quinta-feira, 30 de maio de 2013

SER JOVEM É SER ESTÚPIDO?





No Brasil existe a cultura de extermínio de jovens, geralmente os colocados em situações socialmente vulneráveis. Mas também existe a cultura de que os jovens é que sabem das coisas, tendo o restante da sociedade, inclusive os mais velhos, a obrigação de se curvar perante “sabedorias milenares” de brutos de catorze, quinze, dezesseis anos, seres cheios de energia que muitas vezes é usada para atos destrutivos, até crimes. Como país, como povo, como sociedade, precisamos de um questionamento sério, sincero e firme acerca desse tipo de distorção, doa a quem doer! Se você, que lê isto, é jovem e não cabe em nenhum perfil escroto da sua geração, ótimo! Parabéns! Continue firme! Se você aí é professor(a), pai, mãe, sabe do que estou falando. Agora vamos ler um texto simples, mas muito realista sobre essa temática: "Ignorância e falta de educação são as marcas de uma geração de adolescentes". Asseguro que você não vai perder seu tempo lendo isto.

E que pensemos uma saída.
 
http://oaraibu.blogspot.com.br/

quarta-feira, 29 de maio de 2013

QUEM SE APROPRIA DAS TERRAS BRASILEIRAS?



Há um dizer antigo que sentencia “terra é terra”, isto para dizer da riqueza que o ato de possuir terras encerra. Riqueza e poder para uns, mas para a maioria, não! Assim foi e assim tem sido. Em cada lugar desse nosso Brasil, da zona urbana à rural, há pessoas e grupos que, desde imemoriais tempos, valendo-se de todos os meios possíveis ― do uso “brando" das leis ao uso da violência mais terrível ―, procuram deter o poder sobre terras e terras, o que significa ter poder sobre pessoas, destinos, lugares, culturas. E a maioria de nós, assoberbada com as demais violências e informações não muitas vezes dignas de valor, acaba por não dar muita atenção a este fato.

Nos municípios onde moramos quem manda e quem não manda no assunto "terras" (urbanas ou rurais)? Quem são as pessoas e os grupos que, em flagrante desprezo às carências da população mais pobre, se apropriam do máximo de terras que conseguem?

A título de reflexão, encaminho aqui uma entrevista para que os visitantes deste blog a leiam e, assim, aprofundem os conhecimentos, abrindo ou fortalecendo um debate em torno da questão, pois isso é essencial: Megaeventos e "uma limpeza urbana injustificada''.

Posto que o atual modelo de desenvolvimento do Brasil se dá desse modo, o que podemos verificar até em nossos municípios, é urgente entendermos melhor o que vem ocorrendo, pois não são só indígenas e quilombolas estão na mira da sanha capitalista, mas nós citadinos vítimas da especulação imobiliária.
 

terça-feira, 21 de maio de 2013

Sintep apresenta reivindicações da classe aos vereadores de Diamantino

 
A presidente da Subsede do Sintep (Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso), professora  Luiza Fátima Duarte apresentou aos vereadores da Câmara Municipal de Diamantino toda a legislação pertinente à criação do piso nacional e sua extensão ao Município.
 
A reunião, realizada no Plenário Vereador Juvenal Benedicto Soares foi proveitosa e serviu para esclarecer alguns pontos obscuros da legislação e outros, na legislação municipal que precisam passar por alteração e adequação, na ótica do Sintep.
 
Atualmente, a principal reivindicação do Sintep é o enquadramento do Município ao piso nacional. Em Diamantino, os profissionais da educação recebem R$ 1.348,47; valor este inferior à remuneração da classe, no Estado. Segundo presidente da Câmara, vereador Carlinhos Gaino, a Casa vai se comprometer com a categoria, no sentido que o Executivo atenda à lei, pois a qualidade do ensino depende também da remuneração dos professores e dos demais profissionais da educação, no Município.
 
A presidente do Sintep lembrou dos avanços, como a jornada de 30 horas semanais e a hora atividade, mas salientou que este beneficio não contempla os contratados. Outra discussão que ficou aberta foi à jornada dos motoristas, de 40 horas, considerado acima do recomendado, segundo o Sintep e as tabelas que enquadram o técnico de desenvolvimento infantil e monitor educacional, que não permitem o crescimento do profissional na carreira, questionou a professora Luiza. 
 
Os vereadores presentes opinaram, questionaram e apresentaram propostas de melhoria do ensino em Diamantino. Também ficaram sabendo sobre as novidades para o setor, como investimentos públicos e os meios de acessos às verbas.
 
Foi esclarecido que em algumas escolas existem lista de esperas de crianças, aguardando vagas na educação infantil. O professor Odemar Mendes, diretor da Escola Elza Martins reclamou do valor do repasse [R$ 1.400,00], feito pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação. A quantia não é suficiente para cobrir as despesas, pois o repasse só acontece no mês de março, atingindo 10 parcelas ao ano. Um mês uma parte da dívida da Escola é quitada e a outra, fica para o mês seguinte, porque o dinheiro é insuficiente para atender as despesas, disse o professor.
Outra reclamação foi à falta de inclusão de todas as informações da educação no sistema do Município, a precariedade da internet e a disponibilidade da folha de pagamento em cada unidade escolar, como atendimento ao principio da transparência.
 
O presidente da Câmara se incumbiu de transferir para o prefeito municipal as reivindicações da classe, para o aprimoramento do ensino em Diamantino e a finalização do Plano Municipal de Educação, cujo conteúdo vai englobar todas as políticas locais voltadas para a educação, em Diamantino.
 
A reunião foi solicitada pelo vereador Edilson Mota Sampaio. Participaram do evento, os dirigentes do Sintep, o presidente, vereador Carlinhos Gaino; o vice-presidente, vereador Edson da Silva (Giripoca); o secretário Natalino da Silva Barros,  a vereadora Gislene Aparecida de Souza (Gisa) e os vereadores Edílson Mota Sampaio; Jozenil Costa Lube (Bodão); Manoel Loureiro Neto e Márcio Mendes.    
 
 

OBRIGADO A TODOS.


segunda-feira, 20 de maio de 2013

REUNIÃO NA CÂMARA DE VEREADORES



Estamos indo para a Câmara Municipal de Diamantino, os vereadores agenderam uma a reunião com o SINTEP, o assunto em pauta será a LEI DO PISO NACIONAL.

BEIJÃO



Um mega beijo aos amigos da cidade de SINOP, pela recepção, lá vai a lista, AIDIR, JULIANA, JOEDIR, DONA BEGA, LINDIORAINE, CAROL, CLAUDIA, JEAN CRISTINA, SEO ALUIZIO E FAMILIA, A NOIVA KLYSSIA, AO NOIVO REGINALDO e a todos que nos proporcionaram momentos alegres e felizes nesta nossa visita, aí nessa cidade.
Muitíssimo obrigado, obrigado mesmo...

FOTOS DO CASAMENTO DE KLYSSIA E REGINALDO


sexta-feira, 17 de maio de 2013

NOSSA LUTA CONTRA O NOSSO AGONIADO MODELO DE SOCIEDADE

18 de maio

Não, claro que não esqueci das temáticas dos posts anteriores e o que desejo escrever em relação às mesmas. Se você ainda não leu (nem acessou os links), as matérias estão no final deste post. Há muito o que podemos (e até devemos) aprender sobre ECOVILAS e PERMACULTURA.
Mas hoje vim aqui lembrar do Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio) e lembrar que somos um país onde o número de estupros de mulheres tem aumentado, onde a quantidade de homicídios, por ano, alcança uma média superior à de países em guerra e onde muitos consideram que povos nativos (indígenas, inclusive as crianças) não são gente que merece respeito.
A propósito: "Governo cede a ruralistas e inicia desmonte da Funai com suspensão de demarcações". Se você clicar no link anterior, vai entender que essa é um violência específica e que, apesar de específica, está dentro dessa lógica de cultura de extermínio do atual modelo de desenvolvimento que o Brasil empreende. Some esta violência às outras e perceba que todos nós estamos no mesmo barco. Segundo o portal G1, numa matéria de 2012, "Mais de 500 índios foram mortos desde 2003 no Brasil". Veja bem: FORAM MORTOS, não morreram de gripe ou de outra qualquer doença, mas nas mãos daqueles que lhes vêem como "obstáculos ao progresso".

Seja o genocídio de indígenas, seja o abuso de crianças e adolescentes, sejam os homicídios nas cidades, seja o estupro de mulheres (que vem aumentando, repito), seja a violência que for, chegamos a um limite onde ou nós tratamos diferentemente do assunto, ou cada vez mais sucumbiremos diante dos acontecimentos.

O Brasil gera empregos, é verdade. Houve uma ascendência de pessoas das classes mais baixas para um patamar mais médio, embora isso não se verifique para muito além do fator "consumo", visto, por exemplo, os serviços públicos ainda serem muito ruins e milhares de professores [profissionais da base de tudo] não terem o devido respeito nem dos governos, nem da sociedade. Mas se é verdade que estamos progredindo, vale lembrar que a ausência de soluções quanto à multiplicidade de violências diz exatamente o contrário. Enquanto isso o nosso magnífico "Congresso Nacional custa R$ 23 milhões por dia". Não seria isso também uma das mais imorais formas de violência?

 

FONTE – O ARAIBU

Estudante é eleita rainha da Exponop em Sinop; veja fotos

Fonte: Só Notícias/Thais Festa (fotos: Só Notícias/Cleverton Neves)

969718_523756467683012_1810552296_n

 

A acadêmica Larissa Ludwig, 20 anos, foi eleita rainha da 29ª Exponop. Os jurados escolheram como 1ª princesa a estudante, Aline Karsburg, 18 anos, e 2ª princesa a estudante, Gabriela Passoni, 18 anos. As três foram premiadas com R$ 4 mil, R$ 2,5 mil e R$ 1,5 mil respectivamente. Elas concorreram com 15 candidatas. As eleitas devem representar a feira na programação oficial, que ocorre de 8 a 16 do próximo mês.

165998_523755264349799_973990901_n

A escolha foi, ontem à noite, durante o lançamento da feira agropecuária comercial e industrial de Sinop, no Tatersal, no parque de exposições.

Conforme Só Notícias já informou, haverá shows com Amado Batista, João Carreiro e Capataz, Fernando e Sorocaba, Latino, Milionário e José Rico, Capital Inicial. O valor do ingresso é R$ 60 e R$ 30, meia entrada. O passaporte, para todas as noites, é R$ 100. Já o valor da cartela para o show de prêmios é R$ 20 e quem comprar concorrerá a carros, motos, tablet, Smartphones, televisores e notebooks.

179105_523756447683014_1886386418_n

599411_523754204349905_1010772865_n

936103_523754181016574_715819486_n

quinta-feira, 16 de maio de 2013

O PROGRESSO NÃO PARA....


Passeando pelas ruas da cidade de SINOP, percebe-se que aqui o progresso não para, há construções de todos os tipos.
Aqui prefeitos, vereadores, empresários trabalham em prol da cidade, dá gosto de ver.

ESTOU EM SINOP


Olha estou na cidade de Sinop - MT, vim prestigiar o casamento da Drª Klyssia e Reginaldo, ela filha da amiga Arlete Barros, os preparativos estão a mil. A cerimonia e a recepção serão realizados na SINDUSMAD.

terça-feira, 14 de maio de 2013

CHARADA X BATMAN????????






Eu quero... É...
____Presidente, peça a assessoria para tentar agendar com o pessoal do SINTEP, uma reunião, aquela vez que estiveram aqui nos ficamos de agendar, e com a Professora Luiza, Professora Célia, com Professor Odemar pra gente, alguns assuntos que ficamos de tratar com eles.
____Falando em Professor Odemar...
____Eu quero falar pro senhor professor que não mudei não...
____E até porque eu acredito, que as pessoas, nós seres humanos, nós somos complexos demais pra mudar do dia pra noite.
____Às vezes você pode mudar de posicionamento político é, pensar de forma diferente, mas nós não temos nenhum botão onde você vira assim e você se transforma do dia pra noite.
___A índole o caráter de uma pessoa, se constrói ao longo de sua vida.
___Então, é eu não mudei, eu quero continuar ajudando o meu município.
___Eu quero dizer pro senhor que eu estou à disposição do senhor, da classe que o senhor representa, eu e com certeza toda essa casa.
___Então eu não mudei, eu continuo a mesma pessoa, e aqui o que eu tiver condições de ajudá-lo. Eu estou aqui, e quero falar pro senhor.
___Eu não mudei... Eu acredito nisso vereador Ticão.
___O caráter de uma pessoa se constrói ao longo de sua vida.
___Quem nasceu pra se Charada, vai ser Charada, e quem nasceu pra ser Batman, vai ser Batman.
___Eu quero dizer professor que estou a vossa disposição.






Após a fala do vereador Edilson, tive todo o cuidado de reproduzir e escutar a filmagem no site da Câmara Municipal por várias vezes.
Ontem não pude ir à sessão porque havia Horas de Estudos na Escola Municipal “Elza Martins de Queiroz”,  onde sou diretor eleito por aquela comunidade do bairro Pedregal.
Acho que o nobre vereador não deva ter gostado do meu comentário, onde eu disse que estaria chocado com a sua mudança repentina de conduta e pensamento.
Fiz o referido comentário porque ouvi de várias pessoas principalmente da Educação que acham que vossa senhoria mudou....
Mas agradeço imensamente ao nobre vereador, por ter acessado o meu BLOG, este veículo de comunicação mais acessado da cidade de Diamantino,  estaremos em breve chegando ao patamar de mais de 400 mil visitas.
Este respeito que conquistei perante os internautas que visitam as páginas do meu blog, não foi por acaso, foi com muito trabalho.
Agradeço imensamente a sua preocupação em demasia com classe dos professores, classe a qual pertenço.
 Minha classe tem orgulho de mim, sei que tem, e me respeitam enquanto pessoa e profissional, dentro da categoria, também sei que sou uma liderança na Educação desta cidade, pois sempre estive do lado dos meus companheiros, irei sempre lutar pelas bandeiras que minha classe almeja, talvez um dia possamos ser respeitados  pelos governos deste país.
Quanto a ANALOGIA do CHARADA  e do BATMAN, não me enquadro em nenhum destes personagens citados por vossa excelência.

Mesmo assim coloco o meu BLOG e este blogueiro a disposição de vossa senhoria.




Dr. Celito fala na tribuna da Câmara Municipal de Diamantino

Usando do direito de resposta, o advogado Celito L. Bernardi usou da Tribuna da Câmara de Diamantino para se defender do pronunciamento do vereador Edílson Mota Sampaio (PDT); julgado ofensivo pelo advogado.

Na Sessão anterior, o vereador culpou o advogado, junto com outros [Gildo Capeletto e Eduardo Capistrano] e Julyelson Vitorassi Vitorassi [Juventude Ativa] de serem os culpados pela não contratação de médicos pelo Município.

O ex-presidente da OAB, Subseção de Diamantino afirmou que perdeu o sono, nos últimas noites, em decorrência do incidente. O advogado se defendeu, dizendo ser honrado, como cidadão e como profissional e tem contribuído com o desenvolvimento municipal. Ele citou o empenho próprio para a instalação da Vara Federal em Diamantino.

O parlamentar retratou, se desculpou e disse que se sentia envergonhado, diante do advogado Celito Bernardi.

Tudo começou no ano passado, quando o Legislativo aprovou o subsídio das autoridades municipais. Questionado publicamente e na Justiça, a remuneração do prefeito serve de parâmetro e teto para pagamento de salários para servidores do Município, inclusive médico. A atual remuneração não atrai a vinda de médicos para Diamantino.



FONTE - FACEBOOK

Já vai começar...



Começam nesta segunda-feira dia 20 as atividades do CEJA (CENTRO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS) Dr. Anísio Teixeira.
O referido centro funcionará na antiga EM João Batista de Almeida, até o momento o funcionamento será nos turnos vespertino e noturno.
Serão 03 Salas do 2º Segmento e 03 salas do Ensino Médio, totalizando assim 06 Salas.
O diretor da instituição de Ensino será o Prof. Joanil.

BOM DIA CIDADE


quarta-feira, 8 de maio de 2013

ESSE PESSOALZINHO?


Nossa, confesso que fiquei chocado com a fala do vereador Edilson Mota Sampaio, essa afirmação feita pelo edil, não soou bem na cidade. E deixou a todos nós preocupados com a sua mudança repentina de conduta e pensamento.


LEI DA MORDAÇA?

Na próxima segunda-feira, haverá votação para o projeto de LEI 002/2013, de autoria da MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE DIAMANTINO. O projeto de LEI está recebendo o apelido nas redes SOCIAIS de LEI DA MORDAÇA;


VEJA O PROJETO NA ÍNTEGRA.

Carlinhos e Edilson culpam a OAB por falta de médico em Diamantino-MT






Como é o único meio por onde posso responder no momento:
Caro e nobre vereador Edilson Mota Sampaio, primeiramente quero deixar bem claro que em momento algum fui "usado" pela OAB subseção de Diamantino, a idéia e iniciativa de postular a ação foi minha e dos demais integrantes do grupo, nós sim poderíamos dizer que usamos a OAB, pois como uma maioria de acadêmicos de Direito, levamos a idéia a diretoria e então nos deram respaldo apoio e representação, o Dr. Celito Liliano Bernardi em momento algum me influenciou ou a qualquer membro do grupo, apenas se identificou na causa nos dando apoio em anseio social. Em muitos casos muito mais que os legisladores de nossa pátria a OAB tem bem representado a classe e alcançado grandes vantagens para toda a população, ademais a decisão concedida liminarmente pela MM. Magistrada da 2ª vara civel de Diamantino, bem como a negativa de Liminar pela Desembargadora Relatora do agravo de instrumento interposto pelos senhores vereadores, sustenta nossa razão! Não entramos em uma causa perdida, mas buscamos direitos com respaldo legal que a justiça vem confirmando, então só solicito gentilmente que o Senhor e seus pares não joguem a responsabilidade que é dos nossos representantes(os senhores mesmos) para uma instituição legal, que apoiou uma causa que vem se mostrando muito bem embasada e sólida, corram atrás e solucionem os problemas, afinal, se queriam melhores subsidios tem que demonstrar melhores serviços.

Agora ao nobre vereador Carlinhos Gaino, não cabe a mim, a população e tampouco a OAB, apontar soluções que são da competência do legislativo, se os senhore recebem um subsídio e uma verba indenizatória é para que possam correr atras, estudar, pesquisar e encontrar soluções, ainda de bônus tanto a Câmara como a prefeitura possuem setores de assessoramento jurídico, com excelentes profissionais em seu quadro o que posso afirmar, então não esquivem de suas responsabilidades atacando uma instituição, a mim ou aos demais jovens que foram movidos por um intuito social, sem qualquer vinculo ou pretensão política.
Ainda vale ressaltar que nenhum médico estuda por anos e sofre inúmeras privações para trabalhar por um salário de 16 mil(o que seria com o aumento da verba do prefeito), mas estudam para ganhar, 20, 30, 50 mil, assim em minhas conversas fiquei sabendo que os médicos se unem, abrem empresas que são contratadas pelo município, e então assim é possível sim eles receberem mais, e legalmente. Não sei citar no momento o embasamento legal, mas tenho certeza que a assessoria jurídica da câmara poderá localizar.
Então é sim possível encontrar soluções, pois se a toda regra a exceção, com as leis não é nem um pouco diferente, há sempre uma brecha, as quais os legisladores como materializadores das normas, sem duvidas não poderiam ter dificuldades em localizar.

Fica aqui o pequeno sinal de um caminho, e um pouco do que eu gostaria de expressar, espero que o também nobre vereador Marcio Mendes, legislador mais acessível até então, possa transmitir a sugestão, aproveito para desejor excelentes proveitosos e produtivos trabalhos a todos os demais legisladores, pois desejo de coração ver a cidade que amo se desenvolvendo, pois se hoje não estou aí, saibam que parti no intuito de retornar, e quem sabe em alguma posição que possa melhor contribuir. — com Douglas Alves e outras 13 pessoas.



FACEBOOK  Julyelson Vitorassi

MATERIA RETIRADO DO FACEBOOK