sábado, 19 de janeiro de 2013

TECNOLOGIA NÃO É A SALVAÇÃO DA EDUCAÇÃO

 
 
É certo que o acesso às novas tecnologias da comunicação, especialmente da informática, são de interesse da vida escolar, compondo parte do que crianças e adolescentes, inevitavelmente, utilizam hoje e utilizarão no futuro. Mas é profundamente ingênuo e até maldoso pensar-se que tablets e afins por si só formam cidadãos, como se alguma mágica surgisse entre o objeto e as almas dos aprendizes. Contrariando os entusiastas-sem-limites e os políticos imensamente afeiçoados às “praticidades” excessivas, vale lembrar que é preciso levar estudantes à construção de noções de valores e de afetividade. As tecnologias participam, mas não são o principal. Se alguém duvida disso, perceba o alto índice de violência e os demais desentendimentos que presenciamos ou sofremos ou dos quais somos testemunhas em nossa sociedade. Não havia isso desse jeito quanto éramos uma COMUNIDADE de verdade. O desenvolvimento de um cultura não-egocêntrica é muito mais importante que toda a parafernália tecnológica que hoje temos.
 
fonte - O araibu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com