo a aluna do 3º ciclo, Ana Klara nesta prática do Rapel podemos perceber que podemos conciliar turismo com preservação e CUIDADO com o meio em que vivemos, prática esta tão difícil entre a comunidade ocidental. Felipe Albuquerque( ex aluno) da Escola e estudante de Jornalismo(UFMT) que prestigiou o evento percebe que: Crescido numa escola que atendeu, muito bem, às necessidades, que eu considero fundamentais para formação intelectual, cultural e pessoal de qualquer cidadão, me espanta ver como, hoje, a educação está lidando com o mundo “lá fora”. Projetos como a “oficina de gêneros textuais” se fazem prementes para essa formação supracitada, para que a realidade continue a ser modificada; para que se respeite a vida, o meio, o outro e a natureza e para que os muros sociais não sejam limites; se convertam em vontade de transbordar”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com