quarta-feira, 8 de maio de 2013

Carlinhos e Edilson culpam a OAB por falta de médico em Diamantino-MT






Como é o único meio por onde posso responder no momento:
Caro e nobre vereador Edilson Mota Sampaio, primeiramente quero deixar bem claro que em momento algum fui "usado" pela OAB subseção de Diamantino, a idéia e iniciativa de postular a ação foi minha e dos demais integrantes do grupo, nós sim poderíamos dizer que usamos a OAB, pois como uma maioria de acadêmicos de Direito, levamos a idéia a diretoria e então nos deram respaldo apoio e representação, o Dr. Celito Liliano Bernardi em momento algum me influenciou ou a qualquer membro do grupo, apenas se identificou na causa nos dando apoio em anseio social. Em muitos casos muito mais que os legisladores de nossa pátria a OAB tem bem representado a classe e alcançado grandes vantagens para toda a população, ademais a decisão concedida liminarmente pela MM. Magistrada da 2ª vara civel de Diamantino, bem como a negativa de Liminar pela Desembargadora Relatora do agravo de instrumento interposto pelos senhores vereadores, sustenta nossa razão! Não entramos em uma causa perdida, mas buscamos direitos com respaldo legal que a justiça vem confirmando, então só solicito gentilmente que o Senhor e seus pares não joguem a responsabilidade que é dos nossos representantes(os senhores mesmos) para uma instituição legal, que apoiou uma causa que vem se mostrando muito bem embasada e sólida, corram atrás e solucionem os problemas, afinal, se queriam melhores subsidios tem que demonstrar melhores serviços.

Agora ao nobre vereador Carlinhos Gaino, não cabe a mim, a população e tampouco a OAB, apontar soluções que são da competência do legislativo, se os senhore recebem um subsídio e uma verba indenizatória é para que possam correr atras, estudar, pesquisar e encontrar soluções, ainda de bônus tanto a Câmara como a prefeitura possuem setores de assessoramento jurídico, com excelentes profissionais em seu quadro o que posso afirmar, então não esquivem de suas responsabilidades atacando uma instituição, a mim ou aos demais jovens que foram movidos por um intuito social, sem qualquer vinculo ou pretensão política.
Ainda vale ressaltar que nenhum médico estuda por anos e sofre inúmeras privações para trabalhar por um salário de 16 mil(o que seria com o aumento da verba do prefeito), mas estudam para ganhar, 20, 30, 50 mil, assim em minhas conversas fiquei sabendo que os médicos se unem, abrem empresas que são contratadas pelo município, e então assim é possível sim eles receberem mais, e legalmente. Não sei citar no momento o embasamento legal, mas tenho certeza que a assessoria jurídica da câmara poderá localizar.
Então é sim possível encontrar soluções, pois se a toda regra a exceção, com as leis não é nem um pouco diferente, há sempre uma brecha, as quais os legisladores como materializadores das normas, sem duvidas não poderiam ter dificuldades em localizar.

Fica aqui o pequeno sinal de um caminho, e um pouco do que eu gostaria de expressar, espero que o também nobre vereador Marcio Mendes, legislador mais acessível até então, possa transmitir a sugestão, aproveito para desejor excelentes proveitosos e produtivos trabalhos a todos os demais legisladores, pois desejo de coração ver a cidade que amo se desenvolvendo, pois se hoje não estou aí, saibam que parti no intuito de retornar, e quem sabe em alguma posição que possa melhor contribuir. — com Douglas Alves e outras 13 pessoas.



FACEBOOK  Julyelson Vitorassi

MATERIA RETIRADO DO FACEBOOK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDE O SEU COMENTÁRIO!

O BLOG DO PROFESSOR ODEMAR MENDES não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. Se você se sentir ofendido pelo conteúdo de algum comentário dirigido a sua pessoa, entre em contato conosco pelo e-mail odemarmendes@hotmail.com