segunda-feira, 30 de junho de 2014

Vai ter que explicar

O vereador Edson da Silva (Giripoca), foi convocado pelo Conselho Municipal de Saúde para prestar esclarecimentos sobre a denúncia feito pelo edil no último dia 16 de junho, onde diz que vários motoristas da Secretaria Municipal de Saúde,  roubavam peças e gasolina.




PARABÉNS

Gostaria de parabenizar a amiga Arirce Silva, que recebeu a Comenda Almirante Batista das Neves na Câmara Municipal de Diamantino.
Estiveram presentes seus amigos mais próximos e familiares.


terça-feira, 24 de junho de 2014

Miss Brasil estará no Miss Diamantino 2014, depois do jogo entre Brasil e Chile


 
 
Atração do tradicional Miss Diamantino, a Miss Brasil 2013, Jakelyne Oliveira, prestigiará a edição 2014 do evento diamantinense, que ocorre no sábado (28.06), a partir das 22h, no Parque de Exposições, com entrada gratuita. A representante de Mato Grosso, Jakelyne Oliveira, representou o país no concurso Miss Universo, que ocorreu em Moscou, na Rússia.
 
O prefeito de Diamantino, Juviano Lincoln, frisou que o Miss Diamantino será uma grande festa depois do jogo entre Brasil e Chile. “Excelente oportunidade para festejar com a participação especial da Miss Brasil e animação da banda Sandokan, evento grandioso inteiramente gratuito à população”, afirmou.
 
As candidatas desfilarão em traje de banho e traje de noite. Na ocasião serão avaliadas pelo corpo de jurados nos quesitos: beleza, simpatia, harmonia estética em traje de banho, elegância e porte em traje noite, desenvoltura e postura na passarela durante todo o desfile.
 
A Miss Diamantino receberá o cachê de R$ 1.500, mais despesas como traje oficial, translado e inscrição para o Miss Mato Grosso 2014. A segunda colocada receberá o cachê de R$ 1mil e a Miss Simpatia receberá R$ 500.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
 
 
 

domingo, 22 de junho de 2014

E agora pessimistas?





Passada a primeira semana da abertura da Copa do Mundo, os pessimistas de plantão devem estar roendo de ódio. A Copa do Mundo do Brasil simplesmente é um sucesso.
Mesmos com esses itens citados pela grande imprensa do Brasil como:

1-O palco da final da Copa foi invadido por torcedores não só uma, mas duas vezes - por torcedores argentinos logo na estréia do estádio e por chilenos, que depredaram a sala de imprensa, na quarta.
2-Por sorte, a partida de abertura começou ainda de dia: no primeiro tempo de Brasil x Croácia, houve dois apagões em cerca de um quarto dos refletores do novo estádio, que foi entregue às pressas.
3-Em vários dos estádios do Mundial, torcedores reclamam que os produtos oferecidos nos bares e lanchonetes se esgotam antes mesmo do fim do jogo - muitas vezes, ainda no intervalo das partidas.
4-Não teve Marselhesa na estréia da França na Copa: na partida entre a seleção européia e Honduras, no Beira-Rio, uma falha técnica fez com que o jogo começasse sem a execução dos hinos nacionais.
5-Primeiro foi na Arena Pantanal, em Cuiabá, em Chile x Austrália; depois, no Maracanã, em Chile x Espanha. Os fogos passaram pela segurança e foram usados dentro dos estádios, o que é proibido.
6-Três torcedores disseram ter pagado 1.500 reais a um funcionário credenciado para que conseguissem entrar sem ingresso no jogo entre Brasil e México, em Fortaleza - usando coletes de vendedores.
7-Entregues no sufoco, sem que tempo para a emissão de alvará dos bombeiros, setores temporários da Arena das Dunas foi um problema - cadeiras foram interditadas e os torcedores, remanejados.
8-Como os projetos de mobilidade urbana não saíram do papel em muitas cidades, torcedores sofreram para chegar às arenas. Foi o caso de Manaus e Salvador, onde alguns se atrasaram para as partidas.
9-O marketing de emboscada, estratégia muito combatida pela FIFA, apareceu logo na abertura, quando uma bandeira de uma loja de materiais de construção foi mostrada por bastante tempo na televisão.
10-Além de marcas comerciais, frases de cunho político também estão proibidas nos estádios - mas isso não impediu que a TV mostrasse uma faixa com a frase "as Malvinas são argentinas" no Maracanã.
11-Natal sofreu com temporais que deixaram a cidade em estado de calamidade pública. Seu estádio, entregue muito próximo da Copa, também foi impactado: o entorno inacabado ficou cheio de poças.
12-O estádio mais caro do Mundial (a conta se aproxima dos 2 bilhões de reais), na capital federal, teve problemas de acesso: as filas nos portões fizeram muita gente perder o início de Suíça x Equador.
13-Além de ter sido muito pobre (e de ter repercutido muito mal no exterior), a cerimônia de abertura em São Paulo teve uma gafe: a bandeira da Nigéria foi trocada pela do Níger no centro do gramado.
14-Todos os instrumentos musicais estão proibidos nos estádios da Copa. Só não se sabe como a torcida de Costa do Marfim x Japão conseguiu entrar com tambores na partida na Arena Pernambuco.
15-Além dos instrumentos, os panos com mastros e de dimensões muito grandes também são vetadas no Mundial. Mas no Maracanã e no Mané Garrincha esses dois tipos de bandeiras foram vistos.

Temos ajustes a fazer sim, mas eles virão com o decorrer da Copa, ou seja, estão acontecendo. Ajustes estes, lógico, fazem parte, mas nada que tire o brilho do país do futebol.
Até o momento a Copa segue e vai muito bem obrigado...
Todos aqueles que previram uma catástrofe na organização da Copa e que agora se refestelam nos camarotes dos estádios, agora elogiam a Copa.

 VAI ENTENDER ESSE POVO...

quinta-feira, 19 de junho de 2014

PDT de olho em uma vaga na Assembléia





O PDT de Diamantino reuniu-se hoje 19/06 no Hotel Kayabi, no centro histórico de Diamantino.
Marcaram presenças, vários filiados e lideranças do município para traçarem metas para a convenção do dia 27/06, que acontecerá na capital do estado no Ginásio Verdinho, no CPA, a partir das 16 horas.
Depois de receber os mais altos elogios de simpatizantes, filiados, o pré-candidato Eduardo Capistrano, falou que se sente feliz em apresentar o seu nome como pré-candidato a deputado estadual, e espera contar com a ajuda da militância, e para isso o trabalho de formiguinha deve acontecer e com isso percorrer todas as casas de Diamantino.
Além disso, o projeto que o candidato irá apresentar será um projeto para o Médio Norte, onde envolverá cerca de 12 municípios da nossa região.
Seu pai o ex-prefeito Erival Capistrano, se emocionou, quando falou do filho, e disse que estará na luta, pois o mesmo será o Coordenador da Campanha de Pedro Taques aqui no Médio Norte.
Sempre sorridente Eduardo Capistrano, pediu o apoio dos militantes, e pediu para que todos consolidem esse apoio no dia 27 na convenção onde sairá candidato a uma vaga a Assembléia Legislativa do Estado.
Durante a reunião ficou definido que dependendo do número de filiados, que deslocaram para a capital, o partido irá fretar um ônibus, para levar os simpatizantes a Cuiabá.





quarta-feira, 18 de junho de 2014

E AGORA?

VÍDEO DA ULTIMA SEÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE DIAMANTINO, ONDE O VEREADOR GIRIPOCA DIZ QUE VÁRIOS MOTORISTAS ROUBAVAM PEÇAS E GASOLINA...



terça-feira, 17 de junho de 2014

EDUCAÇÃO: 5,5% SÓ MÊS DE AGOSTO.



Em reunião no final da tarde de ontem, dia 16/06/14 entre o SINTEP de Diamantino, e o prefeito Juviano Lincoln, foi nos dada a triste notícia que a reposição salarial que era pra ser concedida agora no mês de junho, ficará para o mês de agosto.
O prefeito alegou que está enfrentando problemas para a quitação da folha de pagamento, os recursos estão escassos.
Participaram da reunião com o prefeito o Presidente da Câmara Municipal de Diamantino Luiz Carlos Gaino, os vereadores Edilson Motta Sampaio e Manoel Loureiro.
Perguntado por este blogueiro se em agosto não ficaria mais difícil o prefeito quitar a folha de pagamento, porque em seguida tem enquadramento, o prefeito disse cumprirá o acordado.
O Sintep não gostou em nada, das mudanças do prefeito em não cumprir o acordo, haja visto que o prefeito enviou documentação a categoria, foi lida em assembléia e o mesmo nem sequer enviou um documento comunicando que os 5,5%, não sairiam mais neste mês.
Outro ponto levantado pelo Sintep foi a folha de pagamento que não chegam as escolas, o prefeito voltou a cobrar do Sec. de Educação Prof. Nilvo Pedro Lanza, o mesmo ficou de buscar orçamentos para atender as reivindicações do sindicato
Por esses dias Sintep deverá convocar uma nova assembléia para discutir essa nova proposta do prefeito.
O temor que todos temos é dele não cumprir novamente.
Esses 11% seriam para janeiro de 2014.....
E até o momento.....

segunda-feira, 16 de junho de 2014

I ENCONTRO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA ETNIA BAKAIRI -15 a 19/06/14


Kurâ Bakairi
  Nome
Os Bakairí se autodenominam Kurâ, que quer dizer gente, ser humano. Eles se consideram os verdadeiros Kurâ, a humanidade por excelência, devendo os demais ser especificados. Kurâ expressa, no sentido restrito, "nós, os Bakairí", "o que é nosso". O termo Bakairí é para eles de origem desconhecida e encontra-se registrado nas crônicas da história regional desde o século XVIII.

Língua
A língua Bakairí pertence à família Karíb. Segundo os estudiosos, ela apresenta elementos comuns às dos Arára e Txikão e outros às dos Nahukwá e Kuikúru. Todos os Bakairí falam a sua língua, assim como o português.
Desde a década de 60, missionários do Summer Institute of Linguistics (S.I.L.) traduzem textos bíblicos para a língua Bakairí. Cartilhas para alfabetização na língua materna foram por eles elaboradas. Esses trabalhos tendem a uniformizar as diferenças internas, que estão por merecer um cuidadoso estudo.

Localização
Vivem no estado de Mato Grosso, nas Terras Indígenas Bakairí (61.405,5905 hectares) e Santana (35.479,7443 hectares). Em ambas predomina o cerrado.
Santana situa-se no município de Nobres e tem o seu nome emprestado de um afluente do Rio Novo que, desenhando parte dos seus limites, desce em busca do Arinos, tributário do Juruena, afluente do Tapajós.
A Terra Indígena Bakairí, na sua quase totalidade, localiza-se no município de Paranatinga, à margem direita do rio Paranatinga ou Telles Pires, afluente do Tapajós. Uma parte dela situa-se no município de Planalto da Serra, à margem esquerda daquele rio. Nas suas vizinhanças encontram-se o morro do Urubu, do Daniel e parte da Serra Azul.
Juridicamente, ambas se encontram regularizadas: homologadas e registradas no Serviço de Patrimônio da União e no Cartório de Registro de Imóveis.
Os centros urbanos que mais influências exercem na vida dos Bakairí são Nobres, Paranatinga e Cuiabá, a capital do estado.

EM RONDONIA....




Gente, duas das minhas obras estampararm banner central do IV SEMINÁRIO ACADÊMICO LITERATURA REGIONAL - PROSA, ocorrido em JI-PARANÁ - RONDONIA.
Que foi organiado pelos acadêmicos de Letras da UAB/UNIR.
Que honra.....muitíssimos obrigado a todos...
Abraços

quinta-feira, 12 de junho de 2014

NOSSA DECORAÇÃO.

A prefeitura de Diamantino, fez um verdadeira mutirão de limpeza no trevo de acesso, ao bairro Novo Diamantino. Os meios fios e postes da Avenida Ir. Miguel Abib também foram pintados nas cores verde e amarelo.....
Pra quem pedia decoração com motivos da Copa, taí, meios fios pintados.
E viva o Brasil!!!!


terça-feira, 10 de junho de 2014

Reunião com o Prefeito de Diamantino

 
 
O Sintep Diamantino, conseguiu marcar uma reunião com prefeito Juviano Lincoln, haja visto que esta reunião era pra acontecer no mês de maio, mas por motivos maiores não aconteceu;
A reunião ocorrerá no dia 16/06/14, ás 17:30 h no Gabinete do Prefeito.
 
 
 

segunda-feira, 9 de junho de 2014

PARABÉNS


Gostaria de parabenizar a presidente da APAE Raim Dias de Mesquita, a direção, professores, funcionários, empresários, associações, voluntariados pela belíssimas organização da FESTA.
O evento bombou...........

MUDANÇA? MAS QUE MUDANÇA?

 O prefeito Juviano Lincoln anunciou mudanças no seu staff. Mas observando os nomes abaixo, houve mudanças?
Só se for pra grego ver, veja:

Chefe de Gabinete: Euclides Eurico das Neves “Kid”
Administração: João Gonçalves Lopes
Agricultura, Indústria, Comércio e Meio Ambiente: Poliane Marcondes
Assistência Social: Thérèse Silva
Educação e Cultura: Nilvo Pedro Lanza
Esportes, Lazer e Turismo: Roberto Casetta Ferreira
Finanças: Osanir Ferreira Nascimento
Obras, Viação e Serviços Públicos: Stoessel dos Santos Filho “Stol”
Saúde e Vigilância Sanitária: Itamar Martins Bonfim

Fonte: Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 6 de junho de 2014

MILHO NOSSO MILHO


.
Recebi o convite da E.E Ir. Lucinda Facchini, do III PROJETO PEDAGÓGICO MILHO NOSSO MILHO, que realizar-se á no dia 10/06/2014, as 13:00 h, na quadra da Escola.

terça-feira, 3 de junho de 2014

ISSO É PRA JUNHO

Esta é a tabela para o mês de junho (extraoficial) de 5,5%.


Vai ter toldo



DE SÃO PAULO
Cada vez que leio sobre os gastos com a Copa, lembro do meu casamento e das intermináveis discussões a respeito do toldo. Quem já trocou alianças numa casa ou num local aberto sabe do que estou falando. Chega uma hora na organização de todo casório em que alguém –uma sogra, um cunhado, um conhecido da prima da vizinha– levanta a questão: "não vai botar toldo? E se chove, gente? Que é isso, tem que ter toldo!".
Você concorda, achando que é só bater uns preguinhos nas paredes, esticar umas cordas de varal e comprar uma lona, mas descobre, pela expressão aterrorizada da sua futura esposa, ao ouvi-lo, que a coisa é um pouco mais complexa. Existem empresas que instalam toldos –e cobram uma fortuna por isso. Percebendo que talvez tenha que vender o carro (ou o corpo) pra pagar a conta, você se pergunta: vale a pena gastar essa fábula pra cobrir uma área que será usada por cinco, dez horas, no máximo?
Quando vejo as pessoas revoltadas com o fato de estarmos realizando um Mundial, lembro do toldo, pois é disso que se trata uma Copa, uma Olimpíada: de uma festa. Ainda que houvesse um grande legado urbanístico (não haverá), o grosso do dinheiro é mesmo gasto num evento que dura um mês. Pode um país com tantos problemas, como o nosso, gastar essa grana?
Para complicar ainda mais a questão, teve (tem) um monte de coisa errada na organização da festa. Indícios de superfaturamento do toldo, desvio de bem-casados, DJ que ainda não instalou as caixas, meia hora antes de os convidados chegarem. Mas torcer para que o Brasil perca, para que a energia acabe, para que o rei da Suécia pegue dengue e as privadas de todos os hotéis das cidades-sede entupam é uma atitude politicamente tão inteligente e construtiva quanto demorar mais no banho para derrubar o Alckmin, em São Paulo. A Copa ser um fiasco não alfabetizará a população, não resolverá a saúde pública, não melhorará o transporte. Nos deixará na mesmíssima situação –só que com um fiasco de Copa.
Não estou dizendo que devemos liberar a Joana Havelange que vive em cada um de nós: "o que tinha que ser roubado, já foi". Nada tinha que ser roubado. Que se ponha atrás das grades quem roubou. Que se aproveitem todos os holofotes mundiais para se esticar faixas e cartazes contra o estado das nossas escolas e dos nossos hospitais, a falta de moradias e de transporte. Mas, a partir da semana que vem, Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Klose, Eto'o, Drogba e tantos outros estarão jogando em nossos gramados. Os maiores jogadores do mundo, no maior espetáculo do futebol. Se privar de viver essa experiência, seja nos estádios, nas praças, nos bares, em casa ou mesmo durante uma justíssima manifestação, pela internet do celular, não fará o Brasil melhor, só deixará sua vida mais chata.

domingo, 1 de junho de 2014

Aqui se faz, aqui se paga!

Foto: Aqui se faz, aqui se paga!

Passados alguns anos da sua morte, Dante de Oliveira está absolvido de acusações espúrias feitas por Blairo Maggi e Luiz Antonio Pagot, em 2002, de que iriam abrir a caixa preta do seu governo, insinuando que era uma gestão de corrupção.

Hoje, depois que a PF e o MPF abriram a caixa-preta do Governo Maggi, o saudoso Dante pode descansar em paz e assistir seus algozes todos acusados do que é mais espúrio na vida pública.

É, aqui se faz e aqui se paga, diz o velho ditado!

(texto retirado de um jornal local).


Passados alguns anos da sua morte, Dante de Oliveira está absolvido de acusações espúrias feitas por Blairo Maggi e Luiz Antonio Pagot, em 2002, de que iriam abrir a caixa preta do seu governo, insinuando que era uma gestão de corrupção.

Hoje, depois que a PF e o MPF abriram a caixa-preta do Governo Maggi, o saudoso Dante pode descansar em paz e assistir seus algozes todos acusados do que é mais espúrio na vida pública.

É, aqui se faz e aqui se paga, diz o velho ditado!

(texto retirado de um jornal local).

OLHEM ONDE AS MINHAS TELAS FORAM PARAR....



Duas de minhas obras com motivos indígenas, estampam o banner do IV seminário da Literatura Regional: Prosa, que será realizado no dia 13/06/2014, na EEEM Jovem Gonçalves Vilela. O evento começará às 16h, com intervalo às 18h e recomeço às 19h até às 22h30.
Haverá mesa redonda de debates... exposições e apresentações culturais, dos formandos do curso de Letras/1ª turma, da UAB/UNIR - Universidade Aberta do Brasil/Polo de Ji-Paraná/RO.

Chic né.....

JUNHO





Já estamos na metade do ano, logo vem Copa do Mundo, Eleições e o ano se vai.
Junho é o sexto mês do calendário gregoriano e tem 30 dias. O seu nome é derivado da deusa romana Juno, mulher do deus Júpiter.
Em 21 de junho ou próximo há esse dia, o Sol atinge o ponto mais ao norte em sua trajetória pelo céu; é o solstício de junho, começo do verão no Hemisfério Norte e do inverno no Hemisfério Sul.

Agendamento para Supletivo On Line

CEJA ANÍSIO SPÍNOLA TEIXEIRA - 065.3337.1104
Agendamento para Supletivo On Line começa em 31 de maio
04 áreas de Conhecimento - 04 Provas Feitas no Computador.

A partir de hoje 31 de maio está aberto o período de agendamento das provas do Exame Supletivo Online que possibilita a certificação no Ensino Fundamental e Médio pela Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT). Interessados poderão realizar as provas a partir de 2 de junho de 2014, gratuitamente, nos laboratórios de informática de 25 Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas), instalados em 22 municípios. Para agendar a prova é necessário realizar o cadastramento por meio do site www.seduc.mt.gov.br.

O Edital 003/2014 da Seduc - que prevê os critérios, conteúdos programáticos, assim como disponibiliza horários e os locais para realização das provas, traz algumas mudanças nessa 4º edição. “As provas serão realizadas apenas por áreas do conhecimento, dado o alinhamento entre o Exame Online e os Parâmetros Curriculares Nacionais e Orientações Curriculares para a EJA em Mato Grosso”, explica o Gerente de Organização dos Exames Supletivos da Seduc-MT, Antônio Marcos Passos. O Edital foi publicado em edição que circulou em Diário Oficial do Estado.

O professor ainda pontua que o prazo de agendamento entre provas terá de obedecer ao prazo de 60 dias. A nova sistematização está sendo empregada para evitar prejuízos ao próprio candidato que poderia se esquecer da data de realização do Exame. Se o aluno for reprovado terá que aguardar 60 dias para refazer a Prova.

Somente poderão se inscrever para provas do Ensino Fundamental o candidato cuja idade, na data da prova, for igual ou superior a 15 (quinze) anos, independente de comprovação da escolaridade anterior. E para o Ensino Médio, candidato cuja idade, na data da prova, for igual ou superior a 18 (dezoito) anos, independente de comprovação da escolaridade anterior.

Para as provas do Ensino Fundamental a oferta se dará considerando as áreas de conhecimento Linguagens, Ciências da Natureza, Matemática e Ciências Humanas. No Ensino Médio - Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas.

O Exame será ofertado até a data de 19 de dezembro de 2014, sendo reservada a última data a realização de reagendamentos solicitados por meio de recurso. Esse é o quarto ano que a certificação com intermediação tecnológica é ofertada em Mato Grosso.

Para mais informações acesse aqui o Edital 003/2014.

Clique Aqui e confira o Edital (copie e cole no seu navegador)